Sancionada lei do Sinal Vermelho contra violência doméstica

Um X vermelho na mão é um sinal de alerta contra agressões a mulher. E a medida faz parte de lei sancionada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (28). O projeto de Lei 741/2021 define o programa de cooperação Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica como uma das medidas de combate à violência … Leia Mais




Quatro horas após localização de bombeiro desaparecido, equipes encontram segundo corpo sob escombros do prédio da SSP


 Foto: Rodrigo Ziebell/GVG

Quatro horas depois de encontrar, nesta quarta-feira (21/7), o corpo do primeiro-tenente Deroci de Almeida da Costa, um dos bombeiros desaparecidos após o incêndio do prédio-sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP) há uma semana, as equipes de busca, resgate e salvamento do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) localizaram o segundo bombeiro desaparecido. 

O segundo-sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós foi encontrado por volta das 22h30 desta quarta (21), a quatro metros do local onde estava o tenente Almeida, localizado pelas equipes por volta das 18h30. Ambos foram encontrados no térreo do edifício, próximos à entrada do Departamento de Comando e Controle Integrado (DDCI), sob os escombros. 

“Mais uma vez, ressalto que esses bombeiros cumpriram ao extremo seu juramento de colocar sua vida em risco para salvar outras vidas. E, seguramente, salvaram muitas vidas, da sua própria guarnição, que estavam fazendo o combate ao incêndio, garantindo que ninguém ficasse para trás, assim como os 115 homens e mulheres que também cumpriram seu juramento de não deixar ninguém para trás e se mantiveram até agora em busca dos colegas desaparecidos”, reforçou o governador Eduardo Leite, em coletiva de imprensa concedida em frente ao prédio da SSP, na madrugada desta quinta-feira (22/7).  

WhatsApp Image 2021 07 22 at 00 50 23 (1)
Governador Leite retornou ao terreno da SSP para informar sobre localização do segundo corpo do bombeiro desaparecido – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Para chegar ao local do corpo, as equipes do CBMRS realizaram a remoção de escombros e a abertura de acessos na área. Assim, foi possível chegar ao centro do edifício. Os chamados binômios (dupla homem e cão) deram indicações mais precisas quanto à localização em um acumulado de escombros de cerca de seis metros. As equipes de Busca e Salvamento e de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas (Brec) seguiram com a remoção das estruturas dos pavimentos desabados até a localização dos corpos. 

Com mais de 30 anos de serviço, o segundo-sargento Munhós já tinha condições de se aposentar e estava de folga no dia do incêndio. “Ele seguia conosco porque realmente gostava do que fazia, saiu de casa assim que soube da ocorrência. Veio de Viamão para Porto Alegre para ajudar seus companheiros que estavam servindo naquela noite. E estava ajudando o oficial tenente Almeida, que era o responsável inicialmente por toda atividade operacional de combate ao fogo”, detalhou o comandante-geral do CBMRS, César Eduardo Bonfanti. 

O corpo já foi encaminhado ao Instituto-Geral de Perícias (IGP) para a devida identificação e liberação. Paralelamente, o governo do Estado dará todo suporte às famílias para que rapidamente sejam encaminhadas as honras e os tributos justos ao tenente Almeida e ao sargento Munhós.

WhatsApp Image 2021 07 22 at 00 50 23
Equipes trabalharam 24 horas por dia desde o incêndio, ocorrido na noite de 14 de julho – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

“Há exatamente uma semana, estávamos aqui conversando com vocês, na primeira conversa após essa tragédia, e esse processo de busca se finaliza hoje, graças ao empenho e a dedicação de todos que seguiram trabalhando 24 horas por dia. Encerra-se, portanto, essa etapa e, nesta quinta, haverá desmobilização total da área. Passaremos então ao segundo momento, a busca mais rápida possível pela demolição total do prédio que já está condenado pela área técnica”, detalhou o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, durante a entrevista coletiva.  

Desde o início dos trabalhos de combate ao incêndio no prédio, na noite de 14 de julho, o CBMRS organizou uma estrutura operacional completa para viabilizar o trabalho ininterrupto de combate ao fogo e resfriamento da área. Tão logo foi verificada a ausência de dois bombeiros militares que atuavam na ação, também foi mobilizada toda a capacidade de busca e resgate aos desaparecidos. Os trabalhos ocorreram ininterruptamente, dia e noite, em busca dos dois bombeiros. 

No pátio da SSP, houve alocação de todo o efetivo e equipamentos necessários à operação de resgate dos agentes desaparecidos. Nesta quarta (21), 115 pessoas, entre bombeiros militares e técnicos, estavam atuando nas buscas e no trabalho de remoção de escombros para ampliar os acessos ao prédio.

 

Texto: Suzy Scarton


Equipes encontram corpo de um dos bombeiros desaparecidos em incêndio na SSP


Foto: Rodrigo Ziebell/ ASCOM GVG

Após uma semana de intenso trabalho, as equipes de busca, resgate e salvamento do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) localizaram, por volta das 19h desta quarta-feira (21/7), o corpo de um dos bombeiros que estavam desaparecidos após o incêndio no prédio-sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP), em Porto Alegre. Após verificação por exame de papiloscopia (impressões digitais), foi possível confirmar a identificação do primeiro-tenente Deroci de Almeida da Costa.

Devido ao trabalho técnico para remoção de escombros e abertura de acessos na área na estrutura colapsada, conforme o vice-governador e titular da SSP, Ranolfo Vieira Júnior, foi possível chegar ao núcleo da edificação, bem no centro do prédio. No final desta tarde (21/7), os chamados binômios (dupla homem e cão) deram indicações mais precisas quanto à localização em um acumulado de escombros de cerca de seis metros. As equipes de Busca e Salvamento e de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas (Brec) deram sequência à remoção das estruturas dos pavimentos desabados até que localizaram o corpo, por volta das 18h30.

Assim que foram informados da localização, o governador Eduardo Leite e o vice Ranolfo se deslocaram até o prédio consumido no incêndio. Além de lamentar a morte do tenente Almeida, Leite garantiu que a força-tarefa não irá recuar até encontrar o segundo-sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, que segue desaparecido.

“Quero expressar à família do tenente Almeida o meu mais profundo pesar, também aos colegas de trabalho e amigos. Ao mesmo tempo, expresso o nosso orgulho, pois ele cumpriu a sua missão de arriscar a própria vida para salvar outras vidas, trabalhando para que não ficasse nenhuma pessoa para trás enquanto ocorria o incêndio. Esse era o seu trabalho e ele o cumpriu. Lamentavelmente, nós perdemos o tenente Almeida no desabamento dos oito andares do prédio, o que não deixou possibilidade de sobrevivência”, afirmou o governador.

“Nossa gratidão, nossa homenagem e nossos pêsames ao aos famosos e amigos do tenente Almeida. Agora, seguiremos trabalhando incessantemente, como fizemos desde o primeiro instante, para encontrar o outro braço herói, sargento Munhós”, completou.

O vice-governador agradeceu por todo o empenho dos mais de cem servidores envolvidos no trabalho, 24 horas, e destacou o apoio decisivo das duplas sargento Alex Sandro Brum e o labrador Guapo, do CBMRS, e do cabo Ronaldo Fumagalli e o também labrador Hunter, que vieram do Corpo de Bombeiro Militar de Santa Catarina ajudar nas buscas, e hoje à tarde deram a localização mais precisa.

“Há uma semana estávamos aqui para darmos as primeiras informações sobre o incêndio à população e jamais imaginaríamos um desfecho como este, sete dias depois: a confirmação da morte do tenente Almeida, que exerceu com bravura a sua missão no Corpo de Bombeiros Militar, e ainda o desaparecimento do sargento Munhós. Nossa solidariedade aos familiares e a toda a corporação. Seguimos com as buscas ininterruptas”, afirmou Ranolfo.

O comandante-geral do CBMRS, coronel César Eduardo Bonfanti, também lamentou profundamente a morte de um “companheiro e grande herói” da corporação, e garantiu que o trabalho seguirá, como forma até mesmo de honrar o trabalho no incêndio da SSP e em tantas outras missões que o tenente Almeida cumpriu durante mais de 22 anos.

Desde o início dos trabalhos de combate ao incêndio no prédio, na noite de 14 de julho, o CBMRS organizou uma estrutura operacional completa para viabilizar o trabalho ininterrupto de combate ao fogo e resfriamento da área. Tão logo foi verificada a ausência de dois bombeiros militares que atuavam na ação, também foi mobilizada toda a capacidade de busca e resgate aos desaparecidos.

No pátio da SSP, houve alocação de todo o efetivo e equipamentos necessários à operação de resgate dos agentes desaparecidos.

Nesta quarta-feira (21), 115 pessoas, entre bombeiros militares e técnicos, estavam atuando nas buscas e no trabalho de remoção de escombros para ampliar os acessos ao prédio.

Texto: Vanessa Kannenberg e Carlos Ismael Moreira/Ascom SSP


Sinalizador do cruzamento férreo na entrada da cidade de Tupanciretã sofre vandalismo


O sinalizador do cruzamento férreo na Av. Serafim Bravo, entrada da cidade de Tupanciretã, sofreu vandalismo nesta madrugada da ultima segunda-feira.

Foi realizado o Boletim de Ocorrência, e as câmeras de videomonitoramento serão verificadas para identificar o autor que cometeu o delito.

Importante frisar que os motoristas e pedestres que transitam por ali, deverão ficar atentos ao trem, já que o equipamento de sinalização está danificado

 

Fonte e foto Assessoria imprensa PMTupanciretã


PRF intercepta quadrilha em fuga após furto em Júlio de Castilhos


No final da tarde dessa segunda-feira (19), a Polícia Rodoviária Federal prendeu três mulheres e um homem que furtaram produtos de uma loja em Júlio de Castilhos. Eles foram presos em Itaara com um carro carregado de objetos furtados.

Após receberem informações do serviço de inteligência da PRF, os policiais abordaram um Prisma emplacado em Criciúma/SC que transitava pela BR 158. A motorista, de 35 anos, estava com um homem de 22, e duas mulheres de 19 e 21, todos de Santa Maria e já com antecedentes.

No porta-malas, os policiais encontraram grande quantidade de eletrônicos, roupas, brinquedos, bolsas e bebidas, todos com preços e etiquetas de uma loja localizada em Júlio de Castilhos. Os abordados admitiram que tinham recém furtado o material, o que foi confirmado em seguida pelos funcionários do estabelecimento através das imagens de câmeras de segurança.

Os quatro criminosos foram presos por furto e encaminhados para a área judiciária local. Os objetos foram apreendidos e ficarão à disposição da justiça para a devida devolução.

Fonte e foto PRF


Brigada Militar de Júlio de Castilhos realiza recuperação de uma motocicleta furtada.


Uma motocicleta furtada em Santa Maria foi recuperada pela Brigada Militar de Júlio de Castilhos na tarde desta segunda-feira (19).

As Imagens de câmeras de vigilância gravaram o furto do veículo que aconteceu no dia 10 de junho e mostram que a motocicleta estava estacionada em uma rua no Bairro Tancredo Neves, quando o suspeito chega em um carro Peugeot prata, portando um capacete na mão.

O veículo foi encontrado após uma denúncia realizada pelo telefone 190 no interior do município de Júlio de Castilhos.

Após a denúncia uma viatura foi até o local e localizou a motocicleta com a placa alterada.

Ao consultar o número do chassis no sistema, os policiais verificaram que ela constava como furtada.

A motocicleta foi apresentada na delegacia e após a perícia será devolvida ao proprietário.

Fonte e foto Comunicação Social do 1º RPMon