Secretaria da Agricultura lança a Radiografia da Agropecuária Gaúcha 2020

Foto: Emerson Foguinho / Seapdr O potencial do agronegócio foi destaque no primeiro dia da Expointer Digital 2020 com o lançamento Radiografia da Agropecuária Gaúcha 2020. A publicação on-line produzida pelo Departamento de Políticas Agrícolas e Desenvolvimento Rural da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) foi apresentada pelo secretário Covatti Filho na tarde … Leia Mais


Professores produzem vídeo em homenagem aos estudantes surdos do IFFar.

Os professores de estudantes surdos matriculados no IFFar gravaram um vídeo intitulado “O que eu aprendo com você”. A homenagem aos estudantes surdos é também alusiva ao Dia Nacional da Pessoa Surda, comemorado em 26 de setembro. O vídeo gravado pelos professores foi organizado pelos Núcleos de Apoio a Pessoas com Necessidades Especiais do IFFar … Leia Mais


Aplicativo Zarc Plantio Certo está disponível para sistema iOS

A Embrapa Informática Agropecuária disponibilizou nesta sexta-feira (25) a versão para o sistema iOS do aplicativo móvel Zarc – Plantio Certo, criado para facilitar a consulta às informações do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), instrumento oficial utilizado para orientar políticas públicas de seguro rural e Proagro. A iniciativa faz parte do Programa Agro Gestão … Leia Mais


Hoje é Sexta, 25 de setembro de 2020: Dia do Rádio

No dia 25 de setembro, data do nascimento de Roquete Pinto –  o “Pai do Rádio Brasileiro” -, comemora-se o Dia do Rádio. Em 1923, Roquete fundou a primeira emissora do país, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Era uma fase experimental do veículo, sem grandes avanços tecnológicos. A primeira transmissão radiofônica em terras … Leia Mais


Liesa decide adiar desfiles das escolas de samba no Rio

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro de 2021, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada na noite de ontem (24), durante reunião entre representantes das agremiações. De acordo com o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, como ainda não … Leia Mais


Caixa lança o Super Sete, nova modalidade de loteria


A Caixa Econômica Federal lançou uma nova modalidade de jogo lotérico, o Super Sete. O primeiro sorteio será realizado no dia 2 de outubro, com prêmio estimado em R$ 1 milhão, e as apostas já podem ser feitas nas casas lotéricas de todo o país.

É o primeiro produto das Loterias Caixa com o mote “colunas”. O apostador poderá escolher no mínimo 1 número e, no máximo, 3 dentre os 10 algarismos de cada uma das 7 colunas do volante de aposta. Ganha prêmios quem acertar de três a sete colunas, independentemente da ordem.

Os sorteios do Super Sete serão realizados às 15h, sempre às segundas, quartas e sextas-feiras.

“Assim, os ganhadores já conseguem resgatar as apostas premiadas no mesmo dia em caso de contemplação. As vendas de cada concurso se encerram no dia do sorteio às 14h e, logo após cinco minutos, às 14h05, começa a captação do concurso seguinte”, informou a Caixa.

A nova modalidade de loteria foi autorizada pelo governo federal no final de junho.

Como apostar

O volante do jogo contém 7 colunas com 10 números (de 0 a 9). O apostador deverá escolher no mínimo 1 número por coluna. Se preferir, pode fazer apostas múltiplas e escolher mais números por coluna, marcando até 2 números por coluna, com 8 a 14 números marcados, ou 3 números por coluna, com 15 a 21 números marcados.

Uma aposta simples, de 1 número por coluna, custa R$ 2,50.

Os bolões têm preço mínimo de R$ 10, e cada cota deve ser de, pelo menos, R$ 5, sendo possível realizar um bolão de, no mínimo, duas e no máximo 100 cotas, conforme disponível no volante a seguir.

As apostas também podem ser feitas através do portal Loterias Caixa (www.loteriasonline.caixa.gov.br) e no app Loterias Caixa, disponível para usuários iOS.

Sorteios

Segundo a Caixa, serão realizadas 7 extrações distintas em cada concurso, com a utilização de 7 globos, correspondentes aos sorteios dos prognósticos numéricos.

O primeiro sorteio consiste na extração de 1 número, no universo de 0 a 9 números, para a coluna 1; o segundo sorteio consiste na extração de 1 número, no universo de 0 a 9 números, para a coluna 2 e assim, sucessivamente, até a extração do sétimo e último número para a coluna 7.

Fonte Portal G1 Imagem Reprodução Redes sociais 


Convite Missa de 7º. Dia de Falecimento de Liana dos Santos Gomes


Familiares, colegas e amigos de Liana dos Santos Gomes, com pesar e ainda consternados com a sua prematura despedida, convida parentes e amigos para a Missa de Sétimo Dia de seu Falecimento, que será realizada na Igreja de Nossa Senhora da Piedade de Júlio de Castilhos, nesta quarta-feira (23), às 15:00 hs.

A Missa segue protocolo de segurança devido a Pandemia.

 


Caixa paga R$ 2,6 bilhões nesta quarta (23) de auxílio para 4 milhões de beneficiários nascidos em agosto


A CAIXA realiza nesta quarta-feira (23/09) o pagamento de R$ 2,6 bilhões do Auxílio Emergencial para 4 milhões de pessoas nascidas em agosto, conforme o calendário do Ciclo 2. A partir desta data, os valores já podem ser movimentados pelo Aplicativo CAIXA Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas.

Já os saques e transferências para quem recebe o crédito nesta quarta-feira serão liberados a partir do dia 13 de outubro.

Como movimentar a Poupança Social Digital:
A Conta Poupança Social Digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil.

A movimentação do valor poderá, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo CAIXA Tem, sem custo, evitando o deslocamento das pessoas até as agências. Logo após o crédito dos valores, será possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de nove milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil. O trabalhador também poderá realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos.

Cartão de débito virtual:
Com o Cartão de Débito Virtual CAIXA é possível fazer compras pela internet, aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados. Para utilizar o cartão, o beneficiário precisa gerá-lo. Depois, entrar no aplicativo e acessar o ícone Cartão de Débito Virtual. Feito isso, o usuário deverá digitar a senha do CAIXA Tem. Em seguida, aparecerão os seguintes dados: nome do cidadão, número e validade do cartão, além do código de segurança. Ao lado do código, é preciso clicar em “gerar”. Pronto. O cartão está disponível. O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra é preciso gerar um novo código.

Pagamento nas maquininhas:
Além da possibilidade de uso do cartão de débito virtual, disponível para compras online, o CAIXA Tem oferece a opção “Pague na maquininha”, forma de pagamento digital que pode ser utilizada nos estabelecimentos físicos habilitados. É uma funcionalidade por leitura de QR Code gerado pelas
maquininhas dos estabelecimentos e que pode ser facilmente escaneado pela maioria dos telefones celulares equipados com câmera.

Quando o cliente seleciona a opção “Pague na maquininha”, no aplicativo, automaticamente a câmera do celular é aberta. O usuário deve então apontar o telefone para leitura do QR Code gerado na maquininha do estabelecimento.

Mais informações:
twitter.com/
caixafacebook.com/
caixainstagram.com/
caixayoutube.com/user/canalcaixa

Fonte Agência Caixa de Noticias


Primavera começa nesta terça, com transição entre estações seca e chuvosa no Brasil


Primavera no Hemisfério Sul inicia anesta terça-feira (22) às 10h31 e termina no dia 21 de dezembro às 07h02. Climatologicamente, é um período de transição entre as estações seca e chuvosa no setor central do Brasil, e marca o início da convergência de umidade oriunda da Amazônia, que define a qualidade do período chuvoso sobre as Regiões Centro-Oeste, Sudeste e parte centro-sul da Região Norte.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), durante a estação, os volumes acumulados de precipitação no norte da Região Nordeste costumam ser inferiores a 100 mm, principalmente no norte do Piauí e noroeste do Ceará. As temperaturas são mais elevadas em grande parte da Região Norte, interior da Região Nordeste e em alguns pontos da parte central do Brasil.

Os primeiros episódios da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) podem ocorrer durante a primavera, com chuvas no Sudeste, Centro-Oeste, Acre e Rondônia. Já na Região Sul, podem ocorrer episódios de Complexos Convectivos de Mesoescala (CCM), que estão associados a chuvas fortes, rajadas de vento, descargas atmosféricas e eventual granizo. Com o gradativo aumento das chuvas em grande parte do país nesta época do ano, tem-se o início do plantio das principais culturas de verão. 

Para os próximos meses, os modelos de previsão de ENOS do IRI (Research Institute for Climate and Society) indicam uma probabilidade acima de 70% de que estas condições de La Niña se iniciem durante a primavera de 2020 e permaneçam até o verão 2020/2021. Neste sentido, é fundamental esperar por atualizações futuras através do monitoramento da temperatura da superfície do mar no Pacífico, pois existem outros fatores, como a temperatura na superfície do oceano Atlântico Tropical e na área oceânica próxima à costa do Uruguai e da Região Sul, que poderão influenciar o regime de chuvas no Brasil, dependendo da combinação destes fatores durante esta estação.

Primavera Inmet.png

Confira o prognóstico por região para o período entre outubro e dezembro de 2020:

Região Norte

A previsão climática para o trimestre indica um predomínio de áreas com probabilidade de chuvas acima da faixa normal, exceto sobre a parte norte da região, sudeste do Pará e noroeste do Tocantins, onde existe uma tendência das chuvas ocorrerem abaixo da média. Para o próximo trimestre, a previsão para a temperatura do ar próximo a superfície indica que deverá prevalecer acima da média. Entretanto, na divisa entre os estados do Pará e Amazonas, as temperaturas devem ser mais amenas, devido à persistência das chuvas nesta área.

Região Nordeste

Na Região Nordeste, a previsão para a primavera indica chuvas próximas à média ou acima em grande parte da região, com exceção de algumas localidades sobre o norte da Bahia e leste do Nordeste Brasileiro, onde as chuvas permanecerão ligeiramente abaixo da climatologia. As temperaturas serão predominantemente elevadas nos estados do Maranhão e Piauí, porém, nas localidades onde há a probabilidade de chuvas acima da média, os termômetros devem registrar temperaturas próximas à climatologia ou levemente inferiores à média.

Região Centro-Oeste

A previsão do INMET para a Região Centro-Oeste aponta para uma irregularidade das chuvas para o próximo trimestre, onde devem permanecer acima da média sobre a parte central e norte de Mato Grosso, norte de Goiás e centro do Mato Grosso do Sul, principalmente no mês de novembro. Nas demais áreas, as chuvas devem permanecer próximas a média ou ligeiramente abaixo. Já para as temperaturas, as previsões indicam que as mesmas devem ultrapassar a média ao longo da estação, com exceção do Mato Grosso do Sul e sudoeste do Mato Grosso, onde as temperaturas poderão ser ligeiramente abaixo de seus valores climatológicos.

Região Sudeste

Para a Região Sudeste, a previsão do modelo do INMET para os próximos três meses é de chuvas acima da média em grande parte da região. No leste de São Paulo e centro de Minas Gerais, as probabilidades indicam o risco de chuvas abaixo da média. Com o retorno das chuvas mais regulares no mês de novembro, a previsão indica o predomínio de temperaturas próximas ou ligeiramente abaixo da média.

Região Sul

A previsão indica maior probabilidade de chuvas abaixo da climatologia em praticamente toda a região, exceto no norte do Paraná, onde as chuvas previstas devem ser acima da média. As temperaturas serão próximas à climatologia e ligeiramente acima da média em grande parte da Região Sul, entretanto as entradas de sistemas frontais ainda poderão provocar declínio nas temperaturas, principalmente sobre o nordeste do Rio Grande do Sul e leste de Santa Catarina.

Júlio de Castilhos na região central do Rio Grande do Sul, neste primeiro dia de primavera, terá sol, com possível geada ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. Faz frio com temperatura mínima de 4º   e máxima de 20º

Fonte Informações à Imprensa
Instituto Nacional de Meteorologia
Assessoria de Comunicação

Edição Alcir61 – Foto: iStock


Covid-19: em uma semana, casos caem 30% e mortes, 13% no Brasil


Hospital das Clínicas -Fotos gerais e equipamento especial

Os casos de covid-19 caíram 30% na semana epidemiológica 37 em relação à semana anterior. Já as mortes registraram diminuição de 13% no mesmo intervalo. Foi a primeira vez em que as duas curvas apresentaram uma redução acima de 10% juntas desde o início da pandemia.

A evolução das curvas de diagnósticos e óbitos relacionados à pandemia do novo coronavírus está no novo boletim epidemiológico sobre a doença do Ministério da Saúde, apresentado em entrevista coletiva hoje (17).

A semana epidemiológica (SE) 37 compreende o intervalo de 6 a 12 de setembro. A SE é uma medida empregada por autoridades de saúde para analisar o desenvolvimento de uma determinada epidemia.

Na SE 37 foram contabilizados 192.687 novos registros de casos de covid-19. Na semana anterior (SE 36), o número havia sido de 276.847. A média diária nesta última semana epidemiológica foi de 27.527. A trajetória cresceu e começou uma tendência de queda na SE 29, com uma leve recuperação entre as SE 34 e 36 e agora uma baixa expressiva.

“O Brasil vinha com platô e desde a 29ª semana epidemiológica começou a ter uma tendência de queda. Tivemos um pico no Sul na 35ª semana, mas foi por registro dos novos casos. Quando houve atualização dos casos, já se confirmou uma tendência de redução. Da 36ª para a 37 tivemos redução bastante significativa de 30%”, destacou o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo de Medeiros.

Evolução do número de novos registros de casos de covid-19 por semana epidemiológica
Evolução do número de novos registros de casos de covid-19 por semana epidemiológica – Ministério da Saúde

Já as mortes nesta semana totalizaram 5.007. Na SE 36, o número havia sido de 5.741. A média diária ficou em 715. “Quando analisamos os óbitos, estávamos com um platô por volta da 23ª, por volta da 29ª já vinha mostrando uma queda gradativa e a 36ª e a 37ª uma redução de 13%. Quando no platô tínhamos por volta de 7 mil, tivemos agora 5 mil nesta última semana”, pontuou Arnaldo de Medeiros.

Evolução do número de novos registros de óbitos por semana epidemiológica
Evolução do número de novos registros de óbitos por semana epidemiológica – Ministério da Saúde

Covid-19 nos estados

No mapa de casos, pela primeira vez o boletim epidemiológico não trouxe nenhum estado com aumento nos casos. Do total, 24 Unidades da Federação tiveram redução, sendo as mais expressivas em Santa Catarina (-79%) e Pernambuco (-43%). Permaneceram estáveis Piauí, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

No mapa de mortes, cinco estados apresentaram acréscimos nas taxas, sendo as maiores em Pernambuco (48%) e Minas Gerais (12%). Um estado ficou estabilizado (Rio Grande do Sul) e 21 Unidades da Federação tiveram queda em seus índices, sendo as mais intensas as do Amazonas (-77%) e Pará (-49%).

A maioria dos casos continuou no interior (62%), enquanto a menor parcela ocorreu nas regiões metropolitanas (38%). Já na comparação entre os óbitos, 53% ocorrem nas localidades do interior e 47%, nos grandes centros urbanos.

Variação de casos e óbitos entre as semanas epidemiológicas 36 e 37
Variação de casos e óbitos entre as semanas epidemiológicas 36 e 37 – Ministério da Saúde

Testes

Até o momento, foram distribuídos aos estados 6,6 milhões de reações de testes laboratoriais (RT-PCR). Os laboratórios públicos processaram 3,4 milhões de exames. A rede privada realizou 2,5 milhões de testes, totalizando 5,9 milhões. Já os testes rápidos (sorológicos) totalizaram até agora 8 milhões.

Veja entrevista coletiva na íntegra:

*Texto alterado às 18h51 para acréscimo de informações. 

Fonte: Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil – Brasília Foto Governo de São Paulo