Sisu abre inscrições nesta terça-feira (3)

O Sisu, Sistema de Seleção Unificada abre inscrições nesta terça-feira. As vagas são para o segundo semestre deste ano. Por meio do Sisu, as instituições públicas de ensino superior oferecem vagas aos candidatos que participaram do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio. Pode participar o estudante que fez o último Enem e teve nota … Leia Mais


Fora de casa, Grêmio acaba superado por 1 a 0 pelo Bragantino. Tricolor foi derrotado por 1 a 0, em partida disputada na noite deste sábado, em Bragança Paulista

O Grêmio enfrentou na noite deste sábado, o Red Bull Bragantino, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando fora de casa, em Bragança Paulista, o Tricolor acabou superado pelo placar de 1 a 0.   Os primeiros instantes da partida foram equilibrados, com ambas as equipes tentando investir no ataque. O Grêmio chegou primeiro, com Vanderson lançado por Chapecó na direita, mas Edimar levou … Leia Mais



Grêmio vence o Vitória por 3 a 0 e retorna com vantagem para a decisão das oitavas de final da Copa do Brasil. Tricolor venceu por 3 a 0, com gols anotados por Ricardinho, Léo Pereira e Diogo Barbosa

O Grêmio entrou em campo no Barradão, em Salvador, na Bahia, para enfrentar o Vitória, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. E alcançou o resultado positivo, ao vencer os donos da casa pelo placar de 3 a 0, com gols anotados por Ricardinho, Léo Pereira e Diogo Barbosa.  O jogo … Leia Mais


Brasil conquista 5 medalhas nas Olimpíadas de Tóquio 2020

O Brasil conquistou mais duas medalhas nas Olimpíadas de Tóquio  . O surfista Italo Ferreira conquistou nesta terça-feira (27) a primeira medalha de ouro para o Brasil em Tóquio, a primeira do surfe, estreante no programa olímpico.  Inicialmente, a competição de surfe não estava prevista para ser finalizada nesta terça-feira, mas os organizadores acabaram antecipando a … Leia Mais


Inter é superado em Curitiba. Na Arena da Baixada, Terans e Vitinho marcaram para os mandantes, enquanto Edenilson descontou para o Inter


O Colorado foi superado por 2 a 1 pelo Athletico-PR, no início da noite deste domingo (25/07), em partida da rodada 13 do Brasileirão. Na Arena da Baixada, Terans e Vitinho marcaram para os mandantes no primeiro tempo, enquanto Edenilson descontou para o Inter na etapa final. No Beira-Rio, o Clube do Povo volta a campo no próximo sábado (31/07), às 20h, diante do Cuiabá.

Adversário pressiona

Dono da casa e habituado ao gramado sintético, o Athletico-PR controlou a posse de bola no início do confronto. Bem postado na defesa, o Clube do Povo conseguiu neutralizar os primeiros movimentos da equipe mandante, que respondeu à segurança colorada adiantando suas linhas para pressionar a saída de jogo vermelha.

A atitude mordedora valeu ao rival falta perigosa na casa dos 35, que Terans converteu em precisa cobrança. Logo depois, o Inter empataria em lindo gol Caio, mas o lance foi anulado, após longa consulta ao VAR, por falta na origem da jogada. Nos acréscimos, Vitinho, em jogada de velocidade construída pela esquerda, marcou o segundo e último antes do intervalo.


Inter luta pelo empate

O Inter retornou do intervalo ofensivo em busca do gol de desconto, que Edenilson, em cobrança de pênalti, marcou aos 19 minutos. Nos instantes seguintes, o Colorado criou novas oportunidades, por detalhe não convertidas em empate que ofereceria justiça ao placar, em definitivo encerrado com 2 a 1 para os locais, resultado que mantém o Clube do Povo com 24 pontos na tabela.


Primeiro tempo

6min – Caio Vidal é lançado na direita da área adversária, investe contra Thiago Heleno e finaliza forte. Ao lado, ela sai com perigo.

8min – Matheus Babi recebe o amarelo por falta em Caio.

12min – Lesionado após derrubar Caio, Babi deixa o campo. Entra Renato Kayzer.

13min – Vitinho comete falta em Cuesta e também leva o amarelo.

21min- Terans recebe na intermediária de ataque, corta para a perna canhota e finaliza forte. Ela sai ao lado, com perigo.

30min – Mauricio puxa contra-ataque para o Inter, recebe de Yuri Alberto, invade a meia-lua da área rival e abre jogo em Edenilson. O camisa oito levanta na segunda trave, na medida para Caio, que cabeceia com enorme perigo.

32min – Athletico cobra escanteio curto. Aberta, a bola morre nos pés de Nikão, que finaliza, mesmo sem ângulo, com força. Daniel encaixa!

35min – David Terans, de falta, abre o placar para o Athletico.

39min – Yuri, da entrada da área, arrisca. Bento, no meio do gol, defende em dois tempos.

44min – Inter empata o jogo em lindo gol de Caio Vidal, mas o lance é anulado, após intervençāo do VAR, por falta na origem da jogada. Thiago Galhardo e Aguirre recebem o amarelo por reclamação.

45min – Mais cinco. Vamos a 50.

45min – UUUUUUUUH! Dourado lança linda bola nas costas da zaga paranaense. Edenilson domina na área rival, a defesa corta, mas a sobra é de Moisés, que cruza para Ed. O chute sai sem direção.

47min – Vitinho pega a sobra de corte parcial da zaga colorada e finaliza forte para ampliar.

50min – Intervalo na Baixada.


Segundo tempo

2min – Boschilia recebe na intermediária esquerda de ataque, encontra espaço para a canhota e solta um foguete. A bola explode na forquilha e teima em não entrar.

9min – Yuri Alberto escapa pela intermediária ofensiva, invade a área cortando para a perna direita e chuta forte. Bento defende.

11min – DANIEL! Nikão corta da direita para o centro e solta chute forte. Goleiro colorado espalma o canhotaço pela linha de fundo.

15min – Dupla troca no Inter. Palacios e Galhardo entram, Mauricio e Caio saem.

18min – PÊNALTI! Nicolas abraça a bola na área mandante!

19min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOL DO INTER, GOL DO INTER, GOL DO INTER, GOL DO INTEEEEEEEEEEEEEEEER! Edenilson, no canto esquerdo de Breno, cobra com precisão para descontar. Goleiro rubro-negro sequer deixa o centro do gol, apenas assistindo ao tento vermelho.

21min – Yuri amarelado.

23min – UUUUH! Palacios serve Boschilia, que cruza do lado esquerda. Na segunda trave, Galhardo cabeceia com perigo.

26min – Boschilia também recebe o amarelo.

28min – Boschilia vai, Juan Cuesta.

31min – UUUUUUUUH! Yuri escapa em altíssima velocidade pelo corredor direito e cruza para a entrada da área. Edenilson finaliza rasteiro, a bola supera Bento, mas a zaga consegue o bloqueio debaixo das traves.

(ATHxINT) ⏰ 31’/2T: Corta a zaga! Yuri desce em velocidade pela direita e cruza pra trás, onde estava Edenilson, que bate firme, mas a defesa corta no ultimo instante. #VamoInter 🇦🇹 pic.twitter.com/dxmv5naq6X

32min – PRA FORA! Juan Cuesta faz fila da esquerda para o centro e deixa com Edenilson, que finaliza cruzado, rasteiro. Boa trama!

33min – POR DETAAAAAAAAAAALHE! Palacios recebe de Heitor, escapa pela direita e cruza rasteiro. Na primeira trave, Galhardo resvala na bola, mas não consegue colocar direção.

33min – Bento amarelado por cera.

34min – Canesin entra, Terans é sacado. Troca nos locais.

38min – Tripla troca no Athletico. Marcinho, Vitinho e Christian saem, Khellven, Zé Ivaldo e Erick entram.

39min – Muda o Inter. Vinicius Mello por Yuri Alberto.

45min – Mais cinco. Uma vez mais, etapa será encerrada com 50.

50min – Jogo encerrado na Baixada.


Ficha técnica:

Athletico-PR (2): Bento; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Christian (Erick), Léo Cittadini, Nikão, Terans (Canesin) e Vitinho (Zé Ivaldo); Matheus Babi (Renato Kayzer). Técnico: António Oliveira.

Internacional (1): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Boschilia (Juan Cuesta); Caio Vidal (Thiago Galhardo), Yuri Alberto (Vini Mello) e Mauricio (Palacios). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: David Terans, aos 35’/1T, e Vitinho, aos 47’/1T (A). Edenilson, aos 19’/2T (I).

Cartões amarelos: Matheus Babi, Bento e Vitinho (A). Yuri Alberto e Galhardo (I).

Arbitragem: Thiago Luis Scarascati, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro. Trio paulista. Quarto árbitro: João Paulo Queiroz. VAR: José Cláudio Rocha Filho.

Estádio: Arena da Baixada-PR.

Fonte: SC Internacional  Fotos: Ricardo Duarte


Grêmio e América-MG empatam em 1 a 1, na Arena O gol gremista foi anotado por Guilherme Guedes na primeira etapa. Com o resultado, Tricolor soma um ponto na competição


O Grêmio entrou em campo na tarde deste sábado para enfrentar o América-MG, em jogo válido pela 13ª rodada do Brasileirão. Com gol de Guilherme Guedes, o Tricolor empatou com o time mineiro em 1 a 1. 

O jogo começou movimentado e com o Grêmio no ataque, mas já com um desfalque. Aos 3 minutos, Alisson deu um passe para Diego Souza, que recebeu e tentou dar sequência no lance, mas o centroavante sentiu a coxa e precisou ser substituído por Ricardinho já no início da partida. 

O Tricolor conseguiu ser efetivo logo no início da primeira etapa. Após um contra-ataque rápido, Vanderson cruzou na área, Ruan deixou passar e a bola sobrou para Guilherme Guedes, que chutou para o fundo das redes, aos 6 minutos. 

Já o América buscou responder com um lance de Chrigor, que recebeu um cruzamento e tentou desviar de cabeça, mandando pra fora. Outra chance adversária saiu novamente do atacante, que mandou de cabeça por sobre o gol.  

Os gremistas ameaçaram aos 21’, com um lance de contra-ataque. Vanderson acionou Alisson, que sozinho chutou a gol, mas o goleiro do time mineiro defendeu bem. Do outro lado, a resposta veio cinco minutos depois. Juninho arriscou de longe, a bola tentou enganar Chapecó, quicando no gramado, mas ele conseguiu defender, espalmando. 

Mas aos 30 minutos, o América conseguiu chegar ao gol de empate. Depois de um bate-rebate na entrada da área, a bola sobrou para Felipe Azevedo, que chutou no canto direito da meta gremista, deixando tudo igual na Arena. 

Com 37’ jogados, o Grêmio tentou voltar a frente no marcador com um lance de Douglas Costa, em que ele fez um lançamento para Ricardinho, mas a defesa cortou, cedendo escanteio. Na cobrança, Alisson colocou na área, mas a zaga mais uma vez afastou. 

Na reta final, aos 43’, Douglas Costa fez um lançamento para Guilherme Guedes, que rolou para Alisson na área. O atacante chutou de primeira, mas a bola acabou explodindo no travessão. Em seguida, foi a vez de Ricardinho receber na entrada da área e finalizar, obrigando uma grande defesa de Matheus Cavichioli. 

O Grêmio voltou com a mesma formação para a etapa complementar.  

A primeira finalização foi adversária, quando Fabrício Daniel arriscou de longe, mas nas mãos de Chapecó, que defendeu com tranquilidade no minuto inicial. 

Aos 11 minutos, o Grêmio chegou bem com Alisson, que fez uma jogada de contra-ataque, chegando na área, mas acabou desarmado. 

Duas alterações foram providenciadas aos 16’: Jean Pyerre e Darlan entraram nos lugares de Douglas Costa e Bobsin. 

O América-MG teve uma falta a seu favor, aos 18, da intermediária, pelo meio, mas na cobrança ensaiada, a bola explodiu na marcação gremista. 

Com 21’ jogados, o Tricolor chegou bem com um lançamento buscando Guilherme Guedes. O lateral recebeu e fez um cruzamento na medida para Ricardinho, que de primeira, chutou, mas pra fora, perdendo a chance de voltar a frente no marcador.  

Mais duas mudanças foram feitas por Felipão: Diogo Barbosa e Rafinha ocuparam as posições de Guilherme Guedes e Vanderson, aos 25 minutos. 

Passados 28’, o Grêmio teve uma falta a seu favor. Alisson colocou a bola na área, houve o desvio, mas a defesa do América-MG levou a melhor e afastou. Já quatro minutos depois, uma boa trama entre Ricardinho e Alisson. O atacante recebeu e chutou cruzado, mas o goleiro fez grande defesa.  

Na reta final, Darlan arriscou de longe, mandando com perigo, mas à esquerda da meta defendida por Matheus. E nos acréscimos, Ricardinho ficou cara a cara com o goleiro mineiro, que conseguiu levar a melhor e defender antes do centroavante completar o drible.

Com o resultado, Grêmio soma um ponto no Brasileiro, chegando a 7.

Fonte: Portal Grêmio FBPA Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA



Inter se despede da Libertadores. Empate sem gols com o Olimpia-PAR, levou a decisão da vaga para as penalidades, vencidas, por 5 a 4,


O Internacional empatou sem gols com o Olimpia-PAR, nesta quinta-feira (22/07), na partida de volta das oitavas de final da Libertadores. O resultado levou a decisão da vaga para as penalidades, vencidas, por 5 a 4, pela equipe visitante, que deixou o Beira-Rio classificada.

Agora, o Inter volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Pela 13ª rodada nacional, O Clube do Povo enfrenta o Athletico-PR, no próximo domingo (25/07), a partir das 18h15. O confronto terá como palco a Arena da Baixada.

.


Placar teimoso

O Inter criou muitas oportunidades na primeira etapa, a grande maioria defendida pelo goleiro Aguilar, que viveu uma noite iluminada nesta quinta-feira. O único jogador que chegou a balançar as redes antes do intervalo foi Taison, que teve seu tento anulado por impedimento na origem da jogada. O camisa 10 também esbarrou na trave, igualmente vilã de um primeiro tempo encerrado sem gols.


Tensão no ar

A pressão colorada, em escala ligeiramente inferior à do primeiro tempo, foi continuada na etapa final, e encontrou seu momento de maior relevância aos 20 minutos, quando Taison sofreu pênalti. Aguilar, todavia, defendeu a cobrança de Edenilson. Daí em diante, a tensão cresceu e as chances ficaram ainda mais escassas. Jogo encerrado, o duelo seguiu às penalidades, encerradas com triunfo adversário.


Primeiro tempo

1min – Inter avança pela direita com Yuri, que tabela com Heitor, invade a área e cruza rasteiro. Zaga corta em escanteio.

6min – MILAAAAAAAGRE! Taison faz grande jogada da esquerda para o centro e serve Yuri, que escapa de frente com Aguilar e arremata para grande defesa do goleiro. Quase o primeiro!

7min – UH! Edenilson cobra escanteio da direita. Na altura da marca do pênalti, Yuri sobe mais que a zaga e desvia por cima.

9min – Derlis González, de chaleira, aciona Ojeda. Pela direita da área colorada, o 32 paraguaio finaliza cruzado. Rasteira, ela sai ao lado.

15min – PRA FOOOOOOOOOOORA! Inter escapa em altíssima velocidade com Edenilson, que intercepta a saída de jogo alvinegra. Camisa oito serve Yuri, que estica com Taison. Dentro da área, o ídolo colorado finaliza rasteiro, e ela sai ao lado.

17min – UUUH! Taison aciona Heitor, que vai ao fundo e cruza. Desviada, ela quase toma o endereço do gol, mas sai em escanteio.

18min – SAAAAAAAALVA O GOLEIRO! Galhardo recebe de Yuri e sai de frente com Aguilar. Com a canhota, atacante finaliza para novo milagre do arqueiro.

22min – NO POOOOOOOOOOOOOOOOOSTE! Taison escapa em altíssima velocidade desde o campo de defesa, invade a área pela direita, corta para a canhota e finaliza rasteiro. A bola mata Aguilar, mas explode no poste direito do Olimpia.

27min – QUE PECADO! Galhardo é lançado pela esquerda e cruza aberto até Yuri, que serve Taison. Camisa 10 marca de cabeça, mas a jogada é anulada por impedimento de Thiago.

30min – Muda o Inter. Patrick, com dores, deixa o campo. Mauricio entra no lugar.

33min – ELA NÃO QUER ENTRAR! Moisés cobra falta pela esquerda da intermediária de ataque. Especialista como sempre, o lateral levanta na medida para Galhardo, que desvia para nova defesa de Aguilar. No rebote, Dourado, de canhota, manda por cima.

39min – PRA FOOOOOOOOOOOORA! Edenilson dá o chapéu no marcador e inverte até Moisés, que invade a área pela esquerda e cruza rasteiro. Galhardo finaliza, a bola explode na marcação e volta para Thiago, que emenda de primeira. Ao lado, por pouco!

40min – MAS O QUE É ISSO? QUE ATUAÇÃO É ESSA? Mauricio cruza linda bola para Yuri, que se projeta nas costas da marcação e, de primeira, finaliza de direita. Aguilar, DE NOVO, salva o Olimpia.

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – AGORA É A ZAGA! Moisés recebe de Galhardo e, dentro da área, pela esquerda, solta a bomba rasteira. Alcaraz trava, providencial.

47min – Encerrado o primeiro tempo.


Segundo tempo

0min – Olimpia volta com Alejandro Silva no lugar de Recalde.

4min – UUUUUUUH! Galhardo aproveita falha da marcação do Olimpia e, pela quina direita da grande área, arrisca. Bola explode na rede, de fora.

6min – POR CIIIIIIIIIIIMA! Mauricio serve Moisés, que invade a área paraguaia em altíssima velocidade e solta um foguete. Quase o gol!

7min – Torres recebe o amarelo por falta em Yuri.

9min – Cuesta amarelado.

16min – Silva arrisca de muito longe. Forte, o chute sai por cima.

18min – UUUUUUUUH! Moisés cobra escanteio pela esquerda. Cuesta desvia, mas Pitta, a centímetros da linha fatal, afasta.

20min – PÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊNAAAAAAALTI PARA O INTER! Galhardo cruza aberto da direita e a bola chega em Taison. Camisa 10 domina antes de Salazar, que promove um atropelo violento. Árbitro indica.

23min – Aguilar defende a cobrança de Edenilson.

24min – Sai Alcaraz, vem Cáceres. Olimpia troca.

29min – Orzusa recebe de Derlis e, na meia-lua, emenda de primeira. Tiro de meta para o Inter!

30min – Sai Heitor, vem Boschilia. Troca Aguirre.

36min – Orzusa, de meia-bicicleta, coloca para a área colorada. Silva cabeceia, mas sem direção.

37min – Taison e Yuri sacados. Entram Vini Mello e Palacios.

44min – González vem, Orzusa vai. Visitante troca.

45min – Quatro minutos de acréscimos.

49min – Vamos aos pênaltis. Jogo encerrado.


Pênaltis:

1-0: GOL! Edenilson abre a conta!

1-1: Silva marca para o Olimpia.

2-1: VAMOS! Boschilia recoloca o Inter na frente!

2-2: Pitta converte.

3-2: MOISÉÉÉS! Muito bem batida, no ângulo, sem chance de defesa.

3-3: Ojeda converte para os paraguaios.

4-3: GOOOOOOOL! Mauricio, no canto, com força.

4-4: Ortiz também faz.

4-4: Galhardo desperdiça.

5-4: Derlis marca para o Olimpia.


Ficha técnica:

Internacional (0)(5): Daniel; Heitor (Boschilia), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson e Taison (Palacios); Yuri Alberto (Vini Mello), Thiago Galhardo e Patrick (Mauricio). Técnico: Diego Aguirre.

Olimpia (0)(4): Alfredo Aguilar; Víctor Salazar, Saúl Salcedo, Antolín Alcaraz (Cáceres) e Iván Torres; Richard Ortiz, Orzusa (González), Ojeda e Derlis González; Jorge Recalde (Silva) e Isidro Pitta. Técnico: Sergio Orteman.

Cartões amarelos: Victor Cuesta (I). Iván Torres (O).

Arbitragem: Christian Ferreyra apita, auxiliado por Pablo Llarena e Alberto Ponte, trio do Uruguai. Quarto árbitro: Jose Argote, da Venezuela. VAR: Julio Bascúñan, do Chile.

Estádio: Beira-Rio.

Fonte SC Internacional Fotos: Ricardo Duarte


Grêmio é superado pela LDU e não segue na Sul-Americana. Tricolor foi batido por 2 a 1 no jogo de volta das oitavas de final


O Grêmio enfrentou a LDU na noite desta terça-feira, na Arena, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Mesmo com a vitória em Quito, por 1 a 0, o Tricolor não conseguiu seguir na competição, após ser batido por 2 a 1 na Arena, pelos equatorianos. 

A partida iniciou equilibrada, num primeiro momento, com as equipes estudado o jogo. Mas passados 10 minutos, as primeiras chances foram criadas:  Primeiro, o Tricolor teve um cruzamento na área, Alisson tentou dominar antes do goleiro defender, mas a bola acabou escapando do atacante. Já os equatorianos chegaram pela direita, colocando na área. Geromel cortou e interceptou o lance. 

Aos 18 minutos, Vanderson abriu para Léo Pereira mais a frente, que partiu para o ataque, mas acabou recuando a jogada por bloqueio da defesa adversária. Em seguida, o atacante fez uma grande jogada individual, mas a zaga cortou.  

Outra chance Tricolor saiu no minuto seguinte, da esquerda. Cortez cruzou na pequena área para Victor Bobsin, que chutou em cima do goleiro. 

A LDU teve uma falta da intermediária, pelo meio. A bola foi colocada na área, mas Kannemann cortou de cabeça, afastando. 

Foi aos 22 minutos, que o Grêmio conseguiu abrir o placar. Alisson fez um lançamento preciso para a área, onde Diego Souza subiu e desviou de cabeça para o fundo das redes, ampliando a vantagem gremista. 

Em resposta, os equatorianos chegaram com Alcivar, que cobrou uma falta direto no gol, mas Chapecó defendeu com segurança. 

Com 31’ jogados, após uma troca de passes, Jean Pyerre recebeu na intermediária e arriscou. O goleiro da LDU defendeu em dois tempos. De imediato, Perlaza colocou na área e Amarilla subiu, desviando a gol. Chapecó defendeu. 

A LDU teve um escanteio a seu favor na reta final. Mercado cobrou no primeiro poste e a zaga gremista fez o corte. Em seguida, aos 38 minutos, Alcivar chutou muito forte, obrigando uma grande defesa de Gabriel Chapecó, que espalmou para escanteio. 

Os equatorianos conseguiram chegar ao empate aos 43’, com Alcívar, livre, que recebeu um cruzamento na medida e mandou de cabeça, sem chances de defesa do arqueiro gremista. 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.  

Logo nos minutos iniciais da etapa complementar, Diego Souza foi acionado no contra-ataque, tentou vencer a marcação, mas foi desarmado. Em seguida, Léo Pereira ficou cara a cara com o goleiro equatoriano, mas perdeu a bola para Gabbarini. 

A LDU teve um pênalti a seu favor, aos 8 minutos. Alcívar cobrou e marcou o segundo gol dos equatorianos. 

A primeira alteração na equipe gremista foi providenciada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, aos 16 minutos: Léo Pereira deu lugar a Pinares. 

O Tricolor teve um escanteio a seu favor. Jean colocou na área, Kannemann desviou de cabeça, mas o arqueiro adversário defendeu. 

Outras mudanças foram providenciadas: Léo Chú e Diogo Barbosa ocuparam os lugares de Fernando Henrique e Cortez. 

O Grêmio tramou bem pela direita, com um cruzamento na marca penal, mas a zaga equatoriana conseguiu afastar o perigo, com 27 minutos jogados. 

Aos 34’, Alisson deixou a equipe para a entrada de Guilherme Azevedo. 

Os adversários criaram mais uma chance em falta. A foi cobrada direto a gol e Chapecó fez a defesa. Outra chance saiu dos pés de Alcívar, para mais uma grande defesa do goleiro gremista. 

Nos acréscimos, o Tricolor ainda teve duas faltas. Na primeira, Jean colocou na área, a defesa afastou e na sobra, Bobsin finalizou. A bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.  Na segunda, mais próximo a grande área, Jean Pyerre carimbou a barreira.

Com o resultado, o Grêmio não segue na competição. 

Fonte Portal  Grêmio FBPA  Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA