Ministério da Agricultura vai suspender importação do leite uruguaio para averiguações


 ministro adjunto Eumar Novacki sinalizou que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento deve suspender a importação de leite e derivados do Uruguai para que sejam feitas as investigações acerca da entrada do produto no Brasil. O pedido de investigação sobre o ingresso de leite do Uruguai no Rio Grande do Sul foi reiterado nesta terça-feira (10), durante visita do secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, a Brasília.

O documento, co-assinado pela Farsul e Fetag, solicita ao Ministério investigação para verificar uma possível triangulação na importação de leite e derivados do Uruguai, pois o volume exportado para o Brasil, somado ao consumo interno, supera em mais de 50 milhões de litros a produção total do país vizinho. “Conseguimos com que o Governo Federal se mostrasse sensível a este problema e verifique se está ocorrendo algo de errado, pois a situação dos produtores de leite do Estado já é bastante difícil”, comentou o secretário Ernani Polo. O mesmo pedido foi protocolado junto ao secretário de Comércio Exterior Substituto, Renato Agostinho da Silva, que encaminhará o assunto internamente no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Status sanitário

O secretário Ernani Polo também protocolou o pedido de auditoria do Ministério da Agricultura no Rio Grande do Sul para avaliar as condições de defesa agropecuária do Estado. O objetivo é verificar as metas do plano estadual, que cumpre metas estabelecidas no Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa, para que o Rio Grande do Sul possa avançar em seu status sanitário. Ainda na área de sanidade, o secretário entregou ofício solicitando soluções para a falta de antígenos para teste de brucelose e tuberculose.

Embargo do Chile

O secretário Ernani Polo entregou ao ministro Eumar Novacki um ofício de pedido de suspensão de embargo do Chile a carne de aves oriundas do Rio Grande do Sul, que se estende desde 2006. Este pleito vai estar na pauta da reunião da Organização Mundial do Comércio em novembro.

Aquisição de leite

A comitiva gaúcha teve uma audiência com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, sobre aquisições de leite UHT e em pó pelo Governo Federal. O ministro afirmou que fará um estudo nos próximos dias sobre a disponibilidade de volume para compra, a fim de conseguir recursos para a iniciativa. Também estiveram presentes à reunião os deputados federais Alceu Moreira, Luiz Carlos Heinze, Dionilso Marcon e o deputado estadual Gilmar Sossela.

A comitiva gaúcha que o secretário da agricultura integrou em sua visita à Brasília contou com a participação do deputado estadual Adolfo Brito, presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa; deputado estadual Zé Nunes; Alexandre Guerra, presidente do Sindilat; Wladimir Dalbosco, presidente da APIL; Salmo Dias de Oliveira, presidente da Famurs; Mário Nascimento, vice-presidente do IGL; Nestor Bonfanti, vice-presidente da Fetag; Rogério Kerber, presidente do Fundesa; Henrique Dorneles, presidente da Federarroz; e o assessor técnico do Irga, José Carlos Pires.

Assessoria de Comunicação Social
Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação