Receita paga hoje restituições do 3º lote do Imposto de Renda 2019

A Receita Federal paga nesta quinta-feira (15) as restituições do terceiro lote do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019. Segundo o Fisco, estão sendo liberados R$ 3,8 bilhões a 2.978.614 contribuintes. O lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018. Deste total, 7.532 contribuintes são idosos acima de 80 anos, … Leia Mais


IFFar divulga informações sobre impactos do contingenciamento orçamentário

A Reitora do IFFar, Carla Comerlato Jardim, divulgou informações sobre a situação orçamentária e os impactos no funcionamento da instituição. Confira o vídeo.  No vídeo, a Reitora explica as repercussões do bloqueio orçamentário de 30% no orçamento das instituições federais de ensino brasileiras. O bloqueio representa um corte de 40% nas despesas de custeio do Instituto … Leia Mais


Ministério da Mulher comemora o “Dia Internacional da Juventude”

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) comemora nesta segunda-feira (12) o Dia Internacional da Juventude. A data ocorre durante a Semana Nacional de Juventude, quando haverá uma série de eventos na sede do ministério, em Brasília, com pautas de interesse de jovens. Para marcar a abertura da Semana, a Secretaria … Leia Mais


Câmara aprova em segundo turno texto da proposta da nova previdência

Por 370 votos a favor, 124 contra e 1 abstenção, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em segundo turno, o texto-base da proposta de emenda à Constituição que reforma da Previdência. A sessão foi encerrada logo após o anúncio do placar. Com isso, os deputados vão começar a discutir os destaques em sessão marcada … Leia Mais


Primeira parcela do 13º dos aposentados será antecipada todos os anos


O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou nesta segunda-feira (05) Medida Provisória que garante a antecipação da primeira parcela do 13º para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social, INSS.

O objetivo é fixar em lei a possibilidade de antecipação do pagamento de 50% do abono em agosto. A medida vai beneficiar 30 milhões de pessoas e o governo prevê que sejam injetados  R$ 21,9 bilhões na economia no terceiro trimestre.

O secretário de Previdência Social e Trabalho do ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que o pagamento vai se somar ao benefício normal que já é recebido pelos aposentados e pensionistas e vai garantir que este direito, que já era desfrutado pelo servidor público federal, seja estendido para aqueles que trabalharam na iniciativa privada.

“Por decisão do nosso presidente Bolsonaro e por orientação do ministro Paulo Guedes, nós estamos transformando esta política, que sempre foi uma política de governo, numa política de Estado, ou seja, haverá previsibilidade pra que no futuro os aposentados e pensionistas possam se programar e terão a garantia legal de que receberão este adiantamento em todo mês de agosto”, disse o secretário.

Nova Previdência

Sobre o segundo turno de votação da Nova Previdência na Câmara dos Deputados, prevista para começar nesta terça-feira no plenário da casa, o secretário Rogério Marinho antecipou que espera a aprovação do texto na íntegra e defendeu que a proposta foi incorporada pela sociedade.

“O clima é o melhor possível até porque a pauta foi incorporada pela sociedade brasileira”. Rogério Marinho explicou que após passar pela Câmara, a proposta será analisada pelo Senado e, que qualquer acréscimo ao texto original, como a inclusão de estados e municípios, deve estar em outra proposta de emenda constitucional para não atrasar a tramitação no Congresso Nacional.

Fonte Portal Brasil  Imagem ilustrativa reprodução redes sociais Audio por Rosamelia. Rede Nacional de Rádio


Carteira do Idoso dá acesso a vários benefícios para pessoas acima de 60 anos


A gratuidade ou desconto nas passagens de ônibus em viagens interestaduais são direitos garantidos pelo Estatuto do Idoso.

Como forma de garantir acesso esses benefícios, o Ministério da Cidadania oferece a Carteira do Idoso.

O documento é destinado a pessoas com 60 anos ou mais, com renda individual de até dois salários mínimos mensais. A carteira permite que o idoso ocupe uma das duas vagas gratuitas do veículo, ou tenha desconto de 50% no valor da passagem caso os dois assentos estejam ocupados.

O direito aos assentos ou ao desconto é lei e está garantida no Estatuto do Idoso.

Para ter acesso à Carteira do Idoso, basta procurar o Centro de Referência de Assistência Social do município portando a carteira de identidade e o Número de Identificação Social.

Fonte Rosamelia Portal Rede nacional de Rádip  Imagem pesquisa reprodução redes sociais ilustrativa


Spots: Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM)


A Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM) de 2019 tem o tema “Capacite os pais e permita a amamentação, agora e no futuro!”. Ela acontece de 1º a 7 de agosto e é celebrada por mais de 120 países, que se unem para relembrar a importância da lactação. 

No Brasil, a divulgação e coordenação das ações da SMAM são feitas pelo Ministério da Saúde desde 1999, agregando parcerias a cada ano com outras entidades, como secretarias municipais e a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (rBLH).

O apoio do companheiro é fundamental na amamentação

Fonte Rede Nacional de Rádio


Agosto é o mês de incentivo ao aleitamento materno


Profissionais de saúde orientam sobre amamentação na Semana Mundial de Aleitamento Materno, no Palácio do Catete.

Mais de 170 países celebram, de 1º a 7 de agosto, a Semana Mundial do Aleitamento Materno. No Brasil, o mês será de eventos para promover a amamentação natural e melhorar a saúde de bebês, dentro das ações do Agosto Dourado. A cor foi escolhida em referência ao “padrão ouro” de qualidade do leite materno.

slogan deste ano é Empoderar mães e pais, favorecer a Amamentação: hoje e para o futuro!, com o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre a importância de todos contribuírem para garantir às mães a prática do aleitamento materno. A campanha é encampada no país pelo Ministério da Saúde e pela Sociedade Brasileira de pediatria e organizada pelo Centro de Referência Nacional de Bancos de Leite Humano (BLH) e Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz).

A gerente do BLH do IFF/Fiocruz, Danielle Aparecida da Silva, destaca a importância da rede de apoio para que a mãe possa amamentar de forma otimizada.

“Muitas vezes a gente pensa que amamentar é coisa da mulher, da mãe. E não é. Ela precisa ser apoiada para amamentar e não desanimar no processo, que não é tão fácil assim. Não é só fisiológico, tem outras questões. Ela precisa de apoio do marido, da mãe, da sogra, da sociedade como um todo”.

Segundo ela, a rede de apoio de familiares, amigos e colegas pode ajudar a reduzir fatores como o estresse e até mesmo a confiança da mãe, que influenciam os hormônios e a produção e descida do leite.

“Os homens se perguntam o que podem fazer. Se ele faz um carinho, faz um ambiente confortável, ajeita uma almofada nas costas, traz um copo de água. Ele participando desse momento, vai se sentir tão empoderado e vai ter esse momento de carinho com a família como um todo, criar esse vínculo ainda maior com o bebê. A avó pode oferecer uma alimentação mais saudável, colocar para arrotar, trocar a fralda. São essas pequenas coisas que dão tranquilidade para a mulher elevar a produção de leite”.

O instituto ressalta que o aleitamento materno fornece todos os nutrientes que a criança precisa para o desenvolvimento saudável. A gerente lembra que a amamentação traz vantagens emocionais, sociais, ambientais, econômicas e de saúde para toda a sociedade e precisa também do apoio das empresas para oferecer ambientes adequados para as mães que retornam da licença maternidade fazerem o armazenamento do leite.

“Assim como eu posso pegar uma maçã e comer na rua, a mãe está apenas alimentando seu filho. O que é muito melhor, porque ela não vai precisar de pote nenhum, não vai gerar lixo nem sujar as ruas da cidade. Se a gente pensa que uma criança amamentada estabelece um vínculo familiar maior, com aspectos psicológicos e emocionais, teremos uma sociedade melhor no futuro. E se amamentar protege a saúde na primeira infância e na vida adulta, o gasto na saúde pública vai ser menor, com adultos mais saudáveis”.

Atividades

Dentro das atividades programadas para o Agosto Dourado, na segunda-feira (5), o IFF, que fica na Avenida Rui Barbosa, no Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro, recebe pela manhã a palestra Empoderar para favorecer a Amamentação e à tarde uma roda de conversa sobre o mesmo tema, com famílias da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal do IFF/Fiocruz.

A palestra e roda de conversa também ocorrerá na quarta-feira (7) na Secretaria de Estado de Saúde (SES), na quinta-feira (8) com funcionárias da Petrobras, no dia 19 com mães doadoras no IFF e no dia 31 na loja Abracadabra, no Shopping Rio Sul.

De 10h as 17h será montada uma sala de aleitamento materno no Shopping Via Parque, na Barra da Tijuca, na zona oeste. O local vai contar com várias atividades da Semana Mundial do Aleitamento Materno e vai funcionar de segunda-feira (5) até sexta-feira (9).

Assista na TV Brasil: Ministério da Saúde lança campanha de incentivo à amamentação

Fonte Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil Foto Fernando Frazão/Agência Brasil


MEC prorroga prazo para renegociação de dívida com Fies.


Para renegociar dívida, basta procurar o banco onde o contrato foi assinado.

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou, para o dia 10 de outubro, o prazo para renegociação de dívida do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A portaria que prevê a ampliação a renegociação foi publicada hoje (30) no Diário Oficial da União.

Para pedir a renegociação, os estudantes precisam ter firmado o contrato com o Fies até o segundo semestre de 2017; estar com as parcelas atrasadas em, no mínimo, 90 dias; e ter contratos em fase de amortização.

Para renegociar dívida, basta procurar o banco onde o contrato foi assinado.

Repórter: Erika Blayney Rde nacional de Rádio e  Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil Foto por Wilson Dias