Atlético-MG conquista o Brasileirão Assaí 2021. Com campanha avassaladora, Galo garante título com duas rodadas de antecedência; entrega da taça será no próximo domingo (5), após jogo no Mineirão

Foto: Pedro Souza/CBF O Atlético-MG é campeão do Brasileirão Assaí 2021! Nesta quinta-feira (2), o Galo garantiu o título com duas rodadas de antecedência. Com esta conquista, o Atlético agora é bicampeão brasileiro, com os campeonatos vencidos em 1971 e 2021. A entrega da taça será no próximo domingo (5), na partida diante do Red … Leia Mais


Grêmio vence o São Paulo e conquista três pontos importantes no Brasileirão. Com gols de Thiago Santos, Diogo Barbosa e Jhonata Robert, o Tricolor superou o time paulista por 3 a 0

Na luta para subir na tabela, o Grêmio entrou em campo na noite desta quinta-feira, na Arena, para enfrentar o São Paulo, em jogo válido pela 35ª rodada do Brasileirão. E o Tricolor conseguiu alcançar a vitória, ao superar o time paulista por 3 a 0, com gols de Thiago Santos, Diogo Barbosa e Jhonata Robert. Com o … Leia Mais


Motoristas recebem mensagens sobre pagamentos de multas de trânsito

Nesta semana, 40 mil motoristas de todo o país começaram a receber mensagens com orientações para o pagamento de multas de trânsito dentro do prazo e com descontos de até 40%. O Notifica GOV.BR , é um projeto piloto da plataforma GOV.BR do governo federal. Nesta primeira etapa, a iniciativa atenderá motoristas com infrações de … Leia Mais


Gabaritos do ENEM 2021 serão divulgados nesta quarta (1)

Íntegra da participação do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP, na coletiva de imprensa desta segunda-feira (29), sobre o segundo dia do exame, em Brasília/DF. Fonte: Rede nacional de Rádio



Inter empata em 1 a 1 com Santos no Beira Rio.Agora, o Colorado volta atenções para o Atlético-GO, adversário na segunda da semana que vem (06/12)


Em partida da 36ª e antepenúltima rodada do Brasileirão, o Clube do Povo empatou em 1 a 1 com o Santos, no Beira-Rio, na noite deste domingo (28/11). Luiz Felipe, contra, abriu o placar para o Inter nos acréscimos da etapa inicial, enquanto Marcos Leonardo, no primeiro minuto do segundo tempo, empatou para os visitantes. Agora, o Colorado volta atenções para o Atlético-GO, adversário na segunda-feira da semana que vem (06/12), no Beira-Rio.

Vantagem premia quem insistiu

Os primeiros 15 minutos do Internacional foram de amplo domínio sobre o Santos. Escalado com três zagueiros, o time visitante sofria para encaixar a marcação na dinâmica linha de frente do Clube do Povo, que contava com Taison, centralizado, Palacios, pela direita, Patrick, na esquerda, e Edenilson, como elemento surpresa. Yuri, à frente do quarteto, tratava de atacar todos os espaços possíveis, também perturbando a zaga alvinegra.

Embora intenso, o volume ofensivo construído pelo time de Aguirre nos movimentos de abertura da partida, que até resultou em boas chances, não se desdobrou em bola na rede visitante. Com o passar do tempo, a posse de bola foi gradualmente equiparada pelo Santos, então melhor postado na defesa, mas igualmente inofensivo na linha de frente – diferente do Inter, que ainda levava perigo quando chegava ao ataque.

A insistência colorada, seja diante dos espaços do início do jogo, seja contra uma zaga melhor postada, encontrou recompensa já nos acréscimos da etapa inicial. Inteligente como de costume, Taison recebeu na entrada da área santista, matou no peito e chutou de perna canhota. Com desvio, ela foi espalmada por João Paulo antes de sobrar limpa com Patrick, que tentou servir Yuri, mas teve sua assistência enviada para as redes pelo zagueiro Luiz Felipe.


Santos cresce

A vantagem colorada, construída nos acréscimos do primeiro tempo, durou pouco, já que Marcos Leonardo, no minuto de reabertura do confronto, empatou para os visitantes. O gol empolgou o Santos, que empilhou boas chances nos instantes seguintes. Diante do domínio rival, Aguirre tratou de redesenhar o Inter a partir das entradas de Mercado e Heitor, posicionando o time no esquema 3-5-2.

O novo esquema colorado equiparou a posse de bola e ofereceu boas chances ao Inter, que assustou duas vezes com Mauricio, primeiro em bonito chute de perna canhota, que beijou a trave, e depois em arremate de direita que João Paulo salvou. Aos 41, Moisés mandou pela linha de fundo a última oportunidade de gol do confronto. Com o empate de 1 a 1, o Colorado chega aos 48 pontos na tabela e segue na nona colocação.

Primeiro tempo

0min – UH! Palacios recebe de Taison, costura pelo centro e finaliza de canhota. João Paulo encaixa.

7min – PRA FOOOOOOOOOOORA! Palacios serve Yuri, que recebe em profundidade pela direita da área santista e chuta cruzado. Ela sai com enorme perigo!

9min – Marcos Leonardo recebe cruzamento de Madson e, de primeira, finaliza. Forte, ela sai em tiro de meta.

11min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Taison, por baixo, vira o jogo até Edenilson, que faz o corta-luz para Patrick. Pela esquerda da área, o Pantera solta o canhotaço e exige milagre de João Paulo.

17min – QUASE! Taison pressiona João Paulo, e o goleiro chuta em cima do 10 colorado. Por detalhe, ela prefere o caminho da linha de fundo ao gol.

20min – UUUUH! Palacios corta escanteio santista acionando Taison, que serve Yuri. Nas costas de Boza, o camisa 11 chega batendo rasteiro, e ela sai ao lado.

28min – UUUUUUUUUUUUH! Taison, que tapa! De trivela, camisa 10 serve Palacios, que domina ao mesmo tempo em que invade a área em altíssima velocidade. Longa, a bola sobra, a poucos passos da meta, para Moisés, que enche o pé e acerta a rede, mas de fora.

29min – Valeu! Ed arrisca da entrada da área. Com veneno, João Paulo defende em dois tempos.

42min – Edenilson cobra falta frontal com estilo, tirando o peso da bola, que sai ao lado do poste santista. Tiro de meta para os visitantes.

45min – Mais dois! Vamos a 47!

45min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É GOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTER, É DO CLUBE DO POVO, É DE QUEM MAIS INSISTIU! Taison recebe na entrada da área do Santos, domina no peito e finaliza rasteiro. A bola resvala na marcação e complica a vida de João Paulo, que espalma para o lado. O rebote é de Patrick, que tenta o cruzamento rasteiro para Yuri. Antes do camisa 11, Luiz Felipe, em desabalada carreira, corta contra o próprio patrimônio. Inter na frente!

47min – Intervalo no Gigante!


Segundo tempo

0min – Inter volta com mudança. No lugar de Johnny, entra Zé Gabriel.

0min – Muda, também, o Santos. Camacho por Felipe Jonatan.

1min – Após escanteio cobrado pela direita, Marcos Leonardo fica com a sobra de bola espirrada na segunda trave e finaliza para as redes. Tudo igual no Gigante.

9min – Nova substituição no Inter. Mauricio vem, Patrick vai.

10min – LOOOOOOOOOOOOOOMBA! Marcos Leonardo, de letra, deixa Madson na cara do gol. Adversário domina e finaliza com velocidade, mas é abafado por boa saída do goleiro colorado.

13min – DE NOVO ELE! LOOOOOOOOMBA! Marcos Leonardo é mais uma vez garçom, agora de Ângelo, que enche o é. Com o joelho, Marcelo salva o Inter.

17min – Duas mudanças no Inter. Heitor e Mercado por Palacios e Saravia.

18min – NA TRAAAAAAAAAAAAAAAVE! Mauricio dispara em velocidade pelo centro do ataque colorado e, já nas cercanias da meia-lua, finaliza de canhota. A bola beija o poste, atravessa a linha e sai em tiro de meta.

20min – Sandry vem, Zanocelo vai. Troca o Santos.

26min – MILAAAAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Mauricio faz boa tabela com Yuri Alberto, finta a marcação e chuta forte, já dentro da área, de perna direita. João Paulo voa para espalmar de mão trocada. Na sobra, Taison serve Ed, que chuta cruzado, também para defesa do goleiro.

34min – Santos muda mais duas vezes. Sánchez e Lacava substituem Pirani e Ângelo.

39min – Sandry acerta o cotovelo em Mauricio. Falta e amarelo indicados.

41min – UUUUUUUUUUUUUUUUUUH! Mauricio é lançado na direita da área rival e cruza aberto. Livre, Moisés aparece para desviar, mas coloca força demais e manda para fora.

43min – Raniel por Marcos Leonardo é a última troca de Carile.

45min – Mais cinco.

50min – Fim de jogo no Beira-Rio.

Ficha técnica:

Internacional (1): Marcelo Lomba; Saravia (Mercado), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Palacios (Heitor), Edenilson, Johnny (Zé Gabriel) e Patrick (Mauricio); Taison e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Santos (1): João Paulo; Kaiky, Luiz Felipe e Danilo Boza; Madson, Zanocelo (Sandry), Felipe Jonatan (Camacho) e Lucas Braga; Gabriel Pirani (Sánchez), Ângelo (Lacava) e Marcos Leonardo (Raniel). Técnico: Fábio Carille.

Gols: Luiz Felipe, contra, aos 45’/1ºT (I). Marcos Leonardos, a 1’/1ºT (S).

Cartão amarelo: Sandry (S).

Arbitragem: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Éder Alexandre e Thiaggo Americano Labes. Quarto árbitro: Lucas Guimarães Rechatiko Horn. VAR: Flavio Gomes Barroca.

Estádio: Beira-Rio.

Fonte SC Internacional Fotos: Crédito: Ricardo Duarte


Grêmio acaba superado pelo Bahia, na Arena Fonte Nova. O Tricolor não alcançou a vitória e foi derrotado por 3 a 1 na noite desta sexta-feira


O Grêmio enfrentou o Bahia no início da noite deste sexta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor acabou superado por 3 a 1, neste confronto direto. 

O jogo iniciou muito disputado, com os donos da casa pressionando nos instantes iniciais. Logo aos 2’, Matheus fez um cruzamento na área, mas Ferreira conseguiu desviar pela linha de fundo. Rodriguinho cobrou, Gilberto ganhou da marcação, mas antes de finalizar Kannemann afastou. 

Já aos 7 minutos, o Grêmio chegou ao campo de ataque com Alisson, conseguindo interceptar o lance adverversário, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Em seguida, Borja tentou invadir a área, mas Conti conseguiu desarmar o centroavante. 

Aos 11’, Ferreira cobrou um escanteio curto, Alisson recebeu de Ferreira, limpou a marcação e cruzou, mas a bola ficou na defesa. Mas aos 12′, o Bahia conseguiu abrir o placar com Matheus Bahia, que recebeu na esquerda e chutou cruzado, conseguindo ganhar de Chapecó e mandando para o fundo das redes. 

O Grêmio tentou responder aos 16’, com Ferreira saindo em velocidade para a área, mas acabou dividindo com a marcação adversária. 

Os baianos conseguiram ampliar o marcador aos 17’, depois de uma falha defensiva do Tricolor. Geromel acabou recuando mal para Chapecó e Raí levou a melhor, tirou do goleiro e mandou a gol. 

O técnico Vagner Mancini promoveu sua primeira mudança na equipe: Campaz no lugar de Victor Bobsin, aos 22’. 

Os donos da casa criaram novamente, novamente com Raí, que pegou a sobra e finalizou da meia direita, mandando por sobre o gol. Do outro lado, o Grêmio ameaçou em bola parada. Campaz cobrou um escanteio e Thiago Santos desviou, mas a bola foi para fora. 

Passados 30’, o Tricolor tentou com uma jogada de Thiago Santos, que acionou Borja. O centroavante fez uma parede e chutou, mas em cima da marcação. Cinco minutos depois, Vanderson fez uma cobrança de lateral, mas a bola acabou batendo no rosto de Raí e aí o lateral acabou amarelado. 

Aos 44 minutos, a melhor chance saiu dos pés de Alisson, que tabelou com Borja e chutou forte. Danilo Fernandes fez uma grande defesa, impedindo os gremistas de descontarem. Nos acréscimos, o Grêmio ainda teve uma falta a seu favor. Campaz cobrou, a bola passou por todos, mas saiu pela linha de fundo. 

O Tricolor voltou a campo com uma mudança para o segundo tempo: Rafinha no lugar de Vanderson. Com 2’ jogados, Douglas Costa fez um lançamento para Borja, que invadiu a área e rolou para Rafinha, mas a defesa corta. Logo em seguida, o camisa 10 cobrou um escanteio, colocando na pequena área, mas Danilo Fernandes defendeu. 

Aos 6 minutos, o Grêmio quase descontou, com uma jogada de Douglas, acionando Rafinha.  O lateral cruzou para a pequena área, para Borja, que chutou no meio do gol, mas o goleiro adversário fez a defesa. Quatro minutos depois, Campaz acionou Borja, que mandou de cabeça, mas sem direção e Danilo defendeu. 

O Bahia chegou com Rossi, logo em seguida. O atacante pegou a sobra e chutou por cima do gol de Gabriel Grando. Em nova jogada, Gilberto se livrou da marcação de Kannemann e finalizou do cruzado. 

Foi aos 15 minutos, que o Grêmio conseguiu descontar o marcador após cobrança de escanteio. A bola chegou a Rafinha, que chutou forte e a bola morreu no fundo das redes. 

Os donos da casa tentaram responder com 21’, quando Nino cobrou uma falta, a bola viajou até Conti, que finalizou, mas Chapecó defendeu. Raí conseguiu marcar o terceiro gol, mas a jogada foi anulada com um impedimento claro do jogador. 

Mais duas alterações foram feitas: Jean Pyerre e Diego Souza entraram nos lugares de Villasanti e Kannemann, aos 28’. 

O Bahia conseguiu marcar o terceiro com Daniel, aos 39’ – ele recebeu na esquerda, dominou e chutou, mandando para o fundo do gol. 

O Tricolor não desistiu de buscar encostar no placar, mas não conseguiu. Com o resultado, Grêmio não soma pontos na rodada. 

Fonte: Grêmio FBPA   Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA 


Conselho Técnico define datas e regulamento do Campeonato Gaúcho 2022. Confira os jogos da 1ª rodada – 26 de janeiro


Em Conselho Técnico realizado na tarde desta quinta-feira (25), a Federação Gaúcha de Futebol – FGF definiu, junto com representantes dos clubes participantes, as datas e o regulamento para a realização do Campeonato Gaúcho 2022. A competição terá início no dia 26 de janeiro com previsão de término em 3 de abril.
O regulamento se mantém em relação à última edição, com a inversão do mando de campo dos jogos na fase classificatória. Os 12 clubes jogam entre si em turno único. Os quatro melhores avançam para a semifinal em jogos de ida e volta, assim como na final – desta vez, sem o critério do gol qualificado. Após o término da fase classificatória, os dois últimos colocados serão rebaixados para a Série A2.
Há previsão de utilização da tecnologia do árbitro de vídeo – VAR – a partir das semifinais. A lista de inscritos será única, com no máximo 45 atletas e possibilidade de oito trocas até a 10ª rodada. Será obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação por parte dos jogadores e integrantes da comissão técnica.
Confira os jogos da 1ª rodada – 26 de janeiro
Ypiranga x São Luiz
União Frederiquense x Novo Hamburgo
Juventude x Internacional
São José x Guarany
Aimoré x Brasil-Pel
Grêmio x Caxias

A última rodada da fase classificatória está marcada para 20 de março. As semifinais, para 23 e 27 de março. As finais acontecem em 30 de março e em 3 de abril.

Fonte: Por Lucas Rizzatti FGF

Imagem reprodução FGF


Pix Saque e Pix Troco começam a valer segunda-feira (29)


Começam a valer no próximo dia 29 os novos produtos do Pix: o Pix Saque e o Pix Troco.

O Pix Saque vai permitir que os clientes realizem saque nos pontos credenciados, entre eles estabelecimentos comerciais e caixas eletrônicos. Para sacar o dinheiro em espécie, basta que o cliente faça um Pix para o ponto credenciado, usando o QR Code disponível no aplicativo.   

Com o Pix Troco, o cliente vai poder sacar o dinheiro em espécie junto com a compra no local credenciado.

Nesse caso, o valor do Pix é o valor total – valor da compra + o valor do  saque.

De acordo com o Banco Central, os comerciantes que oferecerem o Pix Saque e o Pix Troco vão receber um adicional de 25 centavos até 95 centavos por operação.

Para mais informações, acesse a página do Pix no portal do Banco Central.

 

Fonte Da rede Nacional de Rádio


Inter sofre gol cedo e é derrotado no Maracanã. Fred, aos três minutos de confronto, marcou o gol do time da casa no duelo


Em partida da 35ª rodada do Brasileirão, o Clube do Povo foi superado pelo Fluminense, no Maracanã, pelo placar de 1 a 0. Fred, aos três minutos de confronto, marcou o gol do time da casa no duelo, que será sucedido, no calendário colorado, por duelo com o Santos, no Beira-Rio, previsto para as 19h do próximo domingo (28/11).

Começo infeliz

Uma vez mais, o início de partida do Inter foi extremamente prejudicial para os interesses do time de Aguirre. Logo no terceiro minuto de confronto, Fred, de pênalti, abriu o placar para o Fluminense. Diferente do final de semana passada, porém, o tento não abalou a estrutura da equipe colorada, que tratou de concentrar a posse de bola para impedir qualquer empolgação dos cariocas, então empurrados por sua torcida. Em um primeiro momento concentrada até a intermediária tricolor, a troca de passes alvirrubra começou a oferecer perigo ao rival a partir do minuto 23.

A primeira grande chance do Clube do Povo veio na bola parada. Pela direita da grande área, Edenilson levantou para Cuesta, que exigiu milagre de Marcos Felipe. No instante seguinte, foi o próprio zagueiro argentino quem cruzou, mas teve sua tentativa de assistência cortada com o pé pelo goleiro adversário. Já no último lance de perigo da etapa inicial, Patrick cruzou fechado e quase encobriu o arqueiro, que espalmou nos pés de Mercado. Yago Felipe, providencial, travou o arremate do argentino e garantiu a manutenção da vantagem mandante até o intervalo.

Placar inalterado

O cenário de ataque contra defesa foi intensificado na etapa final, que presenciou cinco mudanças no time colorado. Exatamente dos pés do primeiro atleta sacado do banco, Matheus Cadorini, o Inter teve sua melhor chance no jogo. Aos 21, o centroavante recebeu de Taison e, dentro da área, finalizou rasteiro, ao lado do poste. Com dificuldades para voltar a entrar no retângulo rival, o Clube do Povo também apostou em arremates de fora da área, igualmente insuficientes de igualar o escore.


Primeiro tempo

1min – Arbitragem flagra mão de Bruno Méndez e indica penalidade para o time da casa.

3min – Fred converte para o Fluminense.

8min – UUUUUUUUUH! Cuesta antecipa corte parcial da zaga do Fluminense, recupera a posse e aciona Patrick. De canhota, da entrada da área, o Pantera finaliza com desvio e quase marca.

15min – Segura, Marcos Felipe! Palacios cobra falta pelo lado direito do ataque colorado. A bola buscava a segunda trave, mas é encaixada pelo goleiro, que sai da meta em bonito voo.

22min – Marlon recebe o amarelo por falta de Saravia.

23min – MILAAAAAAAAAAAAAAAGRE! Edenilson cobra falta pela direita da área carioca. Na segunda trave, Cuesta sobe soberano e cabeceia com estilo. No ângulo, Marcos Felipe voa para espalmar com a ponta dos dedos.

24min – CORTA! Com o pé, Marcos Felipe impede que cruzamento de Cuesta chegue vivo em sua pequena área.

31min – Luiz Henrique recebe na área colorada e, de perna canhota, chuta cruzado. Fred, na segunda trave, não consegue o desvio para as redes.

32min – Patrick, de canhota, finaliza rasteiro para defesa segura de Marcos Felipe.

43min – MEU DEUS DO CÉU! Dourado, de ganchou, serve Edenilson, que emenda de voleio, já dentro da área, na direção de Taison. Forte demais, ela passa em frente ao 10 do Inter.

44min – Caio Paulista faz jogada individual pela esquerda, com Caio Paulista, que finta Mercado e enche o pé. A bola sai tirando tinta do poste colorado.

45min – Mais três. Vamos a 48!

46min – Saravia cruza da direita, Edenilson desvia na primeira trave e, já pela esquerda da entrada da área, Taison mata no peito antes de emendar com a canhota. Assustou!

48min – QUAAAAAAAAAAAAAASE! Patrick avança pela esquerda e cruza com desvio. Ela ameaça encobrir Marcos Felipe, mas o goleiro se estica todo para salvar. Na sobra, Mercado finaliza travado por Yago.

48min – Intervalo no Maracanã.


Segundo tempo

9min – Cuesta recebe o amarelo por falta em Caio Paulista.

10min – Wellington amarelado por falta em Dourado.

11min – Cadorini e Mauricio vêm a campo no Inter. Patrick e Bruno Méndez são sacados.

12min – UUUUUUUUUUH! Palacios recebe com espaço na esquerda da área carioca e cruza para Edenilson, que desvia, mas com força.

18min – De fora da área, Mauricio arrisca o canhotaço. Tiro de meta para o Fluminense.

21min – PRA FOOOOOOOOOOOOOOORA! Edenilson desloca lindo lançamento para Taison, que consegue o domínio pela esquerda da entrada da área do Fluminense e serve Cadorini. O centroavante domina e chuta rasteiro, com qualidade, mas ao lado do poste.

22min – Duas trocas, agora, vêm no Fluminense. Arias e Bobadilla por Luiz Henrique e Fred.

25min – Yago Felipe impede contra-ataque colorado e é punido com cartão.

27min – Gustavo Maia é a novidade no Inter. Sai Palacios.

28min – Luccas Claro recebe assistência de Marlon e desvia de raspão. A bola pica em frente à goleira do Inter e sai ao lado da meta.

34min – SARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAVIA! Caio Paulista recebe de Wellington, invade a área colorada e rola para Arias. Antes dele, que estaria cara a cara com Lomba, Renzo consegue o desarme providencial.

36min – Amarelo para Dourado. Puxão em Caio Paulista.

37min – Lucca vem no Fluminense. Sai Caio.

37min – No Inter, duas trocas. Paulo Victor e Heitor nos lugares de Moisés e Dourado.

44min – Manoel por Calegari. Muda o Fluminense.

45min – Sedento por espaço na súmula, Manoel já comete falta em Gustavo Maia e recebe o amarelo.

45min – Mais sete! Vamos a 52!

50min – Paulo Victor expulso por falta em Yago. Heitor reclama, e recebe o amarelo.

51min – Mais dois de acréscimo.

52min – Mercado recebe o amarelo, também por reclamação.


Ficha técnica:

Fluminense (1): Marcos Felipe; Samuel Xavier, David Braz, Luccas Claro e Marlon; Wellington, Calegari (Manoel) e Yago Felipe; Luiz Henrique (Arias), Fred (Bobadilla) e Caio Paulista (Lucca). Técnico: Marcão.

Internacional (0): Marcelo Lomba; Mercado, Bruno Méndez (Mauricio), Victor Cuesta e Moisés (Paulo Victor); Rodrigo Dourado (Heitor), Edenilson, Saravia, Taison e Patrick (Cadorini); Palacios (Gustavo Maia). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Fred, aos 3’/1ºT (F).

Cartões amarelos: Marlon, Manoel, Yago Felipe e Wellington (F). Cuesta, Heitor, Mercado e Dourado (I).

Cartão vermelho: Paulo Victor (I).

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Felipe Costa de Oliveira. Quarto árbitro: Felipe da Silva Paludo. Emerson de Almeida Ferreira.

Estádio: Maracanã-RJ.

Fonte SC Internacional Fotos: Ricardo Duarte