Trevo de acesso à Tupanciretã na BR 158 recebe iluminação

Na semana passada, o trevo de acesso à Tupanciretã, na BR 158, recebeu a instalação de dois postes de iluminação. Esse era um propósito antigo da Administração Municipal de Tupanciretã, que através da contribuição de iluminação pública, a instalação Secretaria de Coordenação e Planejamento conseguiu efetivar a instalação. Até então, a falta de iluminação no … Leia Mais


Abertura Oficial da Colheita da Oliva será em Formigueiro

A 8ª Abertura Oficial da Colheita da Oliva no Rio Grande do Sul já tem data e local definidos: será em 15 de março, no município de Formigueiro. O secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, acolheu a proposição do Instituto Brasileiro de Olivicultura (Ibraoliva), feita pelo presidente da entidade, Eudes Marchetti, e … Leia Mais


Evento marcará os 50 anos da Casa Museu Erico Verissimo em Cruz Alta

A Casa Museu Erico Veríssimo, localizado, nas esquinas das avenidas Gen. Osório com Gen. Câmara no Centro Histórico de Cruz Alta, completará no dia 19 de janeiro 50 anos de inauguração. É administrado pela Prefeitura Municipal de Cruz Alta, através da Secretaria Municipal de Cultura, sob comando de Rossano Viero Cavalari. Na próxima sexta-feira, 18, um … Leia Mais


Infestação de escorpiões preocupa moradores de Júlio de Castilhos

Moradores de Júlio de Castilhos têm se manifestado nas redes sociais com fotos e mesmo relatando à amigos e familiares, a respeito do aparecimento de escorpiões dentro de suas residências. Os animais peçonhentos costumam aparecer com mais frequência em épocas de calor e em Júlio de Castilhos, a incidência maior acontece na zona norte da cidade.  … Leia Mais



Rumo, trabalha para retirar Locomotiva que descarrilhou em Cruz Alta


A empresa Rumo Logística emitiu nota à imprensa por meio de sua Assessoria de Comunicação, relatando o descarrilamento que aconteceu em Cruz Alta na manhã desta segunda-feira, 14 de janeiro. O fato aconteceu na saída do pátio ferroviário do município.

De acordo com a nota, estão sendo apuradas as causas do descarrilamento, enquanto equipes da concessionária trabalham no local para desobstruir a passagem e liberar a circulação de trens e veículos no local.

Por volta das 9h30 da manhã desta segunda-feira, 14 de janeiro, uma composição de 3 locomotivas e 20 vagões carregada de combustível fazia a linha sentido Cruz Alta – Ijuí quando aconteceu o descarrilamento da primeira locomotiva. 

Vale ressaltar que ninguém ficou ferido no acidente.

Informações: Repórter Cidade Amauri Rodrigues  Fotos: Paulinho Barcelos Redação: Bianca Conrad
Jornalismo Rádio Cruz Alta


Leite visita região afetada por enchentes e anuncia medidas de emergência


As brincadeiras da criançada amenizam um pouco a tristeza de quem teve que sair de casa e ir para um abrigo. Ana Cristina Ribeiro é uma das mais de 3.400 pessoas que foram atingidas pelos temporais e enchentes da última semana em Alegrete, na Fronteira Oeste. Assim como ela, cerca de 800 moradores estão em abrigos municipais. A dona de casa de 43 anos e mãe de quatro filhos conta que perdeu quase tudo: “A água subiu muito rápido. Meu marido e eu conseguimos salvar a cama, a televisão, o fogão e algumas roupas, mas tudo molhado. Meu filho mais velho, que é casado, perdeu tudo, ficou só com a roupa do corpo. Mas o mais importante está aqui”, desabafa, segurando no colo a netinha de dez meses. 

A cidade, que decretou situação de emergência, recebeu a visita do governador Eduardo Leite neste sábado (12). Esta foi a primeira viagem oficial como novo chefe do Executivo gaúcho. Leite esteve no abrigo onde, além da família da Ana Cristina, estão mais 140 adultos e crianças. “Apesar de todas as dificuldades, as pessoas conseguem manter o sorriso no rosto. Estou satisfeito porque estão sendo bem atendidas. Fiz questão de vir aqui para dizer que a população de Alegrete, Uruguaiana e toda a Fronteira Oeste não está sozinha. Vamos seguir firme neste trabalho conjunto de assistência”, afirmou. Depois, o governador sobrevoou parte da região alagada. Foi um voo curto por causa das condições climáticas.

O prefeito de Alegrete, Márcio Fonseca do Amaral, citou o espírito coletivo dos gaúchos: “Não está faltando nada essencial. O quadro de solidariedade tem sido muito grande. Em três dias, recebemos quase 9 toneladas de alimentos”. 

O governador ainda destacou que a Defesa Civil Estadual está focada em agilizar o processo de homologação dos decretos de emergência das prefeituras, uma etapa necessária para que recursos sejam liberados e para que os municípios possam solicitar  ajuda também do governo federal. Até agora, 11 prefeitos da Fronteira Oeste decretaram situação de emergência. 

AQUI o último boletim da Defesa Civil.

Além disso, Leite anunciou que estarão disponíveis horas-máquina aos municípios para agilizar a desobstrução de córregos e canais, a limpeza das ruas e a recuperação de estradas. Uma ata de registro de preços permite agilizar esse processo com empresas terceirizadas. “Na área da Saúde, vamos liberar recursos que estão em atraso por parte do Estado, com prioridade para as unidades de pronto-atendimento e os hospitais contratualizados, como a Santa Casa de Uruguaiana. Além disso, vamos agilizar o processo para reformas e consertos nas escolas que foram atingidas, afinal, vem aí o reinício do ano letivo”, explicou. 

O governador também lembrou que ainda há previsão de chuva. “Temos que estar muito alertas, acompanhando e monitorando”, garantiu.

Texto: Vanessa Felippe Foto: Itamar Aguiar


Começa nesta sexta-feira o 14º Festival da Uva e das Águas em Silveira Martins


Nesta sexta-feira (11/01), inicia-se o 14º Festival da Uva e das Águas, no município de Silveira Martins, na Comunidade de Val Feltrina, na Quarta Colônia de Imigração Italiana. Nesta edição, a novidade é a ampliação da programação para dez dias de atrações centradas na produção e colheita da uva no município, reunindo cerca de mil pessoas durante o período. O Festival, que é promovido pela prefeitura e pela comunidade de Val Feltrina, com o apoio da Emater/RS-Ascar, tem como objetivo divulgar e valorizar a atividade vitícola, o turismo e a gastronomia italiana da região. 

A primeira atração será promovida pela Emater/RS-Ascar na sexta-feira (11/01), às 20h30, na Sociedade Assistencial, Recreativa, Esportiva e Cultural de Val de Feltrina (Sarec), com o Filó (confraternização) da Amizade e da Paz. Para participar, é preciso levar um prato culinário (doce ou salgado) ou bebida e assistir as apresentações artísticas do Grupo Nono Modesto, da Fisaorchestra Vêneta e da Banda Municipal Newton Cecil Guerino e Coral Municipal Voci Della Montagna. Na quarta-feira (16/01), a Emater/RS-Ascar também promoverá uma Oficina de Derivados da Uva, das 14h às 19h.

A programação também contará com o Roteiro da Uva, com 26 atrações gastronômicas e turísticas, com cantinas, adegas, produtos coloniais, agroindústrias, restaurantes, monumentos, igrejas, balneários, cascatas e trilhas, possibilitando a compra direta de uvas, sucos, vinhos e derivados nas propriedades rurais e cantinas familiares e lugares de relaxamento junto à natureza. A expectativa é de que a comercialização de uvas seja ampliada neste ano e também que sejam mantidas as vendas dos demais produtos como as tradicionais cucas recheadas de uva. Também acontecerão torneios de bocha, voleibol, almoços típicos italianos e shows artísticos. O horário de funcionamento será das 8h30 às 24h.

Informações sobre reservas de almoço e jantar, inscrições para os torneios e sobre a organização do evento, podem ser obtidas pelos telefones (55) 9840 -45180 e (55) 99986 – 6121. O encerramento do 14º Festival da Uva e das Águas de Silveira Martins ocorrerá no domingo (20/01), com um almoço típico italiano, às 12h.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Santa Maria Jornalista Helena Boucinha


Inicio de semana em J.Castilhos com 140 mm de chuvas. E vem mais chuva


Frente fria, áreas de instabilidades, sistema de baixa pressão, qualquer que seja o sistema ou pela junção de todos, a previsão segue sendo de chuva aqui no Estado.E assim como hoje (09) amanhã (10) a chuva continua e novamente os maiores volumes se concentram nas regiões da fronteira oeste, campanha e parte do sul.

Os volumes de chuvas nos ultimos três dias na cidade de Júlio de Castilhos, chegaram a 140 mm, conforme dados registrados e divulgados (Site) pela equipe técnica da Cooperativa Agropecuária Júlio de Castilhos. 

Confira os dados de chuvas em Júlio de Castilhos no inicio desta semana:  Segunda-feira (07) foram 10 mm, terça-feira (08) 42 mm e na quarta-feira  (09), com 88 mm de chuvas.

A quinta-feira (10), na cidade de Júlio de Castilhos na região central do Rio Grande do Sul, terá sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora e temperaturas amenas na casa dos 27ºC.

O dia da sexta-feira (11), continuará chuvoso de manhã. Aberturas de sol à tarde e pancadas de chuva que vão até a noite

O governo do Estado, por meio da Defesa Civil, com base em prognósticos e modelos meteorológicos, alerta para a possibilidade de eventos adversos nesta quinta-feira (10). Há chance de chuvas intensas acompanhadas de rajadas de vento e possibilidade de granizo em pontos isolados da Fronteira Oeste e da Campanha do RS.

O nível de severidade é moderada.


Sala de Situação alerta para a possibilidade de chuvas fortes e temporais no RS


O boletim meteorológico emitido nesta terça-feira (8) pela Salta de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura alerta que, embora o dia tenha começado com sol e nuvens, a chuva deve retornar nas próximas horas. Áreas de instabilidades associadas a uma frente fria provocam chuvas e temporais (pancadas fortes, trovoadas e ventos).

As chuvas mais expressivas vão se concentrar em parte do Norte e Noroeste do Rio Grande do Sul.

Os especialistas alertam que a previsão para a quarta-feira (9) é de chuvas e temporais, em decorrência da formação de um novo sistema de baixa pressão que vai alimentar as instabilidades. Os maiores volumes devem se concentrar no Oeste e Sul (fronteira com Uruguai e parte da Argentina). A incidência de descargas elétricas e granizo também é maior nessa região. O calor segue com sensação de abafamento.

Na quinta-feira (10), o tempo no Rio Grande do sul segue instável e mais uma vez os maiores acumulados bem como o potencial para temporais se concentram entre o Sul e Oeste do estado. Nas demais regiões, os temporais são pontuais. As temperaturas ficam mais amenas nas áreas de mais chuvas. Na Metade Norte, a sensação de abafamento é maior. Nos dias seguintes a chuva segue no estado.

Júlio de Castilhos, amanheceu terça-feira ((08) com sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Para a quarta-feira (09), a previsão de sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora e temperatura vária entre 16ºC a 27ºC.

Texto: Catarina Gomes/Ascom Sema Edição Alcir61 Foto Ilustrativa