Seleção Olímpica é convocada para a Data FIFA de junho. Lista é a última feita pelo técnico André Jardine antes da disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio

O técnico André Jardine anunciou, nesta sexta-feira (14), a lista de 23 jogadores para a Seleção Olímpica na Data FIFA de junho. Este será o último período de preparação do treinador antes da disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Uma das principais novidades da lista é o meia Claudinho, do Red Bull Bragantino, que … Leia Mais


Assoeva segura pressão do Atlântico e vence a primeira na LNF 2021. Valdin, 41 anos, comanda triunfo do clube de Venâncio Aires em casa

Deu Assoeva no clássico do interior gaúcho contra o Atlântico pela Liga Nacional de Futsal (LNF). Neste domingo (16), o clube de Venâncio Aires (RS) recebeu o rival de Erechim (RS) no Parque do Chimarrão e venceu por 2 a 1, conquistando a primeira vitória na edição 2021 da competição. A partida foi transmitida ao vivo pela TV Brasil. … Leia Mais



De virada, Grêmio vence o Internacional no Beira-Rio e constrói vantagem para decisão do Gauchão, na Arena. Tricolor venceu os donos da casa por 2 a 1, com gols de Diego Souza e Ricardinho

O Grêmio entrou em campo na tarde deste domingo, no Beira-Rio, para enfrentar o Internacional, no jogo de ida da fase final do Campeonato Gaúcho. Com gols de Diego Souza e Ricardinho, a equipe gremista venceu os donos da casa por 2 a 1.  Os minutos iniciais foram movimentados, com muita disputa entre as duas equipes. O Inter chegou com perigo aos … Leia Mais


Eva Wilma morre aos 87 anos em São Paulo

A atriz Eva Wilma morreu neste sábado (15) aos 87 anos. Ela enfrentava um câncer de ovário e estava internada no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, desde o dia 15 de abril para tratamento de problemas cardíacos provenientes do tumor. FOTOS: a carreira em imagens VÍDEOS: a trajetória da atriz REPERCUSSÃO: famosos lamentam a morte Eva Wilma Riefle … Leia Mais


ENEM: Pedido de isenção da taxa começa segunda (17)


 

Começa, na segunda-feira, 17 de maio, o período para solicitar isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 e justificar ausência na edição anterior do exame. Os dois procedimentos devem ser realizados na Página do Participante, até o dia 28 de maio.

Para justificar a ausência no Enem 2020 e/ou solicitar a isenção da taxa de inscrição para o Enem 2021, o participante deve informar o número do seu CPF, a data de nascimento, além de um e-mail e um número de telefone válidos. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ressalta que os dados pessoais informados devem ser iguais aos cadastrados na Receita Federal. Solicitação de isenção de taxa de inscrição com CPF em situação irregular na Receita não será aceita.

Isenção – Para a isenção da taxa, é necessário que o participante atenda a um dos seguintes requisitos: estar cursando a última série do ensino médio no ano de 2021, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública; ter cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou ser bolsista integral na rede privada, além de ter renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio; ou declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), desde que informe o seu Número de Identificação Social (NIS) único e válido.

Entre os documentos exigidos estão: Cédula de Identidade do participante e dos demais membros que compõem o núcleo familiar; cópia do cartão com o NIS válido, no qual está a inscrição no CadÚnico; declaração que comprove a realização de todo o ensino médio em escola pública ou histórico escolar do ensino médio, com assinatura e carimbo da escola. No caso de participante bolsista, acrescentar a declaração da escola que comprove a condição de bolsista integral em todo o ensino médio.

É importante destacar que a isenção no exame não garante a participação. Os interessados em realizar o Enem 2021, isentos ou não, devem realizar a inscrição na Página do Participante, tendo como referência o edital específico, ainda a ser publicado. O Inep ressalta que quem conseguiu a isenção da taxa de inscrição na edição de 2020, porém não compareceu a nenhum dos dois dias de prova deverá justificar a ausência para estar apto a solicitar a isenção da taxa de inscrição no Enem 2021.

Justificativa – Os documentos utilizados para comprovar o motivo de ausência no exame anterior devem estar sempre legíveis, datados e assinados. O Inep não aceitará autodeclarações redigidas pelo solicitante ou por seus pais e/ou responsáveis.

Os motivos para justificar a ausência no Enem 2020 estão detalhados no Anexo I do Edital n.º 19, de 30 de abril de 2021, referente à solicitação da isenção da taxa para o Enem 2021 e à justificativa de ausência no exame anterior. Em cada motivo, o edital detalha os documentos aceitos, com as especificações necessárias. Em caso de furto ou assalto, por exemplo, é necessário apresentar o boletim de ocorrência policial, com nome completo, CPF ou RG do participante envolvido, com o relato da situação ocorrida em um dos dias das provas do Enem 2020, antes das 13h (horário de Brasília).

Entre as razões consideradas para não comparecer ao exame estão: emergências médicas, comparecimento ao trabalho, morte na família, maternidade ou paternidade, vítima de acidente de trânsito, entre outras. Todos os documentos comprobatórios devem estar de acordo com os parâmetros exigidos pelo edital.

Enem – O Enem foi instituído em 1998, com o objetivo de avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. O exame aperfeiçoou sua metodologia e, em 2009, passou a ser utilizado como mecanismo de acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e de convênios com instituições portuguesas. Os participantes do Enem também podem pleitear financiamento estudantil em programas do governo, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados do Enem continuam possibilitando o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais.

Confira o edital para solicitação de isenção do Enem 2021 e justificativa de ausência no Enem 2020 

Acesse a Página do Participante 

Saiba mais sobre o Enem

 

Fonte Assessoria de Comunicação Social do Inep Imegem ilustrativa reprodução redes sociais


Saúde e Pfizer assinam contrato para compra de mais 100 milhões de doses de vacinas Covid-19


Governo Federal reforça a campanha nacional de vacinação contra a Covid-19 com a compra de mais um lote de vacinas da Pfizer/BioNTech. O Ministério da Saúde e o laboratório assinaram um segundo contrato que garante 100 milhões de doses adicionais para o Brasil – a previsão é de que os imunizantes cheguem ao País entre setembro e dezembro de 2021. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (14/5) pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

“O Ministério da Saúde tem feito um esforço para obter mais doses e assim imunizar a população brasileira. O objetivo do Ministério é, até o final do ano, ter esse público todo vacinado. Hoje assinamos o contrato com a Pfizer de mais 100 milhões de doses de vacina. Com esse esforço, temos a confiança que vamos conseguir atingir essa meta”, disse Queiroga, que acompanha hoje a vacinação de atletas olímpicos no Rio de Janeiro.

O novo acordo com o laboratório garante um total de 200 milhões de doses de vacinas Covid-19 até o fim do ano. Em março, a pasta já havia garantido a aquisição de 100 milhões de doses da Pfizer/BioNTech. Esses imunizantes começaram a ser entregues ao País em abril.

“Estamos muito felizes em celebrar esse acordo adicional e, assim, ampliar nosso apoio à imunização de milhões de brasileiros”, disse a presidente da Pfizer Brasil, Marta Díez.

O Ministério da Saúde já iniciou a distribuição das vacinas da Pfizer para todos os estados e Distrito Federal, provenientes da primeira negociação entre a pasta e o laboratório – o primeiro lote com 1 milhão de doses chegou ao País em abril. O cronograma prevê 2,5 milhões de doses em maio e outros 12 milhões em junho. O restante será entregue de forma escalonada até setembro – a previsão é de que, a partir de setembro, as 100 milhões de doses adicionais comecem a chegar ao País, finalizando a entrega até o fim do ano.

Fonte e foto por: Marina Pagno Ministério da Saúde e Rede Nacional de Rádio


Seleção Brasileira está convocada para as próximas duas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022.


A Seleção Brasileira está convocada para as próximas duas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022. Nesta sexta-feira (14), na sede da CBF, o técnico Tite divulgou a lista com 24 jogadores para os confrontos com Equador e Paraguai. As partidas estão marcadas para os dias 4 e 8 de junho, respectivamente.

“O momento é de ter contato humano com os atletas e repetir desempenho do jogo do Uruguai. Tentar retomar o padrão, que é o objetivo e a essência, desempenho, resultado e seguir vencendo”, projetou o técnico Tite.

Brasil e Equador se enfrentam no Estádio Beira-Rio, no dia 4 de junho, às 21h30. Quatro dias depois, também às 21h30 (horário de Brasília), será a vez de duelar com o Paraguai em Assunção. Com 24 jogadores convocados, a lista conta com um estreante. Trata-se do zagueiro Lucas Veríssimo, ex-Santos e atualmente no Benfica, de Portugual. Aos 25 anos, o paulista natural de Jundiaí terá sua primeira oportunidade com a Amarelinha.

“O que traz o Lucas é o grande trabalho dele na reta final do Brasileiro, na Libertadores, disputando o título. O César Sampaio esteve com o atleta, nós observamos o atleta in loco. E a sequencia de trabalho dele no Benfica, ele chegou, se adaptou rapidamente ao clube. É um jogador que tem uma técnica elevada, que domina a posição com características boas. É um atleta que a gente vê com uma grande sequência de trabalho, com mais crescimento ainda, então a gente trouxe para observar de perto e poder nos ajudar”, avaliou o auxiliar técnico Cléber Xavier.

Líder das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo após o melhor início na competição em mais de 50 anos, a Seleção Brasileira contabiliza 12 pontos conquistados em quatro jogos disputados na competição. É a única equipe com 100% de aproveitamento até aqui. Na última rodada, o Brasil derrotou o Uruguai, fora de casa, por 2 a 0. 

Confira a lista de convocados:

GOLEIROS

Alisson – Liverpool (ING)

Ederson – Manchester City (ING)

Weverton – Palmeiras

LATERAIS

Dani Alves – São Paulo

Danilo – Juventus (ITA)

Renan Lodi – Atlético de Madrid (ESP)

Alex Sandro – Juventus (ITA)

ZAGUEIROS

Thiago Silva – Chelsea (ING)

Marquinhos – Paris Saint Germain (FRA)

Lucas Veríssimo – Benfica (POR)

Éder Militão – Real Madrid (ESP)

MEIAS

Casemiro – Real Madrid (ESP)

Douglas Luiz – Aston Villa (ING)

Fred – Manchester United (ING)

Fabinho – Liverpool (ING)

Lucas Paquetá – Lyon (FRA)

Everton Ribeiro – Flamengo 

ATACANTES

Everton – Benfica (POR)

Roberto Firmino – Liverpool (ING)

Gabriel Barbosa – Flamengo

Gabriel Jesus – Manchester City (ING)

Neymar Jr. – Paris Saint Germain (FRA)

Richarlison – Everton (ING)

Vinícius Júnior – Real Madrid (ESP)

 

Fonte:  Assessoria CBF Imagem reprodução redes sociais (Ilustrativa)


Grêmio vence o Lanús, é líder isolado do Grupo H e segue 100% na competição. Com gols de Ferreira (2x) e Matheus Henrique, Tricolor venceu o time argentino por 3 a 1


Noite de Sul-Americana e de vitória na Arena. O Tricolor entrou em campo diante do Lanús, para disputar a 4ª rodada da competição e venceu pelo placar de 3 a 1, com gols assinalados por Ferreira (2x) e Matheus Henrique. 

O Grêmio iniciou muito bem a partida, tanto que logo aos 2 minutos, em uma das primeiras chances no ataque, Ferreira fez um cruzamento preciso para Matheus Henrique, que desviou de cabeça para o fundo das redes, abrindo o marcador na Arena. 

Já o Lanús conseguiu o empate três minutos depois, quando após cobrança de escanteio, Burdisso desviou também de cabeça para o gol, igualando o placar. 

O Tricolor tentou tramar uma nova jogada no ataque aos 13’, quando Rafinha acionou Matheus Henrique, mas o volante acabou não conseguindo dar sequência na jogada. 

Com 20’ jogados, em um lance pela esquerda, Ferreira fez um cruzamento na pequena área, buscando Diego Churín, mas Morales conseguiu defender. Não demorou para os gremistas construírem uma nova oportunidade e por fim, terem efetividade. Em uma grande jogada, Rafinha foi acionado na direita e fez um cruzamento preciso na cabeça de Ferreira, que mandou forte, balançando as redes adversárias e marcando o segundo gol gremista, aos 21’. 

Os visitantes chegaram muito bem passados 32 minutos, quando Sand recebeu em condições na área e de cara para a meta, finalizou. Por sorte, isolou. Já o Grêmio respondeu na sequência com um cruzamento feito por Ferreira buscando Luiz Fernando, que não conseguiu concluir o lance. 

Com 41 minutos, o Tricolor criou novamente uma boa chance. Thiago Santos fez um passe para Diego Churín, que invadiu a área e tentou a finalização, mas acabou caindo no gramado. Em seguida, o volante tabelou com Ferreira, foi a linha de fundo e cruzou na pequena área. Quase que Churín alcançou de carrinho, mas a bola foi forte demais. 

Nos acréscimos, o técnico Tiago Nunes se viu obrigado a mudar a equipe: Thiago Santos sentiu um desconforto e precisou ser substituído por Maicon. 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação que encerrou a etapa inicial. 

Aos 5 minutos, Ferreira saiu em velocidade para o ataque, passando por três marcadores e buscando um passe para Luiz Fernando, mas a zaga cortou. Logo em seguida, o Tricolor chegou bem novamente e por detalhe não marcou. Lucas Silva cruzou na pequena área para Ferreira, mas a defesa mandou pela linha de fundo. 

Mas o Lanús não ficou atrás. Em contra-ataque, De La Vega recebeu na direita, foi a linha de fundo e chutou. A bola bateu na rede, pelo lado de fora.  

Com 14 minutos, foi a vez do Grêmio chegar com Churín e Maicon. O volante chutou de primeira, obrigando Morales a boa defesa. Em seguida, Diogo Barbosa fez um cruzamento na área, mas o arqueiro argentino segurou mais uma. 

Três alterações foram providenciadas na equipe tricolor: Guilherme Azevedo, Darlan e Diego Souza assumiram os lugares de Luiz Fernando, Matheus Henrique e Diego Churín, aos 25’. 

Com 27’, os gremistas ameaçaram com um cruzamento de Diogo Barbosa na área, mas a zaga argentina conseguiu interceptar a jogada. Três minutos depois, foi a vez de Diego Souza arriscar de longe, chutando colocado, mas a bola subiu demais. 

E teve o terceiro gol tricolor. Rafinha deu um lindo passe para Diego Souza, que rolou para Ferreira, livre, dentro da área. O atacante só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes, aos 32 minutos da etapa complementar. 

A última alteração foi providenciada: Saiu Ferreira e entrou Léo Pereira, com 35’. 

Na reta final, Diego Souza tentou mandar por cobertura, de fora da área, mas a bola passou à direita da meta argentina. Por detalhe não entrou. 

Com o resultado, o Grêmio soma 12 pontos em quatro jogos disputados e se isola na liderança do Grupo H. 

Fonte Portal Grêmio Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA 


Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial nesta quinta (13)


Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) – nascidos em outubro – podem sacar, a partir de desta quinta-feira (13), a primeira parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro havia sido depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 27 de abril.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta-corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro podia ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Calendário de saques antecipados da primeira parcela do auxílio emergencial.
Calendário de saques antecipados da primeira parcela do auxílio emergencial. – Divulgação/Caixa Econômica Federal

Regras

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. 

Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

A Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o auxílio emergencial. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para receber o benefício, a regularização do CPF (Cadastro de Pessoas

 

Fonte: