Escola de Júlio de Castilhos participa Dia de Campo on line sobre Floricultura


Com mais de 5 mil pessoas alcançadas ao redor do mundo, o “Dia de Campo on line sobre Floricultura: produzindo flores, gerando: alternativas”, realizado na manhã da ultima quinta-feira (29/10), na propriedade do agricultor Milton Cauzzo, em Santa Maria, foi um sucesso. A Equipe PhenoGlad agradeceu a todos pela numerosa participação e interação em cada uma das três Estações Técnicas (Gladiolo, Statice e Girassol de corte).

Na foto (Capa) a Equipe que fez a transmissão e os convidados que assistiram presencialmente.

O evento contou com a participação de autoridades presencialmente, como do reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann, e do gerente regional da Emater/RS-Ascar de Santa Maria, Guilherme Godoy dos Santos, além de professores da universidade e alunos que compõem a equipe do projeto Phenoglad, que atua na propriedade e transmitiu o Dia de Campo ao vivo em sua página do Facebook. Participaram mais de 150 pessoas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Argentina, Uruguai e até mesmo agricultores e produtores de flores da Itália.

Segundo Guilherme, logo após a abertura, teve início a três estações de culturas vinculadas à floricultura de corte com objetivo comercial: estatice, girassol de corte e gladíolo. “É na propriedade da família Cauzzo que a Emater e a equipe do Phenoglad conduzem experimentos científicos para aprimoramento de orientações técnicas para que se consiga ter melhores resultados com essas culturas na prática com o agricultor”.

O Dia de Campo sobre Floricultura destacou a importância do processo de melhoramento genético a nível mundial que foi realizado pelas instituições que desenvolveram plantas de diferentes cores e mais produtivas para que se tenha melhor qualidade e com mais beleza ainda que a beleza natural dessas plantas. “Também se demonstrou a condução dos experimentos com épocas de plantio visando identificar a colheita, fato que possibilita o agricultor se organizar para eventos onde se sabe que se tem uma maior aceitação comercial das flores, por exemplo, agora na época de finados”, concluiu o gerente regional da Emater/RS-Ascar de Santa Maria.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora Aparecida localizada em São João dos Mellos interior de Júlio de Castilhos a primeira a entrar no Projeto Flores para Todos, em 2018, foi presença marcante ontem no “Dia de Campo on LINE sobre Floricultura: produzindo flores gerando alternativas”

A equipe diretiva da escola Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora Aparecida, relata que foi um dia diferente, conhecendo na prática a floricultura, um dos mais importantes alimentos para a alma e agregando conhecimento, alimento para a vida toda.

Realização: Projeto Flores para Todos, Equipes PhenoGlad de todo Brasil, Universidade Federal de Santa Maria e Emater/RS-Ascar.

Fonte Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar Jornalista Taline Schneider Edição Alcir61
Fotos reprodução Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora Aparecida  e Emater