Internacional é derrotado no Maracanã pelo Flamengo e perde a liderança. Título será decidido na última rodada, na próxima quinta-feira


Inter é prejudicado pela arbitragem no Rio.

Vítima de escândalo de arbitragem, o Clube do Povo sofreu uma expulsão injusta no gramado do Maracanã, logo a dois minutos do segundo tempo, e foi superado por 2 a 1 pelo Flamengo. Disputada a partir das 16h deste domingo (21/02), o confronto integrou a 37ª rodada do Brasileirão.

O Clube do Povo volta a campo na próxima quinta-feira (25/02), às 21h30, quando recebe o Corinthians. Partida da 38ª rodada do Campeonato, vale o título nacional ao Inter, que pode conquistar a taça em caso de vitória.

.Primeira etapa movimentada

Dono da casa, o Flamengo começou a partida com o controle da bola. A maior posse, contudo, passou longe de significar perigo ao gol do time de Abel Braga, que, bem postado, mostrava predisposição ao contra-ataque. Exatamente de escape rápido construído aos 9, Moisés foi ao fundo e cruzou rasteiro para Yuri, puxado por Gustavo Henrique. Pênalti, indicado por Raphael Claus e precisamente cobrado por Edenilson, que abriu o placar no Maracanã.

Em vantagem, o Clube do Povo baixou suas linhas. Crescente na pressão, o Flamengo não conseguia criar, mas contou com jogada individual de Bruno Henrique, garçom de Arrascaeta, para empatar aos 28. Retomada a igualdade, o Clube do Povo assumiu o protagonismo, passou a rodar a bola com inteligência e, por detalhe – incluindo a trave -, não chegou ao intervalo em vantagem. Encerrada a primeira etapa, o 1 a 1 parcial persistia no placar.

Claus agiu

Árbitro da partida, Raphael Claus comprometeu o correr do jogo na segunda etapa. Corridos dois minutos do reinício de partida, o homem do apito inventou motivo para expulsar Rodinei. Com um a mais, o Flamengo conseguiu a virada, consequência natural do escândalo vivenciado no Maracanã.

Melhores momentos – primeiro tempo

5min – UH!! Caio Vidal desarma Bruno Henrique e deixa com Edenilson, que percebe Yuri Alberto nas costas da zaga rival. Camisa oito lança, e o 11 só não chega pois Hugo, fora da área, corta o perigo.

7min – Lomba! Camisa 27, Bruno Henrique corta da esquerda para o meio e finaliza. Goleiro colorado encaixa.

9min – PÊNALTI! PÊNALTI! Inter escapa em altíssima velocidade do campo de defesa. Edenilson quebra a pressão adversário e abre com Patrick, que deixa para Moisés. Camisa 20 cruza buscando Yuri, que é descaradamente puxado por Gustavo Henrique. Falta assinalada!

11min – GOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! EDENILSON, EDENILSON, EDENILSOOOOON! Calmo, tranquilo, precise, soberano, SuperEd bateu com perfeição! Hugo até acertou o canto esquerda, mas nada pôde fazer diante da cobrança, que morreu no ângulo. Inter na frente!

13min – PRA FOOOOORA! Caio Vidal serve Yuri, que finaliza cruzado, rasteiro. Levando muito perigo, a bola sai pela linha de fundo.

20min – LOMBA! Da esquerda, Bruno Henrique cruza fechado. No centro do gol, arqueiro encaixa com grande segurança.

21min – POR CIMA! Edenilson recebe de Rodinei e, da direita da intermediária, cruza aberto. Yuri Alberto sobe mais do que Rodrigo Caio e consegue o cabeceio, que sai por cima.

28min – Servido por Bruno Henrique, Arrascaeta empata para o Flamengo.

42min – NA TRAAAAAAAAAAAVE! Inter roda a bola por quase dois minutos. Pela direita, Caio recebe em condições de apostar no mano a mano e deixa Filipe Luís para trás. Da joia do Celeiro para Rodinei, que invade a área em altíssima velocidade e solta a bomba. Desviada, ela explode no travessão!

45min – Mais dois. Vamos a 47!

46min – PRA FOOORA! Inter volta a rodar a bola com tranquilidade. Na esquerda, Patrick recebe, invade a área e manda um canudo. Desvio manda a bola em escanteio.

47min – Encerrada a primeira etapa!


Segundo tempo


2min – Após consulta ao VAR, Raphael Claus expulsa Rodinei por disputar a bola com Filipe Luís.

5min – Diego recebe o amarelo por falta em Caio Vidal.

6min – Salva, Hugo! Dourado finaliza de canhota, praticamente na pequena área, após bola alçada por Edenilson. Arqueiro rival defende.

8min – Muda o Inter. Vem Heitor, sai Praxedes.

8min – No Flamengo, Pedro por Isla.

10min – SAAAAAAAAAAAAALVA A ZAGA! Patrick deixa três para trás, chega à área rival e rola para Caio. Dentro da área, o camisa 47 finaliza buscando o contrapé de Hugo. Filipe Luís bloqueia com precisão.

12min – Dupla troca no Flamengo. Entram João Gomes e Natan, saem Diego e Rodrigo Caio.

16min – Everton Ribeiro acerta Yuri. Juiz só indica falta, mas não apresenta cartão.

17min – Gabriel marca para o Flamengo.

20min – No Flamengo, sai Gabriel. Entra João Lucas.

22min – Galhardo é novidade no Inter. Deixa o campo Caio Vidal.

26min – GRANDE TRAMA! Inter roda a bola em frente à área flamenguista. Dentro do retângulo, pela esquerda, Moisés recebe e cruza. Zaga manda em escanteio.

27min – João Gomes recebe o amarelo por tapa na cara de Heitor.

34min – Pedro, em condição completamente irregular, marca para o Flamengo. Gol devidamente anulado.

36min – Três mudanças no Inter. Patrick, Dourado e Yuri saem. Peglow, Johnny e Mauricio.

40min – Salva, Hugo! Alçada da intermediária ofensiva, falta é desviada por Lucas Ribeiro.

44min – Amarelo para Natan.

45min – Apenas seis minutos de acréscimos.

46min – Pedro amplia para o Flamengo. No lance, porém, ele cometeu falta clara em Lucas Ribeiro. Lance deve ser anulado.

47min – A anulação do gol tomou dois minutos. Claus, coroando uma atuação vergonhosa, acrescenta apenas um.

51min – Pedro recebe o amarelo por atrapalhar Lomba.

52min – Fim de jogo.


Ficha técnica:

Flamengo (2): Hugo; Isla (Pedro), Rodrigo Caio (Natan), Gustavo Henrique e Filipe Luís; Diego (João Gomes), Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabi. Técnico: Rogério Ceni.

Internacional (1): Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel e Moisés; Rodrigo Dourado (Johnny) e Edenilson; Caio Vidal (Galhardo), Praxedes (Heitor) e Patrick (Mauricio); Yuri Alberto (Peglow). Técnico: Abel Braga.

Gols: Edenilson, aos 11 minutos do primeiro tempo (I). Arrascaeta, aos 28 minutos do primeiro tempo, e Gabriel, aos 17 minutos do segundo tempo (F).

Cartões amarelos: Pedro, Diego, Natan e João Gomes (F).

Cartão vermelho: Rodinei (I).

Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back. Quarto árbitro: Grazianni Maciel Rocha. VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Estádio: Maracanã.

Fonte Portal Internacional Crédito: Ricardo Duarte