Inter bate o Paraná nos minutos finais e entra na briga pela liderança. Camilo (D) vibra com o golaço de falta marcado no finalzinho do jogo: Inter venceu por 1 a 0


Em jogo emocionante, decidido nos últimos instantes, o Internacional bateu o Paraná na manhã deste domingo (19/08), em confronto válido pela 19ª rodada, a última do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O time colorado acreditou até o fim e acabou arrancando os três pontos já no apagar das luzes, em uma pintura de Camilo. Com a vitória por 1 a 0, o Inter chegou aos 38 pontos, empatando com o São Paulo na liderança da competição.

Embalado por três vitórias consecutivas, o Colorado conseguiu criar boas oporunidades durante a partida, apesar da estratégia defensiva adotada pelo time paranaense, que fez sua primeira partida sob o comando do técnico Claudinei Oliveira. No primeiro tempo, as melhores chances aconteceram com Patrick, em bonito voleio que o goleiro Richard espalmou, e com Jonatan Alvez, aproveitando boa jogada coletiva do colorado. O Colorado seguiu pressionando no segundo tempo e foi premiado nos acréscimos, em bela cobrança de falta de Camilo.

1º tempo:

3min – Primeira chegada do Inter! Nico López tenta a jogada individual na linha de fundo de fica com o escanteio. Após a cobrança, a defesa do Paraná consegue o bloqueio e a bola sobra para Fabiano, que arrisca de fora da área, por cima da meta de Richard.

10min – Pottker faz fila em frente à área do Paraná e entrega para Fabiano, que cruza no capricho e a zaga corta no último instante antes de Jonatan Alvez cabecear.

12min – Voleio de Patrick! Após escanteio cobrado pela esquerda, Emerson Santos desvia de cabeça e o meio-campista consegue bela finalização no ar, mas Richard espalma.

14min – Perigo aéreo! Em nova cobrança de escanteio, Jonatan Alvez desvia de cabeça e o goleiro salva o time paranaense mais uma vez.

22min – Tirando tinta! Bela jogada do Inter: Rodrigo Dourado faz lançamento certeiro para Fabiano, que cruza na medida para o chute de primeira de Jonatan Alvez. A bola passa rente à trave!

27min – Nico López bate escanteio pela direita e Vilela corta a bola com o braço, mas o árbitro Leandro Bizzio Marinho manda seguir.

29min – Em cobrança de falta ao lado da área, Nico bate forte, direto para o gol, e a bola explode na defesa.

38min – Após cruzamento pela direita, Patrick tenta de voleio mais uma vez, mas a bola passa por cima.

2º tempo:

3min – O Paraná dá um susto no começo do segundo tempo: Caio Henrique Arrisca de fora da área e a bola passa raspando a trave de Marcelo Lomba.

9 min – O Inter responde! Nico López recebe na entrada da área e solta a bomba, em cima do goleiro. No rebote, Pottker é derrubado, mas o juiz manda seguir.

15min – Rossi, em seu primeiro lanca na partida, é lançado na ponta esquerda e consegue o cruzamento para Nico, mas o goleiro se antecipa e fica com ela.

19min – Novamente Rossi é acionado, desta vez, pela direita. Ele cruza para Pottker, que cabeceia por cima do gol.

25min – Camilo fica com a sobra do cruzamento, mas é travado na hora do chute.

50min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLL DO INTEEEEEEEEER! Quando tudo parecia se encaminhar para um empate sem gols no Beira-Rio, brilha a estrela de Camilo. O meia bate falta da intermediária e acerta o ângulo esquerdo, sem chances para Richard. Explode o Gigante de alegria!

FICHA TÉCNICA:
Internacional (1): Marcelo Lomba; Fabiano (Rossi), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson e Patrick; Nico López, William Pottker (Lucca) e Jonatan Alvez (Camilo). Técnico: Odair Hellmann
Paraná (0): Richard; Junior, Renê Santos, Rayan e Igor; Vilela, Jhonny Lucas (Wesley Dias) e Caio Henrique; Silvinho, Carlos e Grampola. (Rodolfo) Técnico: Claudinei Oliveira
Gol: Camilo (I), aos 50 minutos do segundo tempo. 
Local: Estádio Beira-Rio
Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli. (trio de SP)
Cartões amarelos: Jonatan Alvez, Fabiano, Nico López (I); Igor, Rayan, Vilela, Richard, Carlos (P)


Com grande atuação, Inter vence Fluminense por 3 a 0. Inter conquistou mais uma vitória longe do Beira-Rio e se manteve no topo da tabela


Iago (D) comemora com Jonatan Alvez: Inter conquistou mais uma vitória longe do Beira-Rio e se manteve no topo da tabela

Com uma apresentação de luxo, principalmente no primeiro tempo, quando marcou três gols, o Internacional venceu o Fluminense por 3 a 0 na noite desta segunda-feira, no Maracanã, pela 18ª rodada do Brasileirão. Nico López abriu o placar, Jonatan Alvez fez 2 a 0 e Nico López, que acabou sendo substituído por D’Alessandro no intervalo por conta de uma indisposição estomacal, marcou o terceiro nos 45 minutos iniciais. A vitória fora de casa mantém o Colorado na terceira posição, agora com 35 pontos, a três de distância do líder São Paulo.

No domingo (19/8), às 11h, o Inter recebe o Paraná, no Beira-Rio, pela última rodada do primeiro turno. Venda de ingressos aos sócios começa nesta terça-feira: saiba mais!

Primeiro tempo

0min – Jogo começa truncado, com forte marcação de ambos os lados. Ninguém cede espaço no gramado do Maracanã.

18min – Marcelo Lomba faz defesa espetacular! Na primeira investida do Fluminense no jogo, Marcos Junior conclui no interior da área e Lomba espalma, evitando o gol.

22min –  GOOOOLLLL DO INTER!!!! A resposta colorada é letal: Rodrigo Dourado avança pelo meio e, quando chega à meia-lua, serve na medida para Nico López disparar o chute cruzado que entra no cantinho esquerdo de Júlio César.

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x1 – ⏰ 23’/1T: Rodrigo Dourado faz a antecipação e serve Nico López, que enche o pé para abrir o placar! Colorado na frente!! ???

28min – Perigo! Pedro pega chute de primeira e a bola passa perto da trave esquerda do Inter.

32min – William Pottker solta a bomba de fora da área e Júlio César espalma!

[FLUxINT] 0x1 – ? 32’/1T: Chega o Inter de novo! Pottker chuta forte e Júlio César defende. #VamoInter#FeitosDePaixão ???????????? pic.twitter.com/oRQGg9KnoY

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x1 – ⏰ 32’/1T: Chega o Inter de novo! Pottker chuta forte e Júlio César defende. ???

38min – GOOOLLL DO INTER!!!! Em veloz contra-ataque, Iago ganha de Gilberto na linha de fundo e cruza rasteiro para Jonatan Alvez marcar o seu segundo gol com a camisa do Clube do Povo e o segundo do Inter na noite!

S. C. Internacional

@SCInternacional

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO DO INTER!!! JONATAN ALVEZ! ??? pic.twitter.com/k49G1SP34G

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x2 – ⏰ 39’/1T: Grande jogada de Iago pela esquerda, o lateral cruza e Jonatan Alvez empurra para as redes! ??? pic.twitter.com/3M1ChYLdln

43min – Inter mantém a pressão! William Pottker faz grande jogada individual, passa por Gum e dispara o chute cruzado. Júlio César faz defesa providencial e evitar o que seria o terceiro gol colorado.

45min – GOOOOOLLLLLL DO INTER!!!! Nico López pega a sobra no interior da área e amplia. 3 a 0!!!!!!! Foi o 27º gol do atacante uruguaio pelo Inter!

[FLUxINT] 0x3 – ? 45’/1T: Após jogada pela direita, a bola sobra para Nico López, que não perdoa e chuta forte! É o terceiro do Colorado!! #VamoInter #FeitosDePaixão ???????????? pic.twitter.com/uYXxqem3nb

S. C. Internacional

@SCInternacional

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLL DO INTER!!! NICO LÓPEZ! DE NOVO!!! ??? pic.twitter.com/WoLnVVGTrU

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x3 – ⏰ 45’/1T: Após jogada pela direita, a bola sobra para Nico López, que não perdoa e chuta forte! É o terceiro do Colorado!! ??? pic.twitter.com/uYXxqem3nb

Intervalo: Nico López sente uma indisposição estomacal e é substituído por D’Alessandro.

Segundo tempo

3min – Jonatan Alvez faz bom lançamento para Iago: o lateral-esquerdo invade a área e, quando ía finalizar, é desarmado pela zaga carioca.

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x3 – ⏰ 4’/2T: Iago é lançado e fica em boa condição de marcar o quarto, mas é desarmado no último instante. ???

17min – Quase o quarto gol!! William Pottker invade a área, fica cara a cara com Júlio César e chuuta para mais uma defesa salvadora do goleiro!

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x3 – ⏰ 17’/2T: QUASE O QUARTO!! Pottker ganha da zaga na velocidade, invade a área e chuta, mas Júlio César cede o escanteio. ???

19min – Na trave!!! Sornoza solta uma paulada da meia-lua e a bola explode na trave esquerda.

20min – Substituição: Rossi entra na vaga de Jonatan Alvez.

22min – Rossi chuta, sem ângulo, e Júlio César espalma a bola para o lado.

24min – Marcelo Lomba!!!! Goleiro colorado faz mais uma importante defesa ao espalmar o chute de Pedro que buscava o cantinho direito.

24min – William Pottker recebe lançamento longo, mas Júlio César abandona a meta para afastar o perigo com um chutão.

32min – Substituição: Dudu entra na vaga de Fabiano.

40min – William Pottker tenta o gol por cobertura e bola raspa o travessão.

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x3 – ⏰ 40’/2T: Moledo avança com a bola dominada e entrega para Pottker, que tenta por cobertura, mas passa por cima! ???

44min – D’Alessandro bate da meia-lua e quase coloca a bola no canto direito. Ela raspa a trave antes de sair pela linha de fundo.

S. C. Internacional

@SCInternacional

[FLUxINT] 0x3 – ⏰ 44’/2T: UUUUUHHH! Baita tabela colorada, Patrick ajeita e D’Ale bate com categoria, raspando o trave. Segue 3 a 0! ???

44min – Lombaaaaa impecável!!! Goleiro espalma a bola após o chute de Sornoza e ela ainda bate no travessão!

Ficha técnica:

Fluminense (0): Júlio César; Gilberto, Digão, Gum e Ayrton Lucas; Airton (Luciano), Sornoza e Jadson; Júnior Dutra (Everaldo); Marcos Junior (Matheus Alessandro) e Pedro. Técnico: Marcelo Oliveira.

Internacional (3): Marcelo Lomba; Fabiano (Dudu), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson e Patrick; William Pottker, Nico López (D’Alessandro) e Jonatan Alvez (Rossi). Técnico: Odair Hellmann.

Gols: Nico López (I), aos 22min do primeiro tempo, Jonatan Alvez (I), aos 38min do segundo tempo, Nico López (I), aos 45min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Víctor Cuesta, Jonatan Alvezm, Edenilson (I); Júnior Dutra, Matheus Alessandro, Sornoza (F).

Arbitragem: Savio Pereira Sampaio, auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira (trio do DF).

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro.


Inter contrata atacante Paolo Guerrero. Autor de mais de 200 gols na carreira, Guerrero é o capitão e maior artilheiro da história da seleção peruana


O Sport Club Internacional concluiu as negociações para anunciar a contratação do atacante Paolo Guerrero. O atleta assina contrato até agosto de 2021. O desembarque em Porto Alegre será na quarta-feira (15/8), 9h55. A apresentação oficial ocorrerá no mesmo dia, 12h30, na sala de imprensa do estádio Beira-Rio. 

Autor de mais de 200 gols na carreira, Guerrero é o capitão e maior artilheiro da história da seleção peruana. Na campanha recente, liderou o seu país para conseguir uma classificação histórica para a Copa do Mundo após 36 anos. No Mundial da Rússia em 2018, o Peru estava no grupo da campeã, França, e Guerrero foi o autor de um gol. Ainda pela seleção, foi artilheiro de duas edições da Copa América (2011 e 2015). Em 2015, Guerrero foi indicado pela Fifa entre os 59 melhores jogadores do mundo. 

Formado pelo Alianza Lima, o atacante se transferiu aos 18 anos para o futebol europeu. Guerrero ficou 10 anos na Alemanha, vestiu as camisas do Bayern de Munique e do Hamburgo, foi bicampeão alemão e bicampeão da Copa da Alemanha. Em 2012, se transferiu para o futebol brasileiro. 

No Corinthians, Guerrero foi o autor do gol na semifinal e autor do gol na final na campanha em que o clube paulista se sagrou campeão do Mundial de Clubes da Fifa em 2012. Ele ainda fez parte da seleção do Campeonato Brasileiro em 2014 e no ano seguinte chegou ao topo do ranking dos artilheiros estrangeiros na história do Corinthians. 

Se transferiu para o Flamengo em 2015 e durante sua trajetória chegou ao posto de 6º maior artilheiro estrangeiro do Clube. Guerrero liderou o Flamengo na conquista do Campeonato Carioca 2017, sendo artilheiro e craque do Campeonato. No final do mesmo ano, foi premiado pelo Jornal uruguaio El País como 2º melhor jogador da América e integrou a seleção dos 11 melhores jogadores do continente. 

Ficha técnica: 

Nome: José Paolo Guerrero Gonzales

Nascimento: 01/01/1984

Natural: Lima (Peru)

Altura: 1,85m 

Carreira:

2001 | Alianza Lima (PER)

2002 | Bayern de Munique (ALE)

2006 | Hamburgo (ALE)

2012 | Corinthians

2015 | Flamengo

2018 | Internacional 

Conquistas:

2004 | Campeonato Alemão

2005 | Campeonato Alemão

2005 | Copa da Alemanha

2006 | Copa da Alemanha

2007 | Copa Intertoto UEFA

2007 | Dubai Challenge Cup

2008 | Dubai Challenge Cup

2011 | Artilheiro da Copa América

2011 | Seleção da Copa América

2012 | Mundial de Clubes

2012 | 2º Melhor Jogador da América do Sul

2013 | Campeonato Paulista

2013 | Recopa Sul-Americana

2014 | Integrante da Seleção do Campeonato Brasileiro

2014 | Troféu Bola de Prata do Campeonato Brasileiro

2015 | Maior artilheiro estrangeiro do Corinthians

2015 | Artilheiro da Copa América

2015 | Campeonato Brasileiro

2017 | Campeonato Carioca

2017 | Craque do Campeonato Carioca

2017 | Goleador do Campeonato Carioca

2017 | 2º Melhor Jogador da América do Sul

2017 | Integrante da Seleção da América do Sul


TV: Rayssa Melo posa em praia de Fortaleza e revela segredo da boa forma


A modelo, que estuda Nutrição, é contra dietas da moda.

Rayssa Melo exibiu suas curvas em um ensaio sensual em uma praia de Fortaleza, Ceara. Com um maiô cavado, a morena esbanjou medidas voluptuosas.

Aliás, manter o corpo em dia não é nada fácil para beldade.

“Treino pesado e faço dieta bem restrita. Quase zero de carboidratos, 

Mas não deixo de comer o que gosto no final de semana”, contou a atriz em pegadinhas do programa de João Kléber, que é contra modismos e dietas que adoeçam o psicológico do indivíduo na hora de emagrecer:

” Não é saudável estas dietas da moda. Está sempre surgindo uma diferente. Também sou contra esta pressão da sociedade para que o corpo esteja sempre perfeito. Tanto que quando a moda era seios grandes, eu diminuí o meu peito que era natural. Usava sutiã tamanho 52, com a cirurgia passei para  44.Temos que ser o que queremos é não o que os padrões sociais mandam, mudo em mim o que quero conforme minhas condições biopsicossociais.”

A estudante de Nutrição também alerta sobre influenciadoras digitais que ditam padrões de beleza para seus seguidores.

 “Muitas musas fitness exibem o shape impecável nas redes sociais e alguns seguidores adotam ele como meta. Mas esquecem que, na maior parte das vezes, ele é conseguido através de editores de imagens. E essas moças acabam rendendo-se a seus próprios padrões sociais, que elas acabam alimentando para si e para o próximo, esquecendo que temos uma influência cultural e social na alimentação. Isto não é uma questão isolada”, argumenta.



Créditos RODRIGO KARRAN VHASSESSORIA Vanessa  Haddad
Assessoria de Imprensa


Decisão da fase das oitavas de final da Libertadores da América será na Arena. Tricolor acabou derrotado pelo placar de 2 a 1


Esta terça-feira foi de Libertadores para o Tricolor, que em Buenos Aires, no Centenário de Quilmes enfrentou o Estudiantes, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores da América. O resultado não foi o esperado e os gremistas acabaram superados pelo placar de 2 a 1.

O Grêmio até iniciou melhor os primeiros minutos, controlando as ações da partida, tanto que aos 7’, criou uma chance clara de gol com André,  que chutou colocado, buscando o ângulo esquerdo da meta argentina, mas por detalhe, a bola não entrou. O Estudiantes reagiu e respondeu a altura no minuto seguinte. Após dividida na entrada da área, Apaolaza arriscou e acertou o canto esquerdo da meta de Marcelo Grohe, assinalando o primeiro gol do jogo. Aos 37’, o time da casa marcou o segundo, com Campi. Em cobrança de escanteio, Rodríguez colocou na área para o zagueiro subir e mandar de cabeça para o gol.

A resposta gremista veio então aos 43’, também em cobrança de escanteio. A bola foi alçada por Luan no primeiro poste, André desviou de cabeça, obrigando Andújar a fazer a defesa. No rebote, Kannemann subiu e mandou para o fundo das redes.

O segundo tempo foi mais equilibrado. O técnico Renato fez suas alterações, tirando André, Pepê e Luan, para colocar Jael, Marinho e Douglas. O Tricolor pressionou na reta final da partida, mas não conseguiu alcançar o empate.

Agora, se prepara para o segundo confronto, que irá acontecer no dia 28 de agosto, na Arena. O resultado de 1 a 0 dá a classificação ao Grêmio.

Primeiro Tempo

A primeira chegada ao ataque foi gremista, onde Ramiro foi acionado com um lançamento em profundidade, mas a bola saiu forte demais e se perdeu pela linha de fundo. Logo no lance seguinte, após uma boa troca de passes na intermediária, Maicon serviu Cícero no meio, que arriscou de longe, mas mandou pra fora.

Aos 4’, Cícero fez um lançamento preciso para Pepê, que alcançou já dentro da área e rolou para Ramiro. O meia recebeu e voltou a rodar a bola com os companheiros. Em seguida, se infiltrou na área, e quando era acionado por Luan, foi flagrado em impedimento.

Já aos 7’, o Grêmio criou bem e por pouco não marcou. Maicon fez um bom lançamento para o André, que depois de um desvio no marcador, dominou e chutou, buscando o ângulo direito do arqueiro argentino, mas a bola foi para fora.

O Estudiantes respondeu a altura e conseguiu ser efetivo. No minuto seguinte, aos 8’, após dividida na entrada da área, Apaolaza arriscou e acertou o canto esquerdo da meta de Marcelo Grohe, assinalando o primeiro gol na partida.

Buscando ampliar o marcador, o time da casa chegou novamente aos 12’. Pellegrini passou pela marcação tricolor, chegando a área, mas Ramiro conseguiu o desarme.

O Grêmio teve uma oportunidade em cobrança de escanteio. Luan colocou na marca penal e Cícero desviou de cabeça, mas no meio do gol, facilitando a defesa de Andújar.

Os argentinos tiveram nova chance em cobrança de falta da meia esquerda. A bola foi alçada na área, mas ao receber, Lucas Rodríguez cometeu falta sobre Ramiro. Em seguida, Apaolaza recebeu de Zuqui, mas o jogador foi desarmado por Kannemann, que foi bem no lance.

Aos 32 minutos, Zuqui cometeu uma falta forte sobre Maicon. Os dois se estranharam e ambos foram amarelados. Em seguida, o Estudiantes ameaçou com uma chegada perigosa ao ataque, obrigando Grohe a sair do gol para afastar a bola. Marcelo Oliveira completou, cortando a escanteio.

Aos 37’, Lugüercio cruzou da direita, a bola bateu na zaga e saiu pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Rodríguez colocou na área para Campi subir e mandar de cabeça para o gol, marcando o segundo do time da casa.

A resposta gremista veio aos 43’. Em cobrança de escanteio, a bola foi alçada por Luan no primeiro poste. André desviou de cabeça, obrigando Andújar a fazer a defesa, mas no rebote, Kannemann subiu e mandou para o fundo das redes, descontando para o Tricolor.

Nos acréscimos, o Grêmio chegou de novo. Desta vez, Léo Moura passou para Ramiro, que desviou da defesa e chutou colocado. Andújar defendeu.

Jogo finalizou aos 48’.

Segundo Tempo

Aos 4 minutos de jogo, com uma jogada individual de André, o Grêmio chegou ao ataque. O centroavante passou pela marcação na meia direita e chutou cruzado; a bola passou tirando tinta da trave direita do arqueiro argentino.

Quatro minutos depois, os donos da casa chegaram com Zuqui, que ameaçou, foi a linha de fundo, mas acabou desarmado por Kannemann, que jogou a bola para escanteio. Na cobrança, depois da bola alçada, Schunke cometeu falta de ataque sobre o zagueiro gremista.

Aos 11’, o Estudiantes chegou com um cruzamento de Pellegrini, que mandou na área, mas a bola percorreu toda a extensão e saiu.

Substituição: Saiu André, entrou Jael, aos 18’.

O Grêmio ameaçou aos 21’, criando a oportunidade do empate. Depois de um bate-rebate dentro da área, Cícero pegou a sobra de uma dividida de Pepê com marcador e chutou, mas a bola saiu fraca.

Os adversários pressionaram e com Gómez, arriscaram de longa distância. Grohe fez a defesa em dois tempos.

Substituição: Saiu Pepê, entrou Marinho, aos 25’.

O Tricolor criou bem pela direita, quando Marinho fez um lançamento na medida para Jael, que de dentro da área, mandou de cabeça, mas nas mãos de Andújar.

Respondendo aos ataques gremistas, Schunke cobrou uma falta do campo de defesa e mandou em direção a meta de Marcelo, que fez a defesa. Em seguida, Pellegrini fez um cruzamento da esquerda, para mais uma defesa do arqueiro gremista.

Aos 31’, o Estudiantes teve um jogador expulso, Zuqui, pela segunda falta grave na partida.

Substituição: Saiu Luan, entrou Douglas, aos 34’.

Novamente pela direita, Marinho trabalhou, indo a linha de fundo e fazendo o cruzamento na área buscando Jael, mas a marcação cortou a escanteio.

O Grêmio teve uma falta pela esquerda a seu favor. Na cobrança, Douglas ergueu na área, mas a arbitragem assinalou falta de ataque de Kannemann, aos 39’.

Jogo finalizou aos 49’.

Portal Gremio Foto:  Lucas Uebel | Grêmio FBPA