Chapa 05 encabeçada pelo presidente Alessandro Pires Barcellos vence eleição do SC Internacional com 63,2% dos votos válidos

A Chapa 05, encabeçada pelo presidente Alessandro Pires Barcellos, venceu o 2º turno da Eleição para o Conselho de Gestão para o triênio 2021/2022/2023 com 16.522 votos (63,25% dos válidos). A Chapa 03, por sua vez, somou 9.600 votos (36,75% dos válidos). Houve ainda 2.354 votos nulos e 565 em branco. A Eleição 2020 bateu o recorde nacional no … Leia Mais


Iluminação do Beira-Rio incentiva doação de medula óssea

A semana compreendida entre os dias 14 e 21 de dezembro é conhecida, em nível nacional, como da Mobilização para Doação de Medula Óssea. Data comemorativa instituída por lei, recebe nesta segunda-feira (14/12), dia de sua abertura, o apoio do Clube do Povo do Rio Grande do Sul, que ilumina o Beira-Rio nas cores vermelho e verde. … Leia Mais


Grêmio empata sem gols com o Goiás, fora de casa, no Brasileirão. Tricolor ficou no empate com o time goiano, em partida disputada no estádio Serrinha, pela 25ª rodada do Brasileirão

O Grêmio enfrentou o Goiás na noite deste sábado, no estádio da Serrinha, em Goiânia. Com um time um pouco modificado, o Tricolor empatou sem gols com os donos da casa, apesar de ter mantido maior posse de bola durante os 90 minutos.   Com o resultado, os gremistas somam um ponto na competição, ocupam a sexta posição na … Leia Mais




No último lance, Grêmio empata com o Santos e decide a classificação na Vila Belmiro. Tricolor empatou em 1 a 1 com o time paulista


A noite desta quarta-feira foi de Conmebol Libertadores na Arena em um jogo tenso, nervoso e muito disputado. O Grêmio enfrentou o Santos, no jogo de ida das quartas de final da competição e empatou em 1 a 1 com o time visitante.  

Os 90 minutos não foram fáceis e o Tricolor não conseguiu impor o seu ritmo na partida. Já o Peixe conseguiu uma certa superioridade e foi quem abriu o marcador aos 35’ da etapa inicial. No último lance, depois de muitas polêmicas que aconteceram durante o jogo, os gremistas conseguiram chegar ao gol com Diego Souza, que assinalou de pênalti. 

Com o resultado, o Grêmio deixa para decidir tudo na Vila Belmiro, na próxima quarta-feira, 16, às 19h15. 

Primeiro Tempo 

A etapa inicial começou equilibrada, com lances muito disputados. Quem chegou primeiro ao ataque foram os gremistas, logo aos 3 minutos, em uma boa jogada em profundidade, com Pepê sendo acionado na meia esquerda. O atacante cortou a marcação e cruzou na pequena área, mas a defesa paulista conseguiu cortar e mandar pela linha de fundo, cedendo escanteio.  Na cobrança, Pinares colocou no primeiro poste para Kannemann chegar e completar de cabeça, mandando por sobre a meta. 

O Santos respondeu aos 16’, quando Jobson recebeu um passe na intermediária e saiu em velocidade. Ainda de fora da área, finalizou em direção a meta gremista, mas Vanderlei defendeu com tranquilidade. 

A partida se mostrou muito disputada no meio-campo. O Tricolor tentou valorizar a posse de bola e trocar passes, buscando construir oportunidades no ataque. Uma delas saiu aos 18’, quando Pinares acionou Luiz Fernando na entrada da área. O atacante fez um cruzamento para trás, mas a defesa do peixe afastou. 

Com 22’ jogados, Pepê e Ferraz fizeram uma jogada rápida pelo meio, na entrada da área, mas a zaga cortou. Logo em seguida, foi a vez de Diego Souza buscar um cruzamento da direita, para mais uma interceptação da defesa, que mandou pela linha de fundo. 

Já aos 27’, o Grêmio chegou novamente com um cruzamento de Pinares buscando Luiz Fernando na área. O goleiro defendeu, mas o atacante gremista acabou ainda trombando com o arqueiro paulista, cometendo falta de ataque. Nos minutos seguintes, os gremistas se lançavam bem em contra-ataque, quando Luiz Fernando fazia bom lance individual, mas acabou parado com falta de Luan Peres, que cortou a jogada. 

Os visitantes tiveram uma chance aos 31’, com um chute de longa distância do Felipe Jonatan. A bola explodiu em Geromel e saiu por sobre a meta.  

Na primeira oportunidade real no ataque, aos 35’, o Santos conseguiu abrir o marcador. Após um cruzamento da direita, Vanderlei saiu de soco e afastou. Na sobra, Felipe Jonathan cabeceou e Kaio Jorge desviou a gol.  

O jogo passou a ficar nervoso, com cartões amarelos e até vermelhos corrigidos pelo VAR. Com 43 minutos, Luiz Fernando conseguiu o desarme no campo de defesa e lançou Pepê na esquerda, mas a bola saiu muito forte e ficou com o goleiro John Victor. 

Nos acréscimos, o Santos se lançou em contra-ataque e Jobson foi acionado mais a esquerda. O meia chutou, mas escorregou e mandou pela linha de fundo. Em seguida, o Tricolor teve um escanteio a seu favor. Pinares colocou no primeiro poste, mas a zaga cortou. 

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com uma alteração: saiu Kannemann, entrou David Braz. 

A primeira chance foi santista, logo aos 2’, quando após uma cobrança de falta, Marinho recebeu na meia esquerda e chutou, mas mandou longe, por sobre a meta. Em seguida, Lucas Braga chutou forte, mas Vanderlei afastou de soco. 

O Santos seguiu pressionando nos minutos iniciais. Outra oportunidade saiu dos pés de Felipe Jonatan, que após cruzamento, tentou finalização de voleio, mandando à esquerda da meta gremista. 

O Grêmio tentou com um cruzamento da esquerda para a área. A defesa afastou e a bola sobrou para Matheus Henrique, que chutou de primeira, mas pegou mal na bola e ela saiu a linha de fundo, com 6 minutos jogados. 

Com 14 minutos, o Tricolor trabalhou bem, até que a bola chegou a Diego Souza. O centroavante recebeu, girou bem e finalizou, mas a zaga cortou a escanteio. Na cobrança, Pinares colocou na cabeça de David Braz, que desviou a esquerda da meta. 

O Grêmio teve uma boa chance em cobrança de falta da intermediária, aos 20’. David Braz mandou direto, obrigando uma grande defesa de John, que espalmou pela linha de fundo, cedendo escanteio. Na cobrança feita na marca penal, Diego Souza subiu para desviar de cabeça, para outra boa defesa do arqueiro adversário. 

O Peixe chegou novamente com perigo nos minutos seguintes. Kaio Jorge se aproveitou de erro da defesa tricolor e finalizou a gol, buscando o canto direito da meta defendida por Vanderlei, mas por sorte, a bola saiu pela linha de fundo. 

Os gremistas tentaram arriscar também de longa distância, com 29’. Darlan, da meia direita, chutou buscando o ângulo da meta santista, mas o goleiro defendeu em dois toques. 

Aos 37’, uma das melhores chances do tricolor saiu de uma jogada de Diego Souza e Pepê. O centroavante acionou o atacante entre a zaga, mas Felipe Jonathan acabou desequilibrando Pepê, que caiu na área – nada assinalado. 

Passados 40 minutos, o Grêmio teve uma falta da intermediária pela meia esquerda. Diego cobrou, houve desvio na barreira e a bola saiu a linha de fundo. Na cobrança do escanteio no primeiro poste, a zaga fez o corte. 

Nos acréscimos, após uma jogada de contra-ataque em velocidade, Jean Mota mandou de cabeça para fora. Diego Pituca, após cometer mais uma falta, acabou expulso da partida. 

O Grêmio pressionou os minutos finais e nos acréscimos, em um cruzamento de Ferreira, a bola bateu no braço de Vinicius Baliero, dentro da área. 

Diego Souza foi para a cobrança e converteu, mandando direto no ângulo da meta paulista, estufando as redes e deixando tudo igual, aos 56 minutos. 

Com o resultado, o Tricolor busca a decisão na Vila Belmiro, na próxima quarta-feira, 16. 

Fonte Portal Grêmio Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA


Inter empata no Mineirão. O movimentado confronto teve o 2 a 2 como placar final, gols de Yuri Alberto e Peglow para o Inter.


O Clube do Povo enfrentou o Atlético-MG, no final da tarde deste domingo (06/12), em partida da 24ª rodada do Brasileirão. Iniciado às 18h15, o movimentado confronto teve o 2 a 2 como placar final, gols de Yuri Alberto e Peglow para o Inter. Com o resultado, o Colorado chega aos 38 pontos no Nacional.

O elenco colorado volta a campo às 21h30 desta quarta-feira (09/12), quando disputa contra o Boca, na Bombonera, o duelo de volta das oitavas da Libertadores. Pelo Brasileirão, o Clube do Povo recebe, às 18h15 do próximo sábado (12/12), o Botafogo, no Beira-Rio.

.


Melhores momentos – primeiro tempo

1min – Guilherme Arana costura da esquerda para o centro e finaliza de fora da área. Bola sai ao lado da meta de Lomba.

6min – UH! Yuri progride pelo campo de ataque, engatilha e manda a bomba. Tiro de meta para o Atlético-MG!

8min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! YURI, YURI, YURI ALBERTO É O ARTILHEIRO! Marcos Guilherme tabela pela direita com Leandro Fernández, recebe aberto na direita e cruza na altura da marca do pênalti. Muito bem posicionado, Yuri vem da esquerda para a direita e dá um testaço forte, para o chão, indefensável para Everson. Inter na frente!

https://www.facebook.com/scinternacional/posts/3690376921001532

10min – Réver recebe dentro da grande área e cruza rasteiro. A bola desvia em Musto e morre nas redes do Clube do Povo. Tudo igual.

23min – Musto recebe o amarelo por falta em Allan.

27min – Marcos Guilherme amarelado por segurar Guilherme Arana. Na origem do lance, Yuri Alberto fora derrubado dentro da área por Igor Rabello, mas arbitragem – e vídeo – ignoraram lance.

33min – UH! Marcos Guilherme, de novo, dispara pela direita e cruza buscando Yuri. Agora, Everson deixa o gol e encaixa.

34min – Lomba! Sasha recebe de Keno e, da meia-lua da área colorada, serve Guga. O lateral finaliza rasteiro para defesa segura do goleiro colorado.

35min – Hyoran punido com cartão amarelo por puxão em Patrick.

37min – Yuri advertido com amarelo por falta em Sasha.

38min – Impedido, Vargas marca para o Atlético-MG. Bandeira assinala irregularidade sem necessidade de consulta ao vídeo.

40min – Hyoran aciona Vargas, que invade a área colorada e finaliza cruzado. Ela sai tirando tinta na meta vermelha.

42min – Yuri Aberto deixa Rabello pra trás, dispara para as cercanias da área rival e, praticamente na meia-luz, é derrubado pelo zagueiro rival. Falta e amarelo indicados.

43min – TINHA ENDEREÇO! Leandro cobra com força, mas ela explode em Réver, homem mais alto da barreira alvinegra. Escanteio para o Inter!

45min – UH! Leandro cobra o escanteio fechado. Everson, de manchete, afasta parcialmente. No rebote, Fernández levanta aberta, com a canhota, e o goleiro afasta uma vez mais.

45min – Vamos a 48. Mais três!

46min – POR CIMA! Uendel cobra falta da intermediária. Aberta, ela vai até Cuesta, que escora para o outro lado da pequena área. Por ali, Yuri chega testando. Com força, porém, ela vai por cima.

47min – Vargas fica com a sobra de bate-rebate, ajeita ela para o pé direito e manda de primeira. Por cima, com perigo.

48min – Encerrada a primeira etapa.


Segundo tempo

0min – Inter volta com mudança. Na vaga de Musto, entrou Lindoso. Com a mudança, o Colorado passa a atuar com um losango de meio-campistas. Rodrigo faz o vértice baixo, enquanto o alto é de Marcos Guilherme. Pela direita fica Dourado. Na esquerda, Patrick.

8min – Allan aciona Guga, que invade a área pela direita e cruza rasteiro. Nas costas de Hyoran, a bola fica com Lindoso, que afasta duas vezes para dar fim ao perigo.

11min – Atlético chega pela esquerda com Keno. O camisa 11 cruza aberto, na cabeça de Hyoran, que devolve na outra quina da área pequena, na cabeça de Sasha. O atacante cabeceia com excesso de perfeccionismo, e ela sai tirando tinta.

13min – Amarelo para Lucas Ribeiro.

14min – Muda o Inter. Vem Praxedes, sai Dourado.

15min – Keno cruza na segunda trave, na medida para Hyoran, que testa para o gol. É o segundo do Atlético-MG.

17min – Thiago Galhardo por Leandro Fernández. Terceira mudança no Inter.

23min – UUUUUUUUUUUUUUUH! Praxedes faz fila pela direita e enfia em profundidade para Galhardo. O camisa 17 cruza rasteiro, mas Yuri, de carrinho, não consegue completar.

24min – PRA FOOOOORA! Rodrigo Lindoso recebe pela intermediária e solta a bomba. Com desvio em Rnéver, ela sai, levando enorme perigo, em escanteio para o Inter.

24min – No Atlético, vem Franco. Quem sai é Sasha.

29min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Praxedes, como está jogando! Cria colorada serve Galhardo com lindo passe de primeira. Camisa 17 enche o pé, mas Everson salva em linda defesa.

29min – Yuri Alberto e Marcos Guilherme deixam o campo. Entram Peglow e Mauricio.

30min – Rodrigo Lindoso amarelado.

31min – No time da casa, Hyoran dá lugar a Zaracho. Vargas também sai, e vem Marrony.

38min – Sampaoli coloca Nathan na vaga de Keno.

42min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO! É DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES! PEGLOW, PEGLOW, PEGLOW! BEM-VINDO À LISTA DOS MEUS ARTILHEIROS, GURI! Inter pressiona a saída de jogo atleticana e colhe frutos! Réver quebra na cabeça de Maurício e a bola sobra limpa para Peglow, que ataca as costas da marcação e finaliza cruzado, sem chances para Everson.

45min – Vamos a 49. Mais quatro.

48min – Peglow amarelado por reclamação. Barreira do Galo não respeitou a distância dos passos, jovem colorado reclamou, e árbitro decidiu punir o atleta do Clube do Povo. É mais fácil ir no jovem…

49min – Fim de papo. Empate no Mineirão!


Ficha técnica:

Atlético-MG (2): Everson; Igor Rabello, Réver e Gabriel; Guga, Allan, Hyoran (Zaracho) e Guilherme Arana; Eduardo Vargas (Marrony), Eduardo Sasha (Franco) e Keno (Nathan). Técnico: Jorge Sampaoli.

Internacional (2): Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Uendel; Musto (Rodrigo Lindoso), Rodrigo Dourado (Praxedes), Marcos Guilherme (Mauricio) Patrick e Leandro Fernández (Thiago Galhardo); Yuri Alberto (Peglow). Técnico: Leomir de Souza.

Gols: Yuri Alberto, aos 8 minutos do primeiro tempo, e Peglow, aos 42 minutos do segundo tempo (I). Musto, contra, aos 10 minutos do primeiro tempo, e Hyoran, aos 15 minutos do segundo tempo (A).

Cartões amarelos: Musto, Rodrigo Lindoso, Yuri Alberto, Lucas Ribeiro e Marcos Guilherme (I). Hyoran e Igor Rabello (A).

Cartões vermelhos:

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Correa e Thiago Henrique Neto Farinha. VAR: Rodrigo Nunes de Sá.

Estádio: Mineirão-MG.

Fonte Portal Internacional Fotos Crédito: Ricardo Duarte


Grêmio goleia Vasco da Gama e sobe na tabela do Brasileirão. Diego Souza fez dois de cabeça, César Pinares anotou golaço e Lucas Silva fechou mais uma vitória tricolor


Com dois gols de Diego Souza, um de César Pinares e outro de Lucas Silva, o Grêmio goleou o Vasco da Gama na tarde deste domingo, na Arena. A vitória foi construída com domínio total nos 90 minutos e poucos riscos para o goleiro Paulo Victor. Com o resultado o Tricolor alcança os 40 pontos, sobe quatro posições na tabela e já é quarto colocado – com um jogo a menos. A patir desta segunda o time vira as atenções para as quartas de final da Conmebol Libertadores. Na próxima quarta-feira a equipe enfrenta o Santos, na Arena, no primeiro jogo da fase. Abaixo a crônica do jogo.

Primeiro Tempo

A partida começou com maior volume do Vasco da Gama, que chegou com força ao ataque nos primeiros dois minutos de jogo. A primeira grande oportunidade, contudo, foi do Grêmio. Logo aos quatro, Pinares fez passe para Ferreira que, do lado direito, cruzou para Pepê. O atacante concluiu de dentro da grande área, à direita da meta de Fernando Miguel. Aos onze minutos, os papeis se inverteram. Depois de cobrança de escanteio pela esquerda, Pepê recebeu na quina da área e cruzou no segundo poste. Ferreira entrou sozinho e cabeceou para fora, rente à trave vascaína. Na resposta, o time carioca exigiu grande defesa de Paulo Victor, em chute do lateral Léo Matos.

Antes dos 20 minutos, Pinares teve chance de marcar seu primeiro gol. Pepê puxou contra-ataque pela esquerda e serviu o chileno, que bateu forte de fora da área. Fernando Miguel acompanhou a saída para tiro de meta. Com 22 foi a vez de Maicon chutar de fora de longe e, no minuto seguinte, o Grêmio marcar com Ferreira. O gol, porém, foi anulado por conta de um toque no braço de Victor Ferraz. Aos 30 minutos o Vasco chegou com Benítez, que invadiu a área pela esquerda e foi bloqueado por Geromel.

O gol tricolor chegou na reta final do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Pepê cobrou escanteio curto pela esquerda e deu a bola para Matheus Henrique. O camisa 7 cruzou no segundo poste para Diego Souza, que subiu entre dois zagueiros e mandou a bola para o fundo das redes. 1 a 0 Grêmio!

Segundo Tempo

O segundo tempo começou com o Grêmio em cima. Aos dois minutos, Pepê criou jogada pela esquerda, deixou a marcação para trás e serviu Ferreira, dentro da pequena área. O atacante concluiu e a defesa cruzmaltina afastou em cima da linha. Aos nove, Diego Souza não desperdiçou. Ferreira conduziu pela direita e serviu Victor Ferraz. O lateral cruzou na medida para o artilheiro gremista, que cabeceou à direita de Fernando Miguel. Grêmio 2 a 0! E menos de dois minutos depois, Pinares deixou o seu. O meio-campista recebeu de Pepê, na linha da meia lua e meteu a chapa de canhota para fazer o 3 a 0. 

Conforme os times processavam alterações, o jogo perdeu um pouco de intensidade. Mesmo assim o controle foi do Grêmio, que quase marcou o quarto com Matheus Henrique, aos 22. Com 27, Martín Benítez chutou para defesa de Paulo Victor, no centro do gol. Por detalhe, Pepê não ampliou o placar. De cavadinha, da entrada da área, o atacante tentou encobrir Fernando Miguel. A bola caprichosamente bateu no travessão, impedindo o 4 a 0. Aos 46 minutos, depois de chutar uma bola na trave, Lucas Silva deu números finais à vitória. O volante sofreu e converteu pênalti, batendo de perna direita no canto direito do goleiro vascaíno. A vitória sobre o Vasco amplia a invencibilidade do Grêmio. Agora o time de Renato Portaluppi soma 16 partidas sem derrota.

Fonte Portal Grêmio Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA


Grêmio vence o Guarani-PAR e está nas quartas de final da Conmebol Libertadores. Com gol de Ferreira e Rodriguez, o Tricolor venceu o time paraguaio por 2 a 0. Nas quartas, encara o Santos,


Noite de decisão e classificação na Conmebol Libertadores! O Grêmio entrou determinado em conquistar a classificação à próxima fase da competição. Com a vantagem conquistada no jogo de ida, de 2 a 0, o Tricolor alcançou mais um resultado positivo, carimbando a vaga nas quartas de final, ao vencer o Guarani-PAR, novamente pelo placar de 2 a 0. 

Os gremistas foram superiores nos 90 minutos. Logo nos primeiros instantes da etapa inicial, o Grêmio marcou com Ferreira, que recebeu um cruzamento de Cortez e mandou para o fundo das redes, com 7 minutos de bola rolando. Nos acréscimos do segundo tempo, aos 52′, o Tricolor ampliou com Rodrigues. Maicon deu um passe para Diego Souza, que acionou o zagueiro. Livre, o camisa 13 só empurrou para o fundo do gol, fechando o marcador na Arena.

Com o resultado, o Grêmio está nas quartas de final da Libertadores. Encara o Santos nesta fase, com data ainda a ser confirmada. 

Primeiro Tempo 

O Grêmio iniciou bem a etapa inicial, conseguindo atacar com efetividade. Logo aos 7 minutos, em grande jogada, Pepê deu um passe de letra para Jean Pyerre que acionou Bruno Cortez. O lateral fez um cruzamento para Ferreira na pequena área, que chegou e empurrou para o fundo das redes, abrindo o marcador na Arena. 

A resposta adversária veio aos 8’, com Ángel Benítez, que de longa distância arriscou, mandando sobre a meta gremista, sem perigo. Mas o Tricolor logo contra-atacou. Desta vez, pela esquerda, Pepê saiu em velocidade, invadiu a área e rolou para trás, buscando Churín, mas a defesa paraguaia conseguiu se antecipar e cortar. 

Depois de uma boa trama tricolor, Bruno Cortez foi acionado na esquerda e tentou o cruzamento para Churín. O argentino tentou alcançar, mas a bola foi muito forte, com 13 minutos jogados. Dois minutos depois, pela direita, Ferreira recebeu passe de Orejuela e chutou em curva, mas a bola foi para fora. 

Aos 18’, o Grêmio teve uma oportunidade em cobrança de falta, da intermediária, pelo meio. Lucas Silva chutou, mas a bola explodiu na barreira e saiu pela linha de fundo. No escanteio, Jean Pyerre colocou no primeiro poste e Romaña afastou. No segundo escanteio, Servio saiu do gol para afastar de soco. 

A melhor chance do Guarani saiu aos 27’, com um cruzamento de Tripichio, que mandou na cabeça de Javier Báez. O zagueiro desviou por sobre o gol. Passados 31 minutos, em cobrança de falta da intermediária, a bola foi colocada na área, Báez tentou alcançar, mas ela saiu a linha de fundo. 

Na reta final, Pepê fez uma boa jogada individual e cruzou na área buscando Ferreira, que dividiu com a zaga e ao final, a bola se perdeu pela linha de fundo. Já nos acréscimos, Cecilio cobrou escanteio e Florentín subiu para desviar de cabeça, obrigando Vanderlei a grande defesa. 

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou sem mudanças para a etapa complementar. Logo no primeiro minuto, o Tricolor já se mostrou ofensivo, com uma jogada de Ferreira colocando na área, mas Dominguez cortou para os paraguaios e afastou o perigo. Já os adversários também ameaçara e chegaram com um lançamento de Villalva para Bobadilla, que dominou, mas foi flagrado em impedimento. 

O segundo gol gremista quase saiu dos pés de Lucas Silva, que recebeu pela meia direita e chutou forte, mas Servio fez grande defesa, aos 7’. 

O Guarani buscou atacar e levar perigo a meta tricolor. Em uma das oportunidades, Rodrigo Fernández mandou um chute forte de longe, obrigando Vanderlei a voar para fazer a defesa e impedir o gol de empate, aos 10’. 

E aos 18’, quase o segundo gol gremista. Após um bate-rebate na entrada da área adversária, a bola sobrou para Isaque, que chutou no canto direito da meta defendida por Servio. Mas após análise do VAR, a jogada foi anulada por impedimento do atacante. 

Aos 27’, Ferreira desceu pela direita, foi a linha de fundo e cruzou, mas a defensiva bloqueou e conseguiu impedir a chance gremista. Minutos depois, pela esquerda, Pepê foi a linha de fundo e cruzou. Churín chegou para completar, mandou por cima. 

Passados 37’, Pinares fez um cruzamento na boca do gol, mas Servio saiu para fazer a defesa. Logo na sequência, o meia Pinares arriscou de longe, mas isolou. 

Na reta final, Miguel Benítez foi expulso da partida depois de uma falta agressiva sobre Diego Souza. 

Nos acréscimos, aos 52′, o Grêmio conseguiu chegar ao segundo gol com Rodrigues. O zagueiro começou a jogada no campo de defesa, lançando o contra-ataque. Maicon deu um passe para Diego Souza, que acionou Rodrigues. O zagueiro só empurrou para o fundo das redes.

Grêmio 2, Guarani 0.

Com o resultado, o Tricolor está nas quartas de final da Libertadores. Encara o Santos nesta fase, com data ainda a ser confirmada. 

Fonte Portal grêmio Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA


Com gols de Jean Pyerre e Maicon, Grêmio vence o Goiás por 2 a 1. Com o resultado, o Tricolor chega a 37 pontos, ocupando a 7ª posição na tabela de classificação.


O Grêmio enfrentou o Goiás, na Arena, no final da tarde desta segunda-feira, em partida atrasada, ainda válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de Jean Pyerre e Maicon, o Tricolor venceu a equipe esmeraldina pelo placar de 2 a 1. 

Os gremistas foram superiores na partida, pressionando e levando perigo por vezes à meta adversária. Aos 15 minutos da etapa inicial, o Grêmio foi efetivo e abriu o marcador com Jean Pyerre. O segundo gol do tricolor saiu dos pés de Maicon, aos 19’ do segundo tempo. 

Com o resultado, o Tricolor chega a 37 pontos, ocupando a 7ª posição na tabela de classificação. 
 

Primeiro Tempo 

A partida iniciou equilibrada, com as equipes buscando espaço e trocando passes. Aos 3 minutos, o Tricolor chegou ao ataque após uma boa trama. Victor Ferraz foi acionado mais à direita e finalizou de fora da área, mas mandou por sobre a meta. Três minutos depois, em uma jogada rápida, Luiz Fernando foi a linha de fundo e cruzou na cabeça de Diego Souza, que desviou para o gol, mas Tadeu defendeu. 

Já aos 8’, outra chance. Novamente Luiz Fernando fez um cruzamento na pequena área, para mais uma vez o goleiro goiano impedir o gol tricolor. 

Com 14 minutos jogados, o Grêmio teve uma falta na direita, na ponta da grande área. Jean Pyerre colocou na área, mas David Duarte fez o corte. Logo em seguida, Ferreira dominou pelo meio e abriu para Luiz Fernando, que cortou a marcação e finalizou. Tadeu defendeu. 

Aos 18 minutos, o Tricolor foi efetivo e saiu à frente no marcador. Depois de um erro na saída de jogo do arqueiro adversário, Jean Pyerre não perdoou e depois de dominar, finalizou, estufando as redes goianas. 

Os gremistas seguiram pressionando no campo de ataque, trocando rápidos passes. Em uma das novas oportunidades, Luiz Fernando dominou na direita e fez um novo cruzamento na área. Jean subiu para desviar de cabeça, mas a bola foi muito forte e acabou raspando no camisa 10, antes de sair pela linha de fundo – a arbitragem, logo em seguida, assinalou o impedimento. 

A resposta do Goiás veio aos 25’, com uma finalização pela meia esquerda, mas Vanderlei saiu bem e fez a defesa. Cinco minutos depois, Fernandão levou perigo a meta gremista, obrigando mais uma boa defesa do camisa 27. 

Aos 36’, o Grêmio teve um escanteio a seu favor. Depois da cobrança curta, Jean Pyerre colocou na marca penal, mas a zaga goiana afastou. Em seguida, Ferreira foi acionado na esquerda, desceu em diagonal para o meio e finalizou, mas a bola foi pra fora. 

Uma grande oportunidade do Tricolor saiu de uma jogada de Jean Pyerre, que deu um baita passe para Ferreira. O atacante dominou e escolheu chutar, mas mandou em cima do goleiro. Na sequência, Diego Souza na pequena área chapelou o marcador e chutou, mas a zaga bloqueou. Na sobra, Ferreira chutou por cima da meta, com 42 minutos. 

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar. 

Aos 4 minutos, o Tricolor chegou com perigo com um lançamento de Maicon para Luiz Fernando. O atacante desviou para o gol, mas a bola foi para fora, com perigo. 

O Goiás respondeu bem, em uma cobrança de escanteio, em que a bola foi colocada na área para David Duarte mandar de cabeça. A bola explodiu na trave.  

Os gremistas tentaram novamente em cobrança de escanteio por duas vezes aos 11’, mas em ambas, a zaga conseguiu cortar o lance. 

Com 15 minutos jogados, a melhor chance do Grêmio saiu dos pés de Luiz Fernando, que tentou colocar a bola no canto esquerdo da meta esmeraldina e acertou a trave. 

Aos 19’, depois de uma boa trama tricolor, Luiz Fernando recebeu na esquerda e cruzou na área para Maicon chegar e completar para o fundo das redes, assinalando o segundo gol gremista. 

O Goiás conseguiu descontar com João Marcos em uma desatenção da zaga tricolor. O atacante conseguiu se antecipar a defesa, receber um lançamento e chutar no canto esquerdo da meta defendida por Vanderlei. 

Passados 33 minutos, o Tricolor chegou com perigo com um lance de Éverton e Churín, que quase marcou, mas Tadeu conseguiu afastar. No minuto seguinte, foi a vez de Diogo Barbosa finalizar de primeira, mas o goleiro adversário defendeu. 

Outra chance saiu aos 36’, em cobrança de falta da intermediária de ataque. Jean Pyerre cobrou, mas carimbou a barreira. 

Na reta final, o Grêmio chegou novamente primeiro com um lançamento de Jean Pyerre para Pepê, em que o atacante dominava, conseguiu cortar a marcação, mas foi barrado por Heron. A bola acabou sobrando para Churín, que mandou por sobre a meta. Em seguida, foi a vez de Éverton chutar a gol, para mais uma boa defesa de Tadeu. 

Fonte Portal Grêmio Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA