Mulher de 60 anos é agredida com barra de ferro em Júlio de Castilhos


Uma mulher de 60 anos foi agredida com uma barra de ferro em Júlio de Castilhos, na Região Central, na noite de domingo (14). O autor dos golpes, segundo relatos de testemunhas aos policiais, foi o ex-companheiro da vítima, encontrado morto com suspeita de suicídio.

Conforme a Brigada Militar, a agressão ocorreu na casa da mulher, no bairro Castelo Branco. De acordo com a delegada Alessandra Padula, responsável pelo caso, os dois discutiam quando o homem pegou uma barra de ferro, da oficina dele, e desferiu dois golpes na cabeça da ex-companheira. Ela sofreu afundamento de crânio e caiu desacordada.

Um familiar que mora no mesmo terreno dos dois encontrou a mulher ferida e acionou o socorro e a polícia. A idosa foi levada pelo Samu para o Hospital de Júlio de Castilhos, mas, pela gravidade dos ferimentos, precisou ser levada ao Hospital Universitário de Santa Maria.

Na manhã desta segunda-feira, a mulher deve passar por cirurgia. A Brigada Militar fez buscas e encontrou o homem, já sem vida, nos fundos da casa onde ele morava.

De acordo com os policiais, o casal estava separado havia cerca de cinco anos e morava em casas diferentes, mas que ficavam no mesmo terreno. Um dos filhos do casal estava no local no momento da briga. Não há registros na Brigada Militar de casos anteriores de agressão entre os dois.

Fonte Portal GaúchaZH