Dia 14 de outubro de 2018 em Cruz Alta 67ª Romaria Senhora de Fátima


Aproximamo-nos da realização da 67ª Romaria Diocesana ao Santuário Nossa Senhora de Fátima. Com o tema: “Vós sois o sal da terra e a luz do mundo” (Mt 5,13-16) o evento religioso, considerado um dos maiores do sul do país, será no dia 14 de outubro, segundo domingo do mês. Mais de 150 mil fiéis são esperados para a procissão, que sairá de frente da Paróquia Divino Espírito Santo – Catedral, após celebração da missa de acolhida, em direção ao Santuário. 

Antecedendo a romaria, é realizada, tradicionalmente, uma novena preparatória. Neste ano, em função da reforma da Catedral, onde normalmente é realizada esta novena, ela acontecerá na Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima, de 05 a 13 de outubro, sempre com início as 19h30min, com o terço.

A HISTÓRIA

É praticamente impossível contar a história da romaria de Nossa Senhora de Fátima sem mencionar a história do Santuário Diocesano Nossa Senhora de Fátima, de Cruz Alta. História que inicia lá implantação do monumento em honra a Santa. São histórias que se fundem num mesmo objetivo. 

O Monumento de Fátima foi idealizado pelo Pe. Pedro Luiz Bottari, Palotino e foi inaugurado no dia 12 de outubro de 1951. A população de Cruz Alta, nesse dia, duplicou. Foi um acontecimento nunca visto na região. Mais de 40 mil pessoas estavam presentes aos atos de inauguração. Na véspera da inauguração do Monumento, a imagem de Nossa Senhora de Fátima, doada pelo Governo de Portugal, a mesma que está na capela do Santuário e que é carregada na romaria, foi levada até a Rede Ferroviária, acompanhada de uma multidão de pessoas. Esta imagem seria conduzida em procissão para o Monumento.  

O então Bispo de Santa Maria, Dom Antonio Reis foi quem consagrou o Monumento à Virgem e celebrou a missa solene, dando início, assim, às Romarias em Cruz Alta.

Na primeira Romaria o tema/lema escolhido pela comissão foi: Fátima salvou o Mundo, Fátima me salvará! Para os atos de inauguração estiveram presentes o Governador do Estado, Gen. Ernesto Dorneles, o Embaixador de Portugal, Sr. Antonio Farias, todas as autoridades dos mais diferentes recantos do Estado do Rio Grande do Sul.

A ROMARIA

Antes da instalação da Diocese a Romaria era Coordenada por uma comissão das duas Paróquias da cidade, Fátima e Divino Espírito Santo. A partir da instalação da Diocese em 1973, passa a ser coordenada pela Diocese. Em 1978, o Bispo Diocesano, hoje Emérito, Dom Jacó Roberto Hilgert, declarou a Romaria como evento de caráter de toda a Diocese. A partir de então é planejada e articulada para refletir a religiosidade do povo, num grande momento de fé, oração e piedade, além de importante espaço para evangelização de toda a Diocese.

Em 09 de outubro de 2016, durante a realização da 65ª Romaria de Fátima, o então Parque do Monumento de Fátima foi decretado pelo Bispo Diocesano Dom Adelar Baruffi como Santuário, tendo assumido o seu 1º Reitor o Padre Ari Braganholo, nomeado pelo Bispo.

Informações Assessoiria imprensa Diocese Cruz Alta