Inter vence a sexta seguida e fica a ponto do topo do Brasileirão. Clube do Povo volta a campo na próxima quarta quando enfrenta líder São Paulo, no Morumbi.

Vence o Clube do Povo! Pela segunda vez na história dos pontos corridos, o Inter chega a seis vitórias consecutivas no Brasileirão. Diante do Fortaleza, em partida iniciada às 20h30, no Beira-Rio, os comandados de Abel Braga somaram mais três pontos após triunfo por 4 a 2, gols de Yuri Alberto, Rodrigo Dourado, Peglow e … Leia Mais



Inter vence o Goiás e fica a três pontos do líder. O triunfo, quinto consecutivo do Inter no campeonato, sexto na temporada, foi conquistado pelo placar mínimo, gol de Praxedes.

Vitória no Beira-Rio! O Clube do Povo derrotou o Goiás, no final da tarde deste domingo (10/01), em partida da 29ª rodada do Brasileirão. O triunfo, quinto consecutivo do Inter no campeonato, sexto na temporada, foi conquistado pelo placar mínimo, gol de Praxedes. Com o resultado, o Colorado chega aos 53 pontos e mantém a … Leia Mais


Na Arena Castelão, Grêmio empata sem gols com o Fortaleza. Tricolor ficou no zero a zero com a equipe da casa e soma um ponto nesta rodada, chegando a 49 na competição


A noite deste sábado foi de Campeonato Brasileiro para os gremistas. O Tricolor enfrentou o Fortaleza, fora de casa, na Arena Castelão, em partida válida pela 29ª rodada da competição. O resultado foi de um empate sem gols com os donos da casa. 

O primeiro tempo foi disputado, mas com superioridade tricolor, que chegou por mais vezes ao campo de ataque e criou as melhores oportunidades. Aos 45 minutos, em uma jogada de contra-ataque, o Grêmio chegou a marcar com Pepê, que foi acionado, recebeu o passe, venceu a marcação e mandou por sobre o arqueiro adversário, mas a arbitragem anulou o gol por impedimento do atacante. 

A etapa complementar seguiu no mesmo ritmo, porém um pouco mais equilibrada. Os gremistas até tiveram boas oportunidades, mas não conseguiram marcar. 

Com o resultado, o Tricolor chega a 49 pontos na competição. 

Primeiro Tempo 

Os minutos iniciais foram equilibrados na Arena Castelão. O Grêmio chegou com perigo pela primeira vez passados 5 minutos, em cobrança de escanteio. Na cobrança, a bola foi colocada na boca do gol, no primeiro poste, mas Felipe Alvos saiu de soco para afastar.  

Buscando o campo de ataque, o Tricolor trabalhou com uma boa troca de passes. Depois de uma tabela rápida entre Alisson e Pepê, a bola sobrou para Diego Churín, que quase a queima roupa, finalizou, mas parou na marcação de Wanderson, impedindo o que seria o gol gremista, com 9 minutos. 

Já aos 12’, o Fortaleza chegou bem com Romarinho, que de dentro da área chutou forte, Paulo Victor defendeu e no rebote, Gabriel isolou, mandando por sobre a meta. 

Com 16 minutos de partida, Pinares deu um passe em profundidade para Pepê receber entre a marcação, invadir a área e chutar forte, com muito perigo, mas a bola acabou acertando a rede pelo lado de fora. Em seguida, o atacante foi acionado por Lucas Silva, recebeu e cruzou, mas Felipe caiu para fazer a defesa. 

O Grêmio teve uma nova oportunidade aos 24’, em cobrança de falta de Lucas Silva. O camisa 16 chutou direto, mas o goleiro adversário fez a defesa e já lançou a equipe em contra-ataque. No lance, Oswaldo ficou cara a cara com Paulo Victor, que conseguiu sair do gol e fazer a defesa – a arbitragem já assinalava impedimento. Quatro minutos depois, Ferraz cruzou na medida para Diego Churín subir e desviar de cabeça, obrigando grande defesa de Felipe Alves. 

O Fortaleza teve uma falta muito boa próximo a meia-lua da grande área, passados 38’. Na cobrança, João Paulo chutou forte, mas a bola explodiu na barreira e saiu pela linha de fundo.  

Aos 45 minutos, o Grêmio foi efetivo. Em uma jogada de contra-ataque, Pepê foi acionado, recebeu, venceu a marcação e mandou por sobre o arqueiro adversário, de cavadinha, mas a arbitragem anulou o gol por impedimento do atacante. 

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação na etapa complementar. 

O primeiro lance de ataque foi do Fortaleza, com menos de dois minutos do segundo tempo. Wellington Paulista recebeu e chutou forte, com perigo, mas a bola foi desviada e saiu pela linha de fundo. 

Já aos 6’, Luca Silva arriscou de longa distância, mas a bola bateu na defesa e saiu. No escanteio, Pinares colocou dentro da área, mas a zaga fez o corte. Do outro lado, Romarinho cruzou na área, Wellington escorou para Oswaldo que finalizou, para outra boa defesa de Paulo Victor. 

Passados 12 minutos, o Tricolor teve uma outra chance em cobrança de falta, desta vez, próximo a meia-lua da grande área. Pinares cobrou, chutando colocado e tirando tinta da trave, mas a bola saiu por sobre a meta. Quatro minutos depois, em uma falta da extrema esquerda, Alisson colocou no segundo poste e Rodrigues chegou para completar de primeira, mas mandou pra fora, perdendo mais uma chance de abrir o placar. 

Com 21’, Pepê deu um passe para Thaciano, que invadiu a área e chutou cruzado. A bola desviou em Paulão e saiu. Em seguida, mais uma vez o meia finalizou, chutando forte e obrigando a defesa de Felipe Alves. Respondendo aos ataques gremistas, Ronald arrematou da esquerda, a bola desviou na zaga e saiu a escanteio.  

Passados 31 minutos, o Grêmio chegou com mais uma oportunidade em bola parada. Alisson colocou na área, Thaciano ajeitou para Rodrigues finalizar. A bola explodiu em Wanderson e saiu.  

Já aos 42’, foi a vez de Ferreira finalizar forte, para outra defesa do arqueiro do Fortaleza. Logo em seguida, Victor Ferraz invadiu a área e cruzou, mas Wanderson conseguiu salvar. Outra finalização de Ferreirinha foi aos 44’, quando o atacante chutou buscando o canto direito do gol, mas a bola sai pela linha de fundo. 

Final de jogo: Fortaleza 0x0 Grêmio. 

Fonte Portal grêmio Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA


Inter vence no Castelão e chega à vice-liderança do Brasil. Caio Vidal e Yuri Alberto marcaram os gols da vitória colorada no Castelão


O Clube do Povo superou o Ceará, na noite desta quinta-feira (07/01), por 2 a 0. Caio Vidal e Yuri Alberto marcaram os gols da vitória colorada no Castelão, resultado que alçou o Inter à segunda colocação do Brasileirão, com 50 pontos. Os comandados de Abel Braga voltam a campo no próximo domingo (10/01), às 18h15, quando recebem o Goiás, no Beira-Rio. Vamo, Colorado!

Etapa inicial complicada

Os primeiros cinco minutos de partida ofereceram uma propaganda enganosa do que seria a etapa inicial de confronto. Primeiro, quem levou grande perigo foi o time da casa, que só não abriu o marcador graças a Cuesta, preciso para cortar arremate sobre a linha fatal. Depois, Praxedes respondeu servindo Patrick. Já na área rival, o Panter só não finalizou pois Richard, atento, operou segura e providencial saída da meta.

Superado o intenso início de partida, o Inter somou breve período de maior posse de bola. A partir dos 15, porém, o Ceará cresceu no duelo e somou escapes perigosos. Com dificuldades para trocar passes, o Clube do Povo pouco retinha a esférica, e tinha suas raras tramas obstruídas por faltas do time local. Apesar das oportunidades criadas, o Alvinegro não conseguiu vazar a meta vermelha, e o intervalo chegou com igualdade sem gols indicada no escore.


Competência no segundo tempo

O Inter voltou com outra postura para a etapa final. Logo aos dois, Yuri Alberto colocou Richard para trabalhar, dando o tom da ânsia colorada pelos três pontos. Aos sete, o desejo passou a virar realidade: Edenilson disparou pelo centro e serviu Caio, que infiltrou nas costas da marcação e, cara a cara com o arqueiro, finalizou de canhota. Placar aberto!

A vantagem colorada encontrou, do lado cearense, resposta ofensiva. Abrindo mão de um primeiro volante de origem, Guto Ferreira ofereceu espaços que Abel Braga decidiu explorar deslocando Yuri para o corredor direito e posicionando seu xará uruguaio no comando de ataque. Aos 31, o comandante vermelho foi recompensado.

Após bola alçada por Rodrigo Moledo, Abel Hernández desviou e Yuri, fazendo o facão, disparou. Em velocidade, o camisa 11 antecipou a zaga, saiu cara a cara com Richard e, tranquilo como sempre, cavou. Inter 2 a 0, três pontos garantidos e quarta vitória consecutiva, no Brasileirão, encaminhada.


Melhores momentos – primeiro tempo

2min – Salva, Cuesta! Em cima da linha, Patrón colorado corta arremate de Vina que já superara Lomba. Providencial!

6min – RICHARD! Praxedes arranca em veloz contra-ataque para o Inter e serve Patrick em profundidade. Pantera ficaria cara a cara com o arqueiro, mas este deixa a meta e encaixa seguro. Responde o Clube do Povo!

9min – FALTA! Rodinei deixa Léo Chú para trás e chega às cercanias da grande área. Lateral sofre o carrinho, e árbitro assinala. Boa oportunidade.

14min – Lomba tenta driblar Cléber, perde a posse e a sobra é de Charles. O volante finaliza, e o goleiro colorado se redime com grande defesa.

17min – Nada? Moisés investe contra Samuel Xavier, invade a grande área, chega à linha de fundo e, após carrinho adversário, não consegue evitar a saída da bola em tiro de meta. Árbitro indica apenas tiro de meta.

19min – Amarelado. Samuel Xavier, visivelmente irritado após lindo lance de Patrick, acerta o Pantera. Falta e cartão.

29min – Caio Vidal segue bastante caçado dentro de campo. Agora, quem acertou foi Charles. Amarelado o volante.

30min – Dourado! Sobral recebe de Cléber e, nas cercanias da pequena área, finaliza forte. Volante colorado consegue o bloqueio!

39min – MOISÉÉÉÉÉÉS! Léo Chú invade a área colorada pela esquerda e cruza rasteiro. Antes de Sobral, que teria meta aberta para concluir, lateral do Clube do Povo corta pela linha de fundo.

45min – Vamos a 47. Mais dois de acréscimos.

46min – Lomba! Samuel Xavier recebe na quina da grande área colorada e, pela direita, solta chute forte. Arqueiro encaixa bem, seguro.

47min – Encerrada a primeira etapa.


Segundo tempo

1min – Richard! Praxedes arremata de fora da área, a bola desvia na marcação e, dentro da área, Yuri cabeceia na direção da meta. Goleiro rival defende.

3min – Lomba! Léo Chú cruza da esquerda. Na segunda trave, goleiro colorado corta. Perigo espantado!

7min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! GOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO CLUBE DO POVO! É DA ACADEMIA DO POVO, DO COLORADO ALEGRIA DOS NOSSOS CORAÇÕES, DO CELEIRO DE ASES! CAIO, CAIO, CAIO! Edenilson dispara pelo centro e serve linda bola em profundidade para Caio, que toma a frente e finaliza de canhota. Desviada, a bola supera Richard e mansa, insistente, morre nas redes alvinegras. Inter na frente!

10min – Muda o Ceará. Vem Lima, sai Charles.

14min – NÃO PARAM DE CAÇAR ELE! Bruno Pacheco solta o braço em Caio. Falta e amarelo!

16min – Yuri recebe o primeiro amarelo colorado na partida.

18min – Cuesta recebe o amarelo por falta em Lima.

20min – Pedro Naressi por Sobral. Muda o Ceará.

24min – Naressi é amarelado por falta em Edenilson.

25min – Dupla troca no Clube do Povo. Caio e Praxedes deixam o campo para as entradas de Abel Hernández e Lindoso.

26min – Uh! Moisés recebe de Edenilson, vai ao fundo e cruza. Abel deixa passar, favorecendo Yuri, que cabeceia. Bola sai levando perigo!

30min – Mais duas mudanças no Ceará. Entram Saulo e Wescley, saem Cléber e Fabinho.

31min – GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! É DO INTERNACIONAL! É DO CLUBE DO POVO DO RIO GRANDE DO SUL! É DO COLORADO! É DELE, É DELE, É DE YURI ALBERTO! Após bola lançada do campo de defesa, Abel Hernández escora, de casquinha, para Yuri. Pela direita, ele domina escapando da marcação, sai de frente com Richard e preciso, açucarado, cava por cima do arqueiro. Golaço!

42min – Após excelente bloqueio, Moledo choca-se com Marcelo Lomba. Combalido, arqueiro colorado deixa o campo para a entrada de Daniel.

43min – Amarelados Abel Hernández e Lima.

45min – Vamos a 53. Mais oito minutos!

46min – Wescley recebe o amarelo por falta em Abel.

47min – No Inter, entra Leandro. Sai Yuri!

50min – DANIEL! Lima costura da direita para a esquerda e finaliza colocado. Goleiro defende!

52min – Edenilson recebe o amarelo por falta na meia-lua da grande área colorada.


Ficha técnica:

Ceará (0): Richard; Samuel Xavier, Tiago Pagnussat, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Charles (Lima) e Fabinho (Wescley); Fernando Sobral (Pedro Naressi), Vina e Léo Chú; Cléber (Saulo). Técnico: Guto Ferreira.

Internacional (2): Marcelo Lomba (Daniel); Rodinei, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado e Edenilson; Caio Vidal (Abel Hernández), Praxedes (Rodrigo Lindoso) e Patrick; Yuri Alberto (Leandro Fernández). Técnico: Abel Braga.

Gols: Caio Vidal, aos sete, e Yuri Alberto, aos 31 minutos do segundo tempo (I).

Cartões amarelos: Samuel Xavier, Naressi, Bruno Pacheco e Charles, Wescley e Lima (C). Yuri Alberto, Abel Hernández e Victor Cuesta (I).

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, de Minas Gerais, auxiliado por Alessandro Alvaro de Matos, da Bahia, e Felipe Alan Costa de Oliveira, também de Minas. VAR: Adriano Milczvski, do Paraná.

Estádio: Castelão-CE.

 

Fonte: Portal Internacional Imagens Crédito: Ricardo Duarte

 


Covid-19: 354 milhões de doses estão asseguradas em 2021, diz Pazuello


OUÇA: Íntegra do pronunciamento do Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em cadeia nacional de rádio e televisão na noite desta quarta-feira (6).

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou hoje (6), em pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, que o Brasil tem asseguradas, para este ano, 354 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Do total, 254 milhões serão produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a AstraZeneca, e 100 milhões pelo Butantan, em parceria com a empresa Sinovac.

Pazuello anunciou também a edição de uma medida provisória que trata de ações excepcionais para aquisição de vacinas, insumos, bens e serviços de logística.

O ministro informou que o ministério está em processo de negociação com os laboratórios Gamaleya, da Rússia, Janssen, Pfizer e Moderna, dos Estados Unidos, e Barat Biotech, da Índia.

Segundo Pazuello, estão disponíveis atualmente cerca de 60 milhões de seringas e agulhas. “Ou seja, um número suficiente para iniciar a vacinação da população ainda neste mês de janeiro”, disse o ministro. “Temos, também, a garantia da Organização Panamericana de Saúde [Opas] de que receberemos mais 8 milhões de seringas e agulhas em fevereiro, além de outras 30 milhões já requisitadas à Abimo [Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos], a associação dos produtores de seringas”. 

Pazuello destacou que o Brasil está preparado logisticamente para a operação de vacinação. “Hoje, o Ministério da Saúde está preparado e estruturado em termos financeiros, organizacionais e logísticos para executar o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19”, disse.

Sobre a vacina da Pfizer, o ministro destacou os esforços para resolver as “imposições que não encontram amparo na legislação brasileira”, como a isenção de responsabilização civil por efeitos colaterais da vacinação e a criação de um fundo caução para custear possíveis ações judiciais. O ministro disse ainda que em breve o Brasil será exportador de vacinas para a região. 

Medida Provisória 

Assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, a medida provisória citada por Pazuello prevê que o Ministério da Saúde será o responsável por coordenar a execução do Plano Nacional de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19. A norma também prevê a contratação de vacinas e de insumos, antes do registro sanitário ou da autorização temporária de uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o treinamento de profissionais para imunizar a população. “Asseguro que todos os estados e municípios receberão a vacina de forma simultânea, igualitária e proporcional à sua população”, destacou ao reafirmar que a vacina será gratuita e não obrigatória.

Fonte Por Agência Brasil – Brasília Foto Marcelo Camargo, Agência Brasil

Áudio: Rede Nacional de Rádio


Com gols de Vanderson e Diego Souza, Grêmio vence o Bahia por 2 a 1, na Arena. Com a vitória, o Tricolor soma mais três pontos, chega a 48 e entra no G4 do Brasileirão


O Grêmio entrou em campo na noite desta quarta-feira, para disputar o seu primeiro jogo em 2021. O Tricolor enfrentou e venceu o Bahia pelo placar de 2 a 1, em partida disputada na Arena, válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os gremistas foram superiores nos 45 minutos iniciais, dominando a maior parte das ações do jogo. Aos 15 minutos de bola rolando, Diogo Barbosa fez um cruzamento na segunda trave e Vanderson apareceu para mandar de cabeça no canto direito da meta, balançando as redes adversárias e assinalando o seu primeiro gol na equipe profissional.

Já no início da etapa complementar, o Bahia conseguiu empatar no primeiro minuto, com Anderson Martins. Mas não demorou para o Tricolor voltar a frente no marcador. Aos 7’, em cobrança de falta, Diogo Barbosa rolou para Diego Souza que chutou forte e rasteiro. O goleiro baiano ainda fez a defesa com a mão esquerda, mas a bola tomou altura e entrou, morrendo no fundo das redes.

Com o resultado, o Grêmio soma mais três pontos, atingindo 48 na competição, ocupando a quarta posição do Brasileirão.

Primeiro Tempo

O Grêmio iniciou a partida pressionando os adversários. Logo aos 2 minutos, Vanderson, desceu em velocidade pela direita e cruzou na área, mas a bola saiu à direita da meta defendida por Douglas. O Bahia respondeu na sequência, com uma cobrança de falta. Da intermediária, Daniel colocou na área, mas Diego Souza fez o corte.

Aos 6 minutos de bola rolando, uma das melhores chances gremistas até o momento. A bola foi alçada na área por Alisson e Diego Souza subiu para desviar de cabeça, mandando com perigo, mas acabou finalizando para fora. Envolvendo os adversários na troca de passes rápida, o Tricolor chegou novamente com uma boa inversão de jogo de Alisson para Vanderson, mas o lateral acabou cruzando para o meio e a bola ficou com a zaga.

Aos 15 minutos de bola rolando, Diogo Barbosa fez um cruzamento na segunda trave e Vanderson apareceu para mandar de cabeça no canto direito da meta, balançando as redes adversárias e assinalando o seu primeiro gol na equipe profissional.

O Bahia tentou dar a resposta três minutos depois. Nino recebeu na direita e cruzou para Ernando, que mandou de voleio, mas Vanderlei defendeu. Em outra oportunidade, Daniel chutou da entrada da área, buscando o ângulo do gol gremista, para nova defesa do goleiro tricolor.

Aos 26’, o Bahia conseguiu descontar com Gilberto, que recebeu na meia esquerda, cortou a marcação e chutou forte, mas o gol foi anulado pela arbitragem, por impedimento do jogador. Dez minutos depois, em uma jogada de contra-ataque, Alisson dominou na entrada da área, cortou a marcação e chutou, mas a defesa mandou a escanteio. Na segunda-cobrança, a bola foi colocada na área, no segundo poste, mas no lance, Diego Souza acabou sofrendo uma falta e caindo no gramado – nada foi assinalado.

Na reta final, aos 45’, o Grêmio teve uma falta próximo a meia lua da grande área. Jean Pyerre mandou direto, mas carimbou a barreira. 

Nos acréscimos, o Bahia chegou com um cruzamento rasteiro na pequena área. Kannemann foi preciso e afastou o perigo. Mas logo em seguida, Gilberto se aproveitou de um erro na defesa tricolor e sozinho com o goleiro, chutou, mandando pra fora e desperdiçando a chance do empate, para sorte gremista.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação, tentando impor o seu desempenho da etapa inicial, mas desta vez, as primeiras chances no ataque foram adversárias. Antes do primeiro minuto, Daniel finalizou a gol, mas Vanderlei fez grande defesa. Infelizmente, logo em seguida, após escanteio, Anderson Martins foi acionado, puxou para a perna esquerda e chutou. A bola ainda desviou em Rodrigues e acabou no fundo do gol gremista.

Aos 7 minutos, o Tricolor teve uma boa chance em cobrança de falta da intermediária. Diogo Barbosa rolou para Diego Souza, que chutou forte, rasteiro. Douglas ainda fez a defesa com a mão esquerda, mas a bola tomou altura e entrou, morrendo no fundo das redes.

O Bahia tentou pela esquerda, em cobrança de escanteio. A bola foi colocada na área, mas Vanderlei segurou firme e colocou o Tricolor no ataque, com 24 minutos jogados. Os gremistas chegaram novamente em falta da intermediária. Pinares cobrou na área, Diego Souza tentou desviar de cabeça, mas não alcançou e a bola ficou com o goleiro Douglas.

Passados 41 minutos, o Grêmio quase ampliou com Thaciano, que recebeu na meia direita e arriscou, mas a bola passou à esquerda da meta baiana, com perigo. Em seguida, foi a vez de Pepê chutar colocado, buscando o ângulo, mas mandou por cima.

 

Fonte Portal Grêmio Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA