Grêmio é superado pelo Independiente Del Valle, na Libertadores. Com o resultado, o Tricolor não segue na competição e disputa a Sul-Americana


O Grêmio entrou em campo na noite desta quarta-feira, na Arena, para decidir a 3ª fase da Conmebol Libertadores. Ainda se recuperando da Covid, o técnico Renato Portaluppi não esteve na casamata e a equipe teve o comando de Alexandre Medes, que colocou em campo um time com alguns retornos, entre eles, Kannemann, Maicon e Jean Pyerre. Infelizmente, o Tricolor não alcançou a vitória e foi superado pelo Independiente Del Vale por 2 a 1. 

A primeira grande oportunidade no ataque foi adversária, com o Independiente trabalhando bem a bola e chegando com perigo. Aos 6 minutos, Ortiz cobrou uma falta e Hurtado rolou para Montenegro. De frente para o gol, o atacante finalizou, mandando por sobre a meta. 

O Grêmio respondeu pela direita, com Alisson, que invadiu a área e cruzou, buscando Matheus, mas o volante não conseguiu a finalização. Em seguida, foi a vez de Diego Souza, pela esquerda, dentro da área, driblar a marcação e chutar, mas Moisés Ramirez defendeu. 

A melhor chance tricolor saiu aos 10’, após uma cobrança de falta de Jean Pyerre na área. Ferreira subiu mais que a marcação e desviou de cabeça, mas mandou por sobre a meta. 

Aos 14 minutos, os gremistas chegaram ao gol, quando Matheus Henrique deu um belo passe para Ferreira, que chutou para o fundo das redes, mas o lance foi anulado pela arbitragem por impedimento do atacante. 

O Grêmio passou a dominar a partida, construindo jogadas e mantendo maior posse de bola. Foi aos 21’ que alcançou a efetividade com Jean Pyerre, que abriu a contagem na Arena com um golaço. Alisson fez um cruzamento na área, Pacho cortou de cabeça, mas a bola sobrou para o camisa 10, que arrematou de primeira, balançando as redes, colocando o Tricolor na frente. 

Nove minutos depois, novamente no ataque, foi a vez de Diego Souza acionar Bruno Cortez, que fez um cruzamento da esquerda para a área, mas a marcação equatoriana cortou. Logo na sequência, Alisson chutou cruzado da direita, entre as penas do defensor, mas Ramirez caiu para defender. 

Com 34 minutos, Jean Pyerre da meia-lua da grande área fez um lançamento por sobre a zaga, direto nos pés de Maicon. Cara a cara com o goleiro, o volante tentou a finalização, mas o arqueiro adversário fez grande defesa. 

Aos 37 minutos, o Grêmio criou mais uma boa oportunidade. Ferreira recebeu, saiu em velocidade, driblou a marcação e finalizou, mas mais uma vez o Ramírez defendeu. 

O Independiente Del Valle chegou com perigo dois minutos depois, quando Caicedo recebeu um passe e finalizou, mandando por sobre a meta defendida por Brenno.  

Na reta final, aos 42’, mais uma chegada equatoriana: Ortiz cobrou um escanteio e Schunke desviou de cabeça, mandando por sobre o gol. 

O Tricolor respondeu com uma jogada envolvente. Felipe recebeu na direita, foi a linha de fundo e cruzou na pequena área. Alisson chegou completando de carrinho, mas mandou à esquerda da meta, aos 45’. 

No minuto final, em cobrança de falta, Ortiz chutou forte, direto para a meta gremista, sem chances de defesas do camisa 24, igualando o placar.

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar.  

Nos primeiros minutos, os visitantes pressionaram os gremistas. Com 6’ jogados, Chávez foi a linha de fundo e rolou para Ortiz, que chutou, mas por sorte, por sobre a meta. Já com 9 minutos, Alexandre Mendes mudou a equipe pela primeira vez: Tirou Alisson e colocou Pepê. 

O Grêmio perdeu a sua melhor oportunidade no segundo tempo, aos 10 minutos. Jean Pyerre deu um passe preciso para Diego Souza, que recebeu e na cara do gol finalizou, tentando encobrir o arqueiro adversário, mas a bola saiu por sobre a meta. 

Seis minutos depois, Ferreira saiu em velocidade para o ataque, mas foi bloqueado por Sagovia. Logo em seguida, Maicon cometeu uma falta em Favarelli e acabou penalizado com o segundo cartão amarelo, sendo expulso da partida. 

O Independiente chegou novamente com muito perigo com Sagovia finalizando a gol, obrigando grande defesa de Brenno. Pressionando, os equatorianos conseguiram chegar ao segundo gol, aos 20 minutos, novamente com Ortiz. O meia recebeu um passe de Favarelli, se livrou da marcação e finalizou para o fundo das redes. 

Mais duas modificações foram providenciadas: Saíram Ferreira e Jean Pyerre para a entrada de Luiz Fernando e Darlan, com 25’. 

Outra chance do Del Vale saiu dos pés de Faravelli, que chutou de fora da área. Brenno defendeu em dois tempos. 

O técnico Alexandre Mendes fez suas últimas alterações aos 36 minutos: Matheus Henrique e Diego Souza saíram para Lucas Silva e Ricardinho entrarem. 

Com o resultado, o Grêmio não segue na Libertadores e jogará a Sul-Americana nesta temporada. 

 

Fonte Portal Grêmio Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA