228 mm de chuva é esperado nesta semana em Júlio de Castilhos

A MetSul Meteorologia adverte para evento de chuva muito volumosa nesta semana em diversas regiões do Rio Grande do Sul com acumulados excessivos de precipitação e possíveis transtornos para a semana de 22 a 28 de Julho. Calor prosseguiu no ultimo domingo (21) no Rio Grande do Sul e antecede dias muito, muito chuvosos no … Leia Mais


Força-tarefa de Santa Maria garante resgate de cavalo que sofria maus-tratos

Uma força-tarefa, realizada na manhã desta sexta-feira (19), garantiu a sobrevivência de um cavalo que sofria maus-tratos no Município. O equino foi localizado completamente debilitado na Rua 19, na Vila Alto da Boa Vista, no Bairro Nova Santa Marta. A Guarda Municipal, o Instituto Assistencial de Bem-estar Animal, o Grupo Santa Maria sem Tração e … Leia Mais


Programação completa da 39ª Coxilha Nativista e músicas selecionadas

A Coxilha Nativista é único dos festivais mais antigos a ser realizado todos os anos, sem interrupções. Confira a programação completa da 39ª Coxilha Nativista foram selecionadas. O evento será realizado de 24 a 27 de julho em Cruz Alta, no Noroeste do Rio Grande do Sul. 39ª COXILHA NATIVISTA 35ª COXILHA PIÁ 3ª COXILHA INSTRUMENTAL … Leia Mais




Após seis meses sem correr a atleta Francielle Abreu retornou as corridas


Francielle Abreu atleta de Tupanciretã volto a correr após seis meses de acidente. Francielle foi atropelada em Tupanciretã, no dia 21 de fevereiro. 

Fran corria na avenida Padre Roque Gonzáles e foi atingida por um veículo. 
Após seis meses do acidente a atleta Francielle Abreu voltou a correr neste domingo, 14. 

Francielle ficou em 5 lugar na geral da corrida Volta de Júlio de Castilhos de 8km 600m. Agora o grupo de corrida Runners da Fran e estão se preparando o para a Volta da Pampulha em Minas Gerais. Participaram também da corrida Kamille que ficou em Quarto geral, Marina Abreu em primeiro lugar em sua categoria e Roger Lemos em 5 lugar em sua categoria.

 

Fonte Rádio Tupã AM Foto arquivo pessoal Francielle Abreu


26ª Feicoop reúne 305 mil visitantes em quatro dias de evento


A 26ª Feira Internacional do Cooperativismo (Feicoop) foi finalizada no fim da tarde deste domingo (14), em Santa Maria. A organização calcula que 305 mil pessoas prestigiaram a Feira desde quinta-feira (11), primeiro dia de evento. Ano passado, foram 302 mil visitantes.

Estiveram representados nesta edição 3,5 mil empreendimentos organizados em rede, fóruns locais e macrorregionais de Economia Solidária, Fórum Brasileiro de Economia Solidária; entidades públicas e privadas; escolas; Universidades; Institutos Federais, Fundos Solidários; Redes Nacionais e Internacionais de Economia Solidária vindos de 23 países, 26 estados brasileiros, Distrito Federal e 585 municípios do Brasil.

A Feicoop é organizada pelo Projeto Esperança/Cooesperança e Banco da Esperança, braços da Arquidiocese de Santa Maria; Cáritas Brasileira e Cáritas Regional Rio Grande do Sul; Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); e Prefeitura Municipal de Santa Maria, com apoio de diversas entidades e instituições.

“Esta foi uma Feira de resistência e insistência. Apesar de todos os desafios que encontramos na preparação desta Feicoop, sentimos uma alegria muito grande em poder realizar um evento tão gigantesco com a participação de pessoas de tantos lugares. Mostra a certeza de que estamos no caminho certo”, relata irmã Lourdes Dill, coordenadora do Projeto Esperança/Cooesperança e vice-presidente da Cáritas Brasileira.

Durante a Feira, foi lançada uma campanha de arrecadação permanente a fim de angariar recursos para a 27ª edição do evento, prevista para ocorrer entre os dias 9 e 12 de julho de 2020.

“Os desafios lançados nesta Feira nos dão a segurança da continuidade, pois o lançamento da campanha para um fundo permanente nos dá a convicção de que não podemos depender totalmente do Poder Público. Precisamos fortalecer nossa autogestão e uma participação maior das redes e empreendimentos de Economia Solidária”, comenta irmã Lourdes.

O deputado federal Elvino Bohn Gass (PT), que garantiu uma emenda de R$ 150 mil para o evento, lamentou a fata de apoio do Poder Público.

“É lamentável que a Feira tenha que se manter com as emendas que coloco. Quem deveria sustentar era o governo Federal e Estadual pelo fato do evento gerar renda, educação, tratar sobre alimentos sem agrotóxicos, além de discutir o consumo e comércio justo e consciente no âmbito da sustentabilidade”, afirma Bohn Gass.

Segundo o arcebispo de Santa Maria, Dom Hélio Adelar Rubert, a Feicoop transmitiu uma mensagem de incentivo à solidariedade.

“Tivemos quatro dias de formação, apresentações artísticas e uma Feira que expôs uma grande variedade de produtos. Queríamos que os expositores tivessem mais vendas, mas o povo passa por dificuldade, falta empregos. Vale a pena continuarmos e incentivarmos a solidariedade que está crescendo em toda parte”, garante Dom Hélio.

A Feicoop é referência internacional pelo debate sobre Economia Solidária e Agricultura Familiar, reunindo em um único ambiente agricultores, artesãos, quilombolas, indígenas, catadores, estudantes e movimentos sociais, como, por exemplo, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o Levante Popular da Juventude, que realizou seu 12ª Acampamento Estadual no pátio do Colégio Irmão José Otão, ao lado do Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, onde ocorreu a Feicoop.

A Feira também nunca fugiu do debate político, sendo palco de reivindicações e de cobranças aos governantes. Seus seminários e oficinas trataram de temas como agroecologia, inclusão social, hortas comunitárias, questão agrária, educação popular, conflitos no campo, alternativas ao desemprego e muito mais.

CLIQUE AQUI e confira na íntegra a Carta da 26ª Feicoop, documento que traz um resumo de todas as discussões realizadas na Feira.

INFORMAÇÕES
Para mais informações sobre a 26ª Feicoop, entre em contato com o Projeto Esperança/Cooesperança pelo telefone (55) 3219-4599 ou pelo e-mail projeto@esperancacooesperanca.org.br ou pelo site www.esperancacooesperanca.org.br.

Curta a fanpage da Feicoop: https://www.facebook.com/feicoop.

Fonte e foto por Maiquel Rosauro, Jornalista Assessor de imprensa – 26ª Feicoop


Executivo de Santa Maria participa da abertura da 26ª Feira Internacional do Cooperativismo


Até o próximo domingo (14), milhares de pessoas devem passar pelos pavilhões do Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, no Bairro Nossa Senhora da Medianeira, onde ocorre a 26ª Feira Internacional do Cooperativismo (FEICOOP). A abertura oficial do evento ocorreu na tarde desta sexta-feira (12) e reuniu autoridades políticas, civis e religiosas de todo o Estado, bem como movimentos sociais e organizações não governamentais ligadas ao Cooperativismo.

O prefeito Jorge Pozzobom e o vice-prefeito Sergio Cechin de Santa Maria, participaram do evento, pois entendem que o fortalecimento da economia solidária é essencial para uma sociedade mais justa e igualitária.

“Essa feira reúne pessoas de todos os cantos do país e traz para Santa Maria muito reconhecimento. Posso garantir que, enquanto eu for prefeito, a FEICOOP seguirá ocorrendo”, destacou o chefe do Executivo.

A vice-presidente da Cáritas Brasileira e coordenadora do Projeto Esperança/Cooesperança, Irmã Lourdes Dill, que também coordena a FEICOOP, destacou a importância da feira e de como sua relevância reúne pessoas de todo o território nacional.

“Queremos uma feira forte, fortalecida. Por isso convidamos a todos a contribuir e a ajudar a FEICOOP”, destacou a irmã Lourdes.

Concomitantemente à FEICOOP, também ocorre a Feira Latino-Americana de EcoSol e o Acampamento do Levante Popular da Juventude, que chegam à 15ª edição. Na ocasião, também foi lançada a proposta de um fundo econômico para as próximas edições.

Também participaram do evento, o secretário de Desenvolvimento Rural, Rodrigo Menna Barreto; o secretário de Desenvolvimento Social, João Chaves; além de deputados, vereadores, professores, representantes de universidades e demais autoridades políticas.

 

Texto: Maurício Araujo (Mtb 17.781)
Foto: Deise Fachin


Sábado (13) acontece a 24ª Festa do Colono e Motorista de Três Mártires


No dia 13 de julho de 2019, a comunidade de Três Mártires realiza o tradicional festival do Colono e Motorista. Na programação, às 14:00 hs, acontece o desfile temático, com tema “A chegada dos imigrantes Italianos”.

O evento continua com o Programa Musical “De Querência em Querência” da Rádio São Roque 103,9 FM da cidade de Faxinal do Soturno, ao vivo direto da festa, apresentado por Rozimar Bolzan e com artistas locias convidados. Terá ainda tertulia livre até e a hora do jantar.

O Jantar Italiano da 24ª Festa do Colono e Motorista de Três Mártires, terá cardápio com Churrasco de gado e galeto, risoto, maionese, saldas e pão e a partir das 20:00 hs grande baile está programado com animação do conjunto musical “Os Castilhenses” de

A 24ª edição, será dia 13 de julho! Vamos lá colonada, aqui temos orgulho e honramos a nossa origem. Por isso homenageamos Colonos e Motoristas de todas as Querências

Três Mártires, 2° distrito de Julio de Castilhos, fica a cerca de 45 Km da sede do município, e próximo a Silveira Martins e Ivorá. 
Local onde as pessoas são acolhidas com carinho, atenção e onde se encontra a melhor gastronomia da região.

Mais informações fone 55-99676 5321, 55-  999180314 ou 3289 5129

Fonte site Comunidade Três Mártires (Reprodução)

 


Pinhal Grande com inscrições até dia 19 de Julho p/ escolha das soberanas


A Prefeitura Municipal de Pinhal Grande, através do Departamento de Cultura, Turismo, Desporto e Lazer, está com as inscrições abertas para a o concurso da escolha das Soberanas do Município.
A escolha, para mandato de dois anos, será feita no dia 06 de setembro de 2019, durante o Baile da Semana da Pátria, animado pela Banda São Francisco, que acontecerá no Salão Paroquial do Bairro São José, em Pinhal Grande. As soberanas atuais do município Larissa, Dinah e Jaíne estarão passando a faixa para a próxima rainha e princesas.
Poderão se candidatar ao posto, meninas com idade entre 15 e 24 anos, brasileiras, solteiras, sem filhos ou gravidez, que tenham concluído ou estejam cursando, no mínimo o 9º ano do Ensino Fundamental ou Ensino Médio.
A escolha da Rainha e duas Princesas será feita por uma Mesa de Jurados e constará de duas etapas: Teste Cultural e Desfile de Apresentação.
As inscrições poderão ser feitas na Casa da Cultura Ireny Genro Appel, situada à Av. José Batistella, nº 650, no Bairro Limeira em Pinhal Grande, desde o dia  18 de junho a 19 de julho de 2019, de segunda a quinta-feira pela manhã, das 8h às 11:30h e à tarde das 13:30 às 17h e nas sextas-feiras das 8h às 13h.
No ato da inscrição a candidata deverá entregar devidamente preenchida e assinada a Ficha de Inscrição, o Termo de Concordância e Responsabilidade, cópia do Documento de Identificação, Comprovante de Residência e Comprovante de Escolaridade. As candidatas com idade inferior a 18 anos deverão apresentar Autorização dos seus Responsáveis no primeiro dia de ensaio.
O regulamento completo encontra-se na Casa de Cultura de PG ou pode ser acessado pelo site da Prefeitura Municipal – www.pinhalgrande.rs.gov.br .

Fonte e fotos Assessoria imprensa PMPG (Site) Reprodução