Grêmio supera o Cuiabá e garante vaga na semifinal da Copa do Brasil. Com gols de Diego Souza, Tricolor venceu o jogo de volta por 2 a 0. No placar agregado, somou 4 a 1


O Grêmio está nas semifinais da Copa do Brasil.  

O Tricolor entrou em campo na tarde desta quarta-feira, na Arena, para enfrentar o Cuiabá, no jogo de volta das quartas de final da competição. Com o placar de 2 a 1 conquistado no Mato Grosso, os gremistas saíram na frente com vantagem. Em Porto Alegre, também fizeram bonito e confirmaram a vaga, vencendo a equipe adversária pelo placar de 2 a 0. 

Assim como na partida de ida, a superioridade foi do Grêmio, que abriu o placar logo cedo, com Diego Souza, aos 9 minutos. O Tricolor trabalhou bem, sendo ofensivo e com boas jogadas e triangulações. Construiu tantas oportunidades que chegou a ter dois gols anulados por impedimento. Um do Diego Souza e outro de David Braz. Na reta final da etapa inicial, aos 41’, o centroavante marcou novamente, depois de uma grande jogada em velocidade de Pepê. 

O Tricolor seguiu superior no segundo tempo, mas diminuiu um pouco o seu ritmo, passando a administrar a partida, sem gols assinalados nos 45 minutos finais. 

Com o resultado, o Grêmio confirmou a vaga nas semifinais da competição. A partida de ida acontece no dia 23 de dezembro e o de volta, 30. 

Primeiro Tempo 

O Tricolor chegou logo nos primeiros minutos, trabalhando a bola de pé em pé. Em uma das oportunidades, Éverton recebeu na direita e fez um cruzamento na área, mas Hayner tirou para escanteio. Logo em seguida, Jean Pyerre acionou Diogo Barbosa na esquerda, que foi a linha de fundo e cruzou bem, mas a zaga adversária conseguiu salvar novamente. 

Outra vez no ataque, o Grêmio ameaçou com Matheus Henrique, que pegou um rebote e arriscou de longe, mas mandou pra fora, sem muito perigo, com 5 minutos de jogo. 

Foi aos 9 minutos que o Tricolor conseguiu ser efetivo e abrir o placar. Depois de uma bola bem trabalhada, Pepê, da esquerda, fez um cruzamento preciso para Diego Souza subir e desviar de cabeça para o fundo das redes, assinalando o primeiro gol gremista. 

Já aos 12’, quase que saiu o segundo, quando Pepê saiu em velocidade pela esquerda e cruzou na pequena área. A bola desviou na zaga e chegou de surpresa para Diego Souza, que completou, mas acabou mandando à direita da meta defendida por João Carlos. 

O Cuiabá chegou aos 17’, quando após um cruzamento, Maxwell recebeu dentro da área, pela esquerda, e finalizou. A bola explodiu em Victor Ferraz e saiu pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Elvis colocou na boca do gol, mas Vanderlei saiu de soco para afastar qualquer perigo. 

Aos 20 minutos, Diego Souza acionou Matheus na direita, que fez um cruzamento para Pepê cabecear. A bola bateu no poste e sobrou para o centroavante, que chegou para completar, estufando as redes, mas o lance foi anulado por impedimento do Matheus Henrique no início da jogada. 

Do outro lado, a chance saiu dos pés de Hyago, que arriscou um o chute de longa distância, mandando pra fora. 

O Grêmio teve uma nova oportunidade em bola parada, com 24’ jogados. Da intermediária de ataque, pela esquerda, Jean Pyerre cobrou uma falta na área e David Braz mandou para o fundo do gol, assinalando o que seria o segundo gremista, mas novamente o lance foi anulado por impedimento, desta vez do zagueiro. 

O time do Maro Grosso teve uma sequência de escanteios, aos 30’. Na primeira cobrança, Diego Souza tirou de cabeça a bola cruzada no primeiro poste. Já na segunda, os visitantes recuaram a bola e acabaram perdendo para o meio-campo tricolor. 

Aos 39’, o Grêmio sofreu um pênalti não assinalado pela arbitragem. No lance, Victor Ferraz cruzou e Hayner se antecipou, dominando dentro da área, mas tocando com a mão. 

Passados 41 minutos, a contagem gremista foi ampliada. Matheus Henrique deu uma passe para Pepê na esquerda, que saiu em velocidade partindo para o campo de ataque – já na área, deu um passe para Diego Souza, mais a direita, que recebeu e mandou uma bomba, estufando as redes. 

Quatro minutos depois, de novo Pepê avançou rápido para o ataque, chegou na área e finalizou. João Carlos defendeu e no rebote, Éverton concluiu, mas para fora. 

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação. Logo aos 3 minutos, Éverton foi a linha de fundo e fez um cruzamento na área. Pepê subiu para desviar de cabeça, mas a bola acabou indo pra fora. 

O Cuiabá tentou encostar no placar em cobrança de falta de Elvis, que chutou direto. A bola explodiu na barreira e saiu pela linha de fundo. No escanteio, o meia colocou no primeiro poste e a zaga gremista afastou. Aos 7’, os visitantes tiveram mais uma chance em bola parada. Da risca da grande área, Elvis cobrou novamente e mandou de novo na barreira. 

Com 12 minutos jogados, Jean Pyerre arriscou um chute colocado de fora da área, obrigando João Carlos a operar uma grande defesa, evitando o terceiro gol gremista. 

Os adversários tiveram mais uma chance em escanteio. Elvis cobrou, Ednei desviou, mas mandou por sobre a meta, com 16’ jogados. 

As primeiras mudanças no time gremista foram providenciadas pelo técnico Renato Portaluppi, que tirou Darlan e Diego Souza para colocar Ferreira e Diego Churín, aos 17’. 

Aos 24 minutos, Éverton fez um passe por cima da zaga para Churín, que tentou o domínio, mas a defesa cortou a escanteio, cortando o ataque tricolor. Após a cobrança, Éverton recebeu e chutou buscando o canto direito da meta, mas João Carlos espalmou pela linha de fundo. 

Outras duas alterações foram realizadas no time gremista, com a saída de Éverton e Matheus Henrique, para dar lugar a Isaque e Lucas Silva, com 30’. 

Aos 33 minutos, o Grêmio chegou bem no ataque, quando Víctor Ferraz abriu na direita para Ferreira, que cruzou para Pepê – o atacante chegou para ampliar, mas dividiu com Lennon, que impediu o que seria o terceiro gol do Tricolor. Três minutos depois, Isaque acionou Ferreira, que arriscou, mas João Carlos caiu para defender. 

A última alteração de Renato foi providenciada aos 38’ – Thaciano ocupou o lugar de Jean Pyerre. 

Já na reta final, aos 42’, Lucas Silva fez um lançamento por trás da zaga para Pepê, que recebeu, invadiu a área e chutou rasteiro, mas a bola foi à esquerda da meta, para fora. 

Aos 45’, Ferreira inverteu o jogo, acionando Pepê na esquerda. O atacante devolveu o passe para o camisa 47, que arriscou de longe. O goleiro do Cuiabá defendeu em dois tempos. Logo em seguida, Lucas Silva arriscou, para mais uma defesa de João Carlos.

Fonte Portal Grêmio Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA