Jornal do Almoço da RBS TV lança 8ª temporada do Desafio Farroupilha

Fonte por: Por Giovani Grizotti Poral G1/RS A 8ª temporada do reality gauchesco do Jornal do Almoço, da RBS TV, vai revelar novos talentos na trova entre crianças de escolas do Rio Grande do Sul. O lançamento do “Desafio Farroupilha – Dança dos Trovadores”, realizado na terça-feira (14), data que marca o início oficial da Semana … Leia Mais


20 de Setembro: veja como será o serviços no feriado em Júlio de Castilhos

O feriado da Revolução Farroupilha, comemorado na segunda-feira (20), causará alterações no funcionamento de alguns estabelecimentos de Júlio de Castilhos. Esse ano não haverá desfile no 20 de setembro, data magna do Dia da Revolução Farroupilha, em função dos protocolos de segurança contra a Covid-19. Ficou acordado, segundo a prefeitura de Júlio de Castilhos, que as … Leia Mais




Empresa de Champignon de Tupanciretã é a maior do Estado do RS


Na manhã de terça-feira, dia 14, o Prefeito Gustavo Terra foi conferir de perto a produção da Champignon Sul Agroindustrial de Tupanciretã. A empresa tem sua sede em parte da estrutura do antigo frigorífico.

Conforme o empresário, Claudio Silva, a “Champignons Tupan” como encontrado nos rótulos do produto nos mercados, tem seu carro chefe na comercialização em larga escala de cogumelos in natura, “a produção diária chega a 500kg” salienta o proprietário, boa parte é enviada semanalmente para São Paulo e Rio de Janeiro, além de abastecer centros como Porto Alegre.
Para o Prefeito Gustavo Terra, é uma satisfação ter uma empresa desse porte em nosso município, e apreciar o trabalho feito pela Champignon Sul é uma forma de reconhecimento por levar o nome de Tupanciretã.

Fonte e fotos: Assessoria de Comunicação PMTupanciretã


Doe Caixas de leite vazias para confecção para placas de isolamento


A Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, através do Centros de Referência de Assistência Social – CRAS, em parceria com o Presídio Estadual de Júlio de Castilhos – SUSEPE, lançam o projeto que busca uma solução prática para famílias que residem em moradias precárias, com proteção insuficiente do vento, frio, insetos e chuvas.

Essa é uma ação solidária, que transforma caixas de leite vazias em placas de isolamento térmico e serão confeccionadas e aplicadas por apenados do Presídio Estadual.

Para ajudar nessa ação, você só precisa higienizar as caixas de leite e levar até um ponto de coleta. São eles:

– Escolas da Rede Municipal de Ensino
– Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação (Av. Fernando Abott, nº715)
– Presídio Estadual de Júlio de Castilhos (Avenida Jorge Mascarenhas, n 750)

Esta ação é uma realização da Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, CRAS IntegrAção/JC, PIM/PCF e Presídio Estadual de Júlio de Castilhos.

Fonte Assessoria imprensa PMJC


Entidades tradicionalistas recebem a chama crioula em Cruz Alta


Estão abertos os festejos farroupilhas no Rio Grande do Sul. A chama crioula, maior símbolo da tradição gaúcha, foi distribuída neste domingo (12) em Cruz Alta, na 9ª Região Tradicionalista. Os atos oficiais iniciaram cedinho no marco histórico, a Cruz de Benjamin Nott.

Mais tarde, com participação de dezenas de cavaleiros, as centelhas foram distribuídas em uma cerimônia em frente ao Palácio da Intendência.

“Muito me orgulha estar a frente da Coordenadoria de Cultura neste momento. É imensurável a alegria que estou sentindo em poder compartilhar com vocês a semana farroupilha em nosso município. Vocês que levam a tradição do nosso estado nas patas do cavalo”. Falou emocionada a Coordenadora de Cultura, Artes e Eventos Shana Reis, em seu discurso.

Neste ano, dentro dos festejos farroupilhas, a 9º RT, presta homenagem a senhora Carla Augusta Farias de Moura, que iniciou sua caminhada no CTG Turibio Verissimo, onde trouxe a família para dentro do CTG. Por muitas gestões, foi integrante de departamentos culturais de entidades tradicionalistas de nossa cidade. Foi secretária da 9ª RT em 2007, e diretora cultural em 2008. Nos anos de 2010 a 2012 foi eleita coordenadora da 9ª região tradicionalista, sendo a primeira mulher a assumir este cargo em nossa região. Em 2013 foi convidada para ser conselheira do MTG, função que desempenhou até 2017. Mais recentemente em 2018 e 2019 foi diretora do departamento de formação tradicionalista. 

O Vice-Prefeito Luciano Ardenghi, declarou oficialmente aberta a Semana Farroupilha 2021 e, em sua fala, destacou a honra de poder compartilhar com a comunidade esse momento de alegria.

Representantes de cada uma das entidades tradicionalistas receberam a centelha da chama crioula e em seguida, acompanhados da imagem de Nossa Senhora de Fátima seguiram até o Santuário de Fátima para uma benção.

Significado do acendimento da Chama Crioula

No ano de 1947 foi criado em Porto Alegre, no Colégio Júlio de Castilhos, um Departamento de Tradições Gaúchas, com o objetivo de resgatar, preservar e proporcionar a revitalização das coisas tradicionais do Rio Grande do Sul, através da História Gaúcha. Naquele momento, um grupo de jovens do Colégio manifestou o desejo de fazer, a cavalo, o acompanhamento dos restos mortais do General Farroupilha, David Canabarro, que era transladado ao panteão rio-grandense no cemitério da Santa Casa de Misericórdia.

O ato ocorreu em 05 de setembro, com oito jovens a cavalo. Dois dias depois, três daqueles jovens (Paixão Cortes, Cyro Ferreira e Fernando Vieira) também a cavalo retiraram uma centelha do Fogo Simbólico da Pátria, a meia noite do dia 7, acendendo o candeeiro crioulo que foi guardado no Colégio Júlio de Castilhos, dando origem à Chama Crioula, que simboliza o apego do gaúcho à sua terra, o seu nativismo, seu telurismo. A Chama Crioula é o fogo que simboliza fertilidade, calor, claridade, ardor, paixão, hospitalidade e coragem. Simboliza, enfim, a Tradição Gaúcha. Representa o gaúcho idealizado no espírito heroico, dos farroupilhas, com os ideais de justiça e liberdade, visando a aproximação dos povos.

Programação da Semana Farroupilha

O tradicional desfile do dia 20 de setembro, neste ano, em decorrência da pandemia de Covid-19, será realizado de forma itinerante. A ideia é que o desfile mantenha a essência dos desfiles tradicionais, inclusive prestando homenagem à heroína Anita Garibaldi que, em 30 de agosto, completou o seu bicentenário.

 

Fonte e foto Assessoria imprensa PMCA


Esculturas missioneiras com 300 anos são levadas para museu em Quevedos após restauração


Arte sacra de origem guarani, esculturas missioneiras que datam de 300 anos atrás são levadas, neste sábado (11), para o Museu Sacro da Capela Nossa Senhora dos Remédios, em Quevedos, na Região Central do estado. As peças que foram redescobertas e restauras por um grupo de pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio Grande do Sul seguem em carreata, a partir das 9h30, até o local. O evento será transmitido pela internet.

Entre as esculturas feitas em madeira estão duas da Nossa Senhora dos Remédios, fundadora do município, uma de Santo Inácio de Loyola e uma da Imaculada Conceição. Além de outras três peças, sendo elas um Menino Jesus Salvador do Mundo, um São Francisco Borja, um afresco de um anjo e trabalhos em arte barroca usados para enfeitar capelas.

Para o professor Edison Hüttner, que coordena o Grupo de Pesquisa de Arte Sacra Jesuítico-Guarani e Luso-Brasileiro da PUC, essas representações remetem a uma devoção religiosa que é secular no RS.

“Começou com as reduções jesuíticas de populações de grupos indígenas que estavam ao redor dessas esculturas e, ao mesmo tempo, se espalha pelo Rio Grande do Sul em capelas como a que estão as esculturas na cidade de Quevedos. Essa devoção continua depois de tanto tempo”, conta.

Esculturas missioneiras encontradas em Quevedos — Foto: PUCRS

O que foi encontrado

Em 2020, o professor Hüttner foi questionado por estudiosos se havia esculturas missioneiras na cidade de Quevedos e região, já que o município pertencia à Estância de São Domingos, que por sua vez fazia parte da Redução de São Miguel, atualmente conhecida da população gaúcha como Ruínas de São Miguel Arcanjo. Até então, não se tinha informações a respeito.

Foto que mostra a escultura — Foto: PUCRS

Foto que mostra a escultura — Foto: PUCRS

Pesquisando, ele descobriu em um livro de 1970 a imagem de uma escultura de um “Menino Jesus Salvador do Mundo” que estaria em Quevedos. O estudioso logo percebeu que se tratava de arte missioneira. Ele entrou em contato com a prefeitura municipal e tomou conhecimento por meio dela que havia outras peças em uma capela da cidade. A secretária de Cultura, Gicelia Quevedo Flores, enviou fotos para Hüttner que identificou todas como sendo missioneiras.

História

O trabalho de pesquisa do grupo de historiadores identificou o tropeiro José de Quevedos de Macedo, paulista de Sorocaba que foi para a região de Quevedos na época do tropeirismo. Ele ganhou terras e, em 1815, fundou a capela onde está uma dessas figuras.

O tropeirismo, cujo termo deriva de tropa, foi uma atividade itinerante desenvolvida por grupos de homens, os tropeiros, durante a época colonial do Brasil. Eles conduziam o gado do Rio Grande do Sul para Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. A criação de gado no Rio Grande do Sul começou com o estabelecimento das missões jesuítas. A catequização dos índios guarani nas missões não teve êxito e os missionários mudaram-se para o nordeste do território. Para trás ficaram os rebanhos que desde logo atraíram a atenção daqueles que vinham ao Rio Grande do Sul em busca de escravos.

Peças “perdidas”

Em 1997 foi a última vez que as peças foram identificadas. Isso ocorreu por meio de um inventário. Os pesquisadores e a prefeitura acreditam que, com o tempo e o passar das administrações, a origem e importância das peças foi se perdendo.

“Muitas culturas se unem ao redor dessas estátuas”, conta a secretária Gicelia.

Devido à pandemia, a exposição ao público será feita por agendamento.

 

Fonte: Por João Pedro Lamas, G1 RS


CTG Centelha do Imigrante de Ivorá retomada atividades


O 27º Rodeio Crioulo de  Trios, do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Centelha do Imigrante, de Ivorá, foi realizado no último domingo, 05. A data marcou a retomada dos eventos no Município.

Conforme a Organização o Rodeio contou com 51 Trios, onde cada laçador pode levar um acompanhante, isso com todos os cuidados e distanciamento. “Foi realizado uma belíssima festa, com a retomada dos eventos no Município, contamos com o empenho do Poder Público Municipal para dar maior segurança aos participantes. Percebemos que já é possível continuar com as atividades”, disse o patrão do CTG, Demir Quatrin, acrescentando que também estão sendo retomados os ensaios da Invernada Artística.

Conforme a coordenadora da Invernada Artística, Edicléia Cherobini, os primeiros encontros já aconteceram na segunda-feira, 06 e na quarta-feira, 08. “Os ensaios serão realizados uma vez na semana, na quarta-feira, às 19h30min, seguindo todos os protocolos”, explica Edicléia, acrescentando que o CTG Centelha do Imigrante, de Ivorá, é uma das entidades que está retomando suas atividades. “Após o ano de 2020 sem atividades, as aulas foram retomadas com a expectativa de dar sequencia a formação de grupos de dança. A Tradição Gaúcha tem por base a família e este envolvimento é fundamentar para atender os objetivos no desenvolvimento de valores importantes para a vida de todos”, finaliza.

27ª SEMANA FARROUPILHA E 31ª SEMANA CULTURAL

QUINTA-FEIRA  – 16/09/2021

18h30min –  Abertura da Semana Farroupilha e Cultural

20h- Jantar  Cardápio: Feijoada Valor: R$20,00

SEXTA-FEIRA –  17/09/21

8h30min – Formação de professores no Programa “Estamos Juntos com a AMF”

11h- Lançamento da Rota Turística Rural: “Ivorá Águas e Sabores”

12h- Almoço  Entrada: bruschetta de salame  Prato principal: Risoto, frango assado, carne de porco assada, polenta, entre outros  Sobremesa: doce de abóbora, pudim,

sagu. Local: I Fratelli Moro – Linha Londero Moro

*Somente com convite

Noite da Invernada Artística – Reencontro

20h –  Jantar

Cardápio: Risoto, salada de folhas verdes, pão e cuca

Valor: R$18,00

SÁBADO 18/09/21

12h- Almoço  Cardápio: Carreteiro, salada de folhas verdes, pão

14h- Saída da XXIII Cavalgada da Esperança – Sonho Realizado do Parque Municipal de Eventos Neimar  Osmari

SEGUNDA-FEIRA 20/09/21 – Dia do Gaúcho

11h – Chegada da Cavalgada e encerramento da Semana Farroupilha

*Almoço apenas para os participantes da Cavalgada

**Haverá venda de churrasco, valor: R$: 45,00

***Reservas somente até dia 16/09 na Agropecuária Multi Agricola

Escolas visitam Casa-Museu Alberto Pasqualini

21/09 – Terça-feira

9h – EMEF Duque de Caxias, lanche no CTG

14h – 1º e 2º ano da Escola Padre Pedro, lanche no CTG

22/09 – Quarta-feira

9h – EMEF David Simonetti, 10:00h: EMEI Bem-Me-Quer

14h-  3º, 4º e 5º anos da Escola Padre Pedro, lanches no CTG

23/09 – Quinta-feira

9h – EMEF Victor Waihrich, lanche no CTG

14h-  EMEI Bem-me-quer, lanche no CTG

25/09 – Sábado

13h30min – Cavalgada das mulheres do CTG ao Monumento do

Imigrante

15h30min – Monumento do Imigrante – Comunidade da Linha Um com

fala sobre Imigração Italiana com o professor, Marcos Zancan

17h30min –  Filó no CTG (levar um prato de doce ou salgado) chá/suco

Fonte e fotos Assessoria Comunicação PM Ivorá