14 medalhas: Bronze no salto com vara

Atualizado em 03/08/2021 11h20 Thiago Braz voltou a fazer história e levou a medalha de bronze nesta terça-feira nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O brasileiro alcançou  duas medalhas olímpicas consecutivas com ouro na Rio-2016 e agora o terceiro lugar em Tóquio. Atualizado em 03/08/2021 08h00 Ouro: As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram nesta terça-feira o bicampeonato olímpico … Leia Mais





Duelo de invictos Sananduva recebe Macléres/Barcelona série prata futsal

Sábado dia 31 e Domingo dia 01 de Agosto de 2021, tem a terceira rodada da Série Prata 2021 Masculino da Federação Gaúcha de Futebol de Salão Invictos na chave A do Campeonato Estadual da Série Prata, Sananduva e Macléres/Barcelona dividem a ponta da chave com seis pontos ganhos se enfrentam neste domingo 1º de agosto, na … Leia Mais


2º Copa Sul Riograndense/DalPonte de Futsal Feminino em Júlio de Castilhos


Figurando no cenário estadual pelo primeiro ano, as equipes de futsal feminino, Barcelona e Bonekas de Júlio de Castilhos figuram entre os grandes nomes da competição e vão em busca do título inédito para Júlio de Castilhos e treinam forte no Poliesportivo de Júlio de Castilhos.

No dia 15 de agosto de 2021 começa a 2º Copa Sul Riograndense/DalPonte de Futsal Feminino e a equipe da Associação Barcelona Feminino e Bonekas Futsal Feminino de Júlio de Castilhos-RS, conhecem seus adversários  da competição com a primeira fase sediada e regionalizado, passando o campeão e vice de cada região para a fase estadual.

Júlio de Castilhos, será sede desta primeira fase com as equipes AFC Barcelona e Bonekas FC de Júlio de Castilhos e Penharol e Real Merengue ambas de Santa Maria.

Na noite da ultima quinta-feira (29), aconteceu uma “Live” via facebbok, com as equipes que participarão da primeira fase em Júlio de Castilhos. Participaram da referida Live, Leonardo Quevedo técnico da equipe Bonekas, Técnico do Penharol João Breda, Margarete Aguirre presidente do Barcelona e Ricardo presidente do Real Merengue.

Premiação da competição em dinheiro de R$ 10.000,00 e poderá chegar a R$ 30.000,00, o quanto mais clubes maior será a premiação, mais troféu e medalhas.

Fotos reprodução redes sociais 2º Copa Sul Riograndense/DalPonte de Futsal Feminino


Gabinete de Crise aguarda resultado de evento-teste para iniciar processo de flexibilização de eventos


Na medida em que o Gabinete de Crise vem observando a redução de internações em UTI e em leitos clínicos, apesar de o número de casos confirmados de Covid-19 continuar alto, a atenção se volta para a flexibilização com relação a eventos, um dos setores mais afetados pelas restrições necessárias ao enfrentamento da pandemia de coronavírus.

Em reunião nesta quinta-feira (29/7) na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, o coordenador do Gabinete de Crise, Marcelo Alves, afirmou que a intenção do governo do Estado é iniciar o processo de liberação a partir da próxima semana. No entanto, são aguardados os resultados de evento-teste realizado no último domingo (25/7) para discutir como se dará essa flexibilização de todos os tipos de eventos, não só aqueles com testagem prévia, e para todo o Estado. A previsão é de que a análise dos dados seja concluída nos próximos dias.

“Estamos observando que a vacina funciona, mas não podemos permitir uma liberação desordenada sob risco de criarmos novas variantes do coronavírus. Queremos fazer essa flexibilização, mas com todas as medidas sanitárias e em um movimento sem ida e vinda. Portanto, vamos esperar o momento certo, depois da análise do resultado desse primeiro evento-teste. A liberação vai ocorrer, mas ainda precisamos discutir como será feita”, esclareceu Alves.

A liberação ocorrerá somente diante dos resultados do evento-teste. A partir disso, haverá avaliação da quantidade de público liberada e como o processo será feito. “Não é uma liberação total, sem regramento e protocolos. Será feito com parcimônia e cuidado, avaliando o que foi feito no evento-teste e os resultados”, destacou o coordenador do Gabinete de Crise, ressaltando que detalhes ainda serão definidos.

Outras demandas da prefeitura de Porto Alegre, representando a região Covid Metropolitana (R10), também serão avaliadas à luz do resultado do evento-teste.

Na mais recente reunião do Gabinete de Crise, realizada na quarta-feira (29/7), foi deliberada a manutenção do atual quadro do Sistema 3As de Monitoramento, sem emissão de novos Avisos ou Alertas. Mesmo assim, o governo do Estado reforça a necessidade de cuidados de prevenção ao coronavírus para impedir a disseminação da variante delta, cuja transmissão comunitária já foi confirmada no Rio Grande do Sul.

Os coordenadores do GT Protocolos, Bruno Naundorf e Felipe Bellé, e o assessor de gabinete da Casa Civil André Palácio acompanharam a reunião. Por parte da Câmara, estiveram presentes os vereadores Ramiro Rosário, Mariana Pimentel, Felipe Camozzatto, Comandante Nádia e Mauro Pinheiro.

Texto: Suzy Scarton Portal RS. Imagem ilustrativa reprodução redes sociais


Quadro de Medalhas. É de Rebeca Andrade 1ª medalha da ginástica feminina na história


Atualizado em 29/07/2021 10h00

A ginasta Rebeca Andrade, de 22 anos, que fez história nesta quinta-feira (29) ao levar uma medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio, iniciou a carreira no projeto social Iniciação Esportiva, da Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo. Lá, ela ganhou o apelido de “Daianinha de Guarulhos”, em referência a Daiane dos Santos, vencedora de nove medalhas de ouro em campeonatos mundiais no solo entre 2003 e 2006.

Rebeca conquistou vaga em três finais, incluindo a do solo, em que se apresenta ao som do funk “Baile de favela”. Nesta manhã, ela se tornou a primeira brasileira medalhista olímpica na categoria, na final do individual geral.

É de Rebeca Andrade, uma Diva! É a 1ª medalha da ginástica feminina na história dos #JogosOlimpicos 

Atualizado em 29/07/2021 08h10

Tóquio, 29 de julho – Mayra Aguiar (78kg) chegou, pela terceira vez consecutiva, ao pódio olímpico e de forma emocionante, na madrugada desta quinta-feira, 29. Depois de vencer a primeira luta e cair nas quartas-de-final, a brasileira buscou uma recuperação na repescagem, vencendo Aleksandra Babintseva (RUS) e, em seguida, imobilizou Yoon Hyunji, da Coreia do Sul, por 20 segundos para assegurar sua terceira medalha de bronze olímpica. O feito é inédito entre as atletas mulheres de esportes individuais do Brasil. 

A medalha vem dez meses após Mayra sofrer uma grave lesão no joelho esquerdo que a fez passar por uma cirurgia e a afastou dos tatames até junho, quando lutou o Mundial, em Budapeste. As incertezas e as dificuldades superadas pela lesão e pela pandemia trouxeram um peso maior à essa conquista para a atleta.  

“Nunca chorei tanto. Estava chorando igual criança ali. É que está muito entalado. Tudo o que eu vivi, foi muito tempo de superação, uma atrás da outra. E, hoje, poder concretizar com uma medalha é muito importante para mim. É a maior conquista que eu já tive em toda a minha carreira. Por tudo o que aconteceu, tudo o que vivi, poder estar com isso concretizado é muito gostoso, está sendo muito bom”, celebrou a atleta.

Somente a 2ª brasileira a conquistar 3 medalhas olímpicas na história!

Ossae-komi ou “como grampear a adversária no chão e garantir a medalha de bronze com Mayra Aguiar” (CBJ Brasil)

Com os bronzes de Mayra Aguiar (78kg) e Daniel Cargnin (66kg) em #Tokyo2020 , a modalidade chega a 24 medalhas na história dos #JogosOlimpicos !

O Brasil conquistou mais duas medalhas nas Olimpíadas de Tóquio  .

O surfista Italo Ferreira conquistou nesta terça-feira (27) a primeira medalha de ouro para o Brasil em Tóquio, a primeira do surfe, estreante no programa olímpico. 

Inicialmente, a competição de surfe não estava prevista para ser finalizada nesta terça-feira, mas os organizadores acabaram antecipando a programação devido ao tufão Nepartak, que chegou a Tóquio e aos arredores da capital japonesa.  

A outra conquista brasileira foi com o nadador Fernando Scheffer que garantiu  a primeira medalha para a natação brasileira dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. 

O atleta gaúcho de 23 anos ficou com  o bronze nos 200 metros estilo livre na noite desta segunda-feira (26) no Centro Aquático de Tóquio, conquistando a décima-quarta medalha olímpica do Brasil na natação. 

Com esses últimos resultados ,  o Brasil tem agora uma medalha de ouro, no surf, duas de prata, no skate,  e duas de bronze, uma no judô e outra na natação.

Atualizado em 26/07/2021 06h49

Medalha de Prata:

Rayssa Leal, a Fadinha, faz história e é prata no skate street nas Olimpíadas.

Maranhense de 13 anos faz grande prova, e é superada apenas por japonesa da mesma idade, Momiji Nishiya. Funa Nakayama completa o primeiro pódio olímpico do street feminino

Atualizado em 25/07/2021 08h10

No segundo dia de competições na Olimpíada, o Brasil subiu ao pódio em duas oportunidades. A primeira medalha nos Jogos veio nas disputas do street masculino no skate, modalidade estreante em Tóquio. Na madrugada deste domingo, o paulista Kelvin Hoefler ficou com a prata somando 36,15 pontos, atrás do japonês Yuto Horigomi, que totalizou 37,18.

O 3º Sargento Daniel Cargnin acaba de conquistar medalha de bronze no judô, na categoria até 66 Kg, nos Jogos Olímpicos de Tóquio!!! A disputa acirrada com o israelense Baruch Shmailov terminou com a vitória brasileira.

 

 


Maria Portela sofre 3 punições e é derrotada por Taimazova em Tóquio.


“Agora quero ajudar a equipe a chegar ao pódio. Sei que meu ponto é muito importante e o foco é esse, contribuir para que possamos evoluir na competição. Somos um time muito forte”, diz Maria Portela.

Num combate muito duro que durou quase 11 minutos de golden score, Maria Portela sofre 3 punições e é derrotada por Madina Taimazova.

Maria Portela, em sua terceira participação olímpica, parou nas oitavas-de-final após levar o terceiro shido em combate com a russa Madina Taimazova.

Cabeça-de-chave no médio feminino, Portela teve uma primeira luta tranquila contra a representante do Time de Refugiados Olímpicos, Nigara Shaheen, vencendo-a por ippon em apenas 28 segundos de combate.  

Nas oitavas-de-final, a brasileira encarou Madina Taimazova, contra quem já havia lutado e vencido neste ano na final do Grand Slam de Tbilisi, na Geórgia. A luta foi muito parelha e estudada durante o tempo regulamentar de quatro minutos, com as duas atletas levando duas punições por falta de combatividade. Sem pontuação no placar, o combate foi para o Golden score, o ponto de ouro, e, novamente, ambas foram punidas, dessa vez, por evitarem a pegada.  

No terceiro minuto, Maria conseguiu encaixar um golpe e projetou Taimazova que chegou a tocar os ombros no chão, girou e caiu de frente. O lance precisou ser revisado pelo vídeo replay e os árbitros da mesa não validaram o ponto da brasileira.  

A luta seguiu indefinida até o décimo minuto de golden score, com as duas atletas já bastante desgastadas pelo longo combate. Taimazova arriscou algumas entradas e conseguiu, com isso, impor um volume suficiente de ataques para que a arbitragem punisse a brasileira por falta de combatividade, encerrando, ali, o sonho de Portela buscar sua primeira medalha olímpica.  

Decepcionada, a brasileira deixou o tatame chorando e lamentou não ter conseguido evoluir na competição. 

“Não consegui seguir na competição. Mas, agradeço a Deus, primeiramente, por ter me permitido chegar até aqui. Foram muitos desafios ao longo da classificação olímpica. E agradeço a todos aqueles que estiveram comigo nesse período de preparação, se doando cem por cento para que eu estivesse aqui da melhor forma possível”, resumiu.  

Sobre as decisões da arbitragem em sua luta, Maria demonstrou verdadeiro espírito olímpico, avaliando tecnicamente as situações de luta, sobretudo o último shido que sacramentou a vitória da adversária.  

O árbitro, se a gente não define, ele tem que definir. E quem tiver um pouco mais de iniciativa, vai levar. Não foi culpa dele. Eu tinha que ter sido mais agressiva, imposto mais o ritmo, por mais que não fosse efetiva, que foi o que ela fez e acabou levando. Acredito que o que definiu, como a luta estava muito longa, ela teve um pouquinho mais de iniciativa ali naquele final e eu acabei tomando a punição. Mas, estava muito parecida a luta. Eu percebi que ela estava um pouco mais desgastada do que eu, só que ainda assim ela estava colocando mais golpe do que eu, mesmo que sem efetividade. Isso é como se ela tivesse dando um volume maior na luta, buscando mais a luta. E, por mais que eu quebrasse bastante o volume dela, eu quase joguei duas vezes, ainda assim não foi suficiente”, explicou Portela, que retornará ao tatame da Nippon Budokan no sábado, 31, para a competição por equipes mistas. “Agora quero ajudar a equipe para chegar no pódio. Sei que meu ponto é muito importante e o foco é esse, contribuir para que possamos evoluir na competição porque somos um time muito forte.” 

 

Fonte> Confederação Brasileira de Judô. Foto: Gaspar Nóbrega/COB (Reprodução redes sociais) CBO 


CTG Júlio de Castilhos promove em 1º de agosto Rodeio de Pealo


A cidade de Júlio de Castilhos vai respirar os ares do tradicionalismo no próximo dia 1º de agosto de 2021, domingo, com a realização de mais uma edição do Rodeio de Pealo. O rodeio que será coordenado pelo patrão Pedro Moacir Messerschmit  e pela  Invernada Campeira do CTG Júlio de Castilhos.

A premiação do Rodeio de Pealo para campeões da raspadinha individual 1º lugar R$$ 1.000,00 (se houver 100 inscrições ou 30% do valor das inscrições).

Pealo Dupla 1ª força com a seguinte premiação para: 1º lugar R$ 1.000,00, 2º Lugar: R$ 600,00. Para Pealo Dupla 2ª Força o 1º Lugar R$ 500,00 e o 2º Lugar R$ 300,00.

As inscrições antecipadas para o Rodeio de Pealo CTG Júlio de Castilhos com Edon Fabrício pelos fones 55 98406 7555 até o dia 28 de julho de 2021. Confira os valores para raspadinha individual 1 vida R$ 40,00 e 2 vidas R$ 80,00; Inscrições Dupla R$ 140,00 com almoço (Marmitex). 

A partir das 08:30 hs acontece o inicio da raspadinha individual. às 10:00 hs 1ª e 2ª volta dupla. 12:00 hs Almoço. A tarde o horário a partir das 13:30 hs com 3ª. 4ª e 5ª volta da dupla.

Todos os participantes do Rodeio de Pealo deverão estar devidamente pilchados conforme regras do MTG com uso obrigatório do “Tirador”. Veja mais informações do regulamento na foto abaixo:

Mais informações: Pedro Moacir Messerschmidt 55 99637 1942, Rubiano Silva 55 99962 6589, Valter Mello 55 99972 9262, Diogo Mello 55 99639 3931 e João Luiz Mello 55 99996 9673.

Imagens arquivo ilustrativas