Viaduto em S.Maria recebe pintura com nomes das vítimas da tragédia na Kiss


AVTSM / Divulgação

 

Nomes das 242 vítimas do incêndio foram pintados no painelAVTSM / Divulgação

Uma pintura em 78 metros no viaduto Evandro Behr, na Rua do Acampamento, no centro de Santa Maria, homenageia as 242 vítimas do incêndio na boate Kiss. O painel começou a ser pintado em 10 de novembro e, no último sábado (24), recebeu o nome dos jovens mortos na tragédia.

As imagens foram ilustradas por alunos do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em parceria com a associação dos familiares das vítimas e sobreviventes daquela madrugada de 27 de janeiro de 2013. O viaduto passa sob a tenda onde os familiares se reúnem semanalmente para que a tragédia não seja esquecida. 

— Para nós, essa pintura representa um reconhecimento dos próprios jovens, no sentido de fazer algo para que a tragédia não caia no esquecimento e para que os nossos filhos que perderam suas vidas naquele trágico dia 27 sejam homenageados — reitera o vice-presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), Flávio da Silva.

Divulgação / AVTSM

Imagens foram ilustradas por alunos do curso de Artes Visuais da UFSMDivulgação / AVTSM

Conforme Silva, a pintura foi um pedido da própria (AVTSM) ao curso de Artes Visuais. Todo o material usado no trabalho foi obtido por meio de doações:

— Tinha um grafite antigo no local que estava muito prejudicado, já tinham feito pichações por cima. Aí, nós pensamos em fazer algo diferente ali e, por isso, procuramos o curso de Artes Visuais para firmarmos uma parceria. Pedimos o que queríamos e deixamos eles à vontade para criar em forma de homenagem. 

Uma das imagens principais do painel é o desenho da Pietá– obra de Michelangelo que retrata a Virgem Maria de luto após a morte do seu filho Jesus. Um dos estudantes que participou da pintura, Yago Gustavo Silva de Lima explica que os estudantes foram divididos em grupos para realizarem os desenhos que tinham como objetivo principal transmitir, mesmo em meio ao sentimento de dor, uma atmosfera de positividade por meio das ilustrações. Como estratégia para isso, foram utilizadas diferentes cores e desenhos:  

— Além da imagem de Pietá, usamos desenhos de muitas flores e também de um sol e de pássaros. O painel ainda faz uma metáfora com desenhos de pessoas que estariam no céu sorrindo — destaca.

No dia 10 de novembro, quando foi realizada a maior parte da pintura, cerca de 26 estudantes e o coordenador do curso participaram da ação. No último sábado, quando foram escritos os nomes das 242 vítimas com giz de cera, cerca de seis estudantes deram continuidade ao trabalho. Agora, no próximo sábado (1º), os nomes serão finalizados com tinta. 

Nesta terça-feira (27), a tragédia na boate Kiss completa cinco anos e 10 meses. Atividades na tenda dos familiares, na Praça Saldanha Marinho, estão previstas para relembrar a data.

Fonte Portal GaúchaZH Santa Maria