Disney cria campanha online para ajudar a preservação de leões

CAMPANHA DA DISNEY EM PROL DOS LEÕES FICA DISPONÍVEL ATÉ 14 DE AGOSTO (FOTO: DIVULGAÇÃO/DISNEY) Aversão live-action de O Rei Leão chegou aos cinemas mundiais. E para promover o filme, a The Walt Disney Company da América Latina lança a campanha #OCicloSemFim, na qual convida as pessoas a publicarem fotos de um amanhecer ou pôr do sol … Leia Mais


Instagram deixa de mostrar número de curtidas das postagens

Usuários da rede social Instagram no Brasil perceberam hoje (17) uma importante mudança. Entre os recursos da plataforma o número de “curtidas”, também conhecidas como “likes” que uma publicação recebe, não fica mais visível para todos os usuários. O tema foi um dos mais discutidos do dia em outra rede social, o Twitter, e esteve entre os mais buscados no … Leia Mais



Último eclipse lunar de 2019 pode ser visto em Júlio de Castilhos e região

Foi possível acompanhar o último eclipse lunar parcial do ano nesta terça-feira (16/07/2019). No Brasil, o fenômeno poderá ser visto no início da noite, com auge às 18h30. Neste horário na cidade de Júlio de Castilhos, pode ser  pode ser visto nitidamente. O fenômeno será transmitido ao vivo pelo YouTube no canal Time and Date.  O eclipse poderá ser … Leia Mais


Cadastro de imprensa da Expointer 2019 começou nesta segunda-feira

Profissionais de comunicação que desejem cobrir a 42ª Expointer já podem se inscrever no cadastro de imprensa para a feira, que foi liberado nesta segunda-feira (15). O cadastro, que ficará disponível até 16 de agosto, é feito de forma separada para imprensa nacional e internacional, neste link. A retirada das credenciais antes do evento poderá ser … Leia Mais


128 anos de emancipação político-administrativa de Júlio de Castilhos


O município de Júlio de Castilhos comemora neste domingo (14) 128 anos de emancipação política. Para comemorar a data, diversos eventos vão reunir a comunidade da cidade e da região.

Os 128 anos de emancipação político-administrativa de Júlio de Castilhos, na região Central do Estado, estão sendo comemorados neste Domingo 14 de Julho, data em que, no ano de 1891, foi criado o então município de Vila Rica, desmembrado de São Martinho. A denominação mudaria para a atual em 1905, a fim de homenagear o seu mais ilustre filho – Júlio Prates de Castilhos -, falecido em 24 de outubro de 1903. Eleito pelo voto popular presidente do Estado, em 1893, “seu prestígio veio de sua cultura, sua cintilante inteligência e sua formação moral”. O patrono do município foi um dos mais influentes político da época, e um “estadista de raras qualidades”, como relata o pesquisador Firmino Chagas Costa em seu livro “Terra de Vila Rica”.
O município desenvolveu-se entre dois importantes polos: Santa Maria e Cruz Alta. A economia vocacionada para o setor primário está alicerçada na pecuária e agricultura, ocupando lugar de destaque na produção de grãos no Estado. A pecuária revela o alto nível do rebanho. Também os setores de agronegócio, comércio, indústria e serviços vêm registrando crescimento.

Júlio de Castilhos

O jovem município de Vila Rica ainda não havia completado seus 15 anos quando se decidiu por mudar seu nome. A ideia era homenagear Júlio de Castilhos, filho ilustre dessa terra, por isso, em 31 de dezembro de 1904, a cidade assume de vez o nome que permanece até os dias atuais. Porém, é preciso voltar um pouco mais no tempo para entender o que fez de Júlio tão especial a ponto de dar nome a uma cidade, já que é caso raro um município nomeado com um nome de pessoa que ali residiu.

Júlio de Castilhos nasceu em 29 de junho de 1860, na Fazenda da Reserva, situada em São Martinho, que na época ainda era distrito do Município de Cruz Alta. Estudioso e interessado em política, Júlio formou-se advogado na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – FDUSP, mas atuou com jornalista e político.

Filiado ao Partido Republicano Riograndense (PRR), sua força de líder logo o levou a assumir postos mais altos dentro da organização. Em 1891, ele elegeu-se para a Assembleia Constituinte, que seria responsável pela promulgação da Constituição do Estado.

Influenciado pelas idéias positivistas, Júlio redigiu praticamente sozinho a Constituição do Estado do Rio Grande do Sul e batalhou até sua aprovação. É a partir da promulgação deste documento que Júlio candidata-se à presidência do estado, cargo que ocupa duas vezes, em meio a golpes de estado, tensões políticas e da Revolução Federalista.


Vaca dá à luz a trigêmeos no interior de Serafina Corrêa


O nascimento de trigêmeos bovinos na propriedade do associado à Dália Alimentos, José Carlos Ziliotto, de Linha Moreira César, interior de Serafina Corrêa, chamou a atenção de toda a comunidade pelo ineditismo do fato. No início do mês de julho, uma das vacas do plantel deu à luz a duas fêmeas e a um macho. O produtor possui um rebanho constituído por 80 animais, sendo 20 animais entre terneiras e novilhas, cinco vacas secas e 47 vacas em lactação, com uma produção diária de 1.165 litros de leite. Segundo ele, foi a primeira vez que fato igual ou similar ocorreu na propriedade.

Conforme o médico veterinário da Dália Alimentos, Luciano Martins Redü, o caso é raro. “Para se ter uma ideia, em um rebanho de dois mil animais em controle leiteiro, apenas 3% registram casos de partos gemelares ou de trigêmeos durante o ano todo. Em outra situação podemos citar que 95% dos partos em fêmeas bovinas são de filhos únicos e que apenas 5% correspondem a partos gemelares, com mais de um indivíduo por gestação”.

Redü atribui a peculiaridade a diversos fatores, tais como: à inseminação artificial em tempo fixo, bastante praticada, com a utilização de hormônios visando simular um novo ciclo sem detectar cio, minimizando o tempo de conceber novamente; a pré-disposição genética de alguns indivíduos, sendo comum nestes casos o animal ter vários partos ao longo dos anos, inclusive partos gemelares, pois a vaca ovula e fertiliza dois ou mais óvulos. Outra pré-disposição consiste no estresse térmico, quando há maior ocorrência de ovulações duplas.

Entretanto, o médico veterinário alerta para o cuidado com a sanidade da vaca ao parir gêmeos ou mais filhos, além do desgaste físico que o animal sofre em gestações com essa característica. “Em casos de gêmeos ou mais crias, quando um for macho e o outra fêmea, comumente o macho se desenvolverá mais rapidamente e os hormônios, a testosterona, em 80% dos casos, prejudicará a fêmea em seu desenvolvimento fetal, causando problemas de fertilidade devido à má formação do trato reprodutivo”.

 Legenda: Ziliotto e esposa com a vaca e os trigêmeos Legenda: Animal deu à luz a duas fêmeas e um macho Fotos: Divulgação

 Fonte Assessoria de Imprensa Dália Alimentos Jornalista Carina Marques


IPE Prev corta 118 pagamentos de pensões a filhas solteiras, e recadastramento vai até outubro


No dia 7 de outubro se encerra o prazo do recadastramento obrigatório das pensionistas ativas filhas solteiras do IPE Prev. O atendimento da medida garante a continuidade de recebimento do benefício. Das 10.037 pensionistas filhas solteiras do IPE Prev – correspondem a 22% do universo de 44 mil pensionistas –, mais de 80% já se recadastraram, informa o diretor-presidente do IPE Prev, José Guilherme Kliemann. Por inconsistência de informações, 118 pensões foram cortadas pelo instituto nos últimos anos. A economia acumulada é de R$ 15,4 milhões.

O recadastramento, informou Kliemann, visa comprovar a permanência dos requisitos que justifiquem a manutenção do benefício da pensão por morte e a observância do limite remuneratório estabelecido na Constituição do Estado (parágrafo 7° do artigo 33). As 118 pensões de filhas solteiras canceladas por sindicâncias são relativas ao período de julho de 2015 a julho deste ano. Em 2018, conforme o IPE Prev, o custo médio mensal das filhas solteiras pensionistas foi de R$ 41,068 milhões, ou R$ 492,8 milhões no ano todo.

As irregularidades constatadas vieram da inconsistência de dados apuradas pela comissão de sindicância instituída pelo IPE Prev. Um exemplo é o fato de as filhas, embora se declarassem solteiras, serem casadas ou em união estável. Em 2015 foram canceladas 42 pensões, em 2016 outras 20 pensões, em 2017/2018 mais 32 pensões e até 30 de junho deste ano, 24 pensões. Em 2000, o pagamento das pensões às filhas solteiras foi extinto, isto é, não mais recebido por ninguém. Os pagamentos atuais são decorrentes do período anterior.

Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (11/7), o diretor-presidente do IPE Prev destacou a questão das aposentadorias e pensões como o principal fator de despesas do Estado. Cerca de 50% da arrecadação do ICMS, exemplificou Kliemann, são destinadas ao pagamento de benefícios previdenciários. “E a expectativa de vida dos servidores, aqui no Estado, se aproxima da observada nos países do norte da Europa, rumo aos 90 anos de idade”, ilustrou. O recadastramento, portanto, busca cumprir a determinação da lei e aprimorar a informação do planejamento financeiro.

Veja a estratificação dos pagamentos mensais de pensões a filhas solteiras:

5.187

52%

 até R$ 2 mil

2.355

23%

entre R$ 2 mil e R$ 5 mil

1.384

14%

entre R$ 5 mil a R$ 10 mil

608

6%

entre R$ 10 mil a R$ 15 mil

246

2%

entre R$ 15 mil e R$ 20 mil

280

3%

acima de R$ 20 mil


Veja o perfil das pensionistas filhas solteiras:

3.975

 39,60%

de 60 a 69 anos

2.376

23,67%

entre 50 e 59 anos

2.100

20,92%

entre 70 e 79 anos

107

entre 90 e 100 anos


Novo site

Para facilitar a vida dos pensionistas, o instituto vai lançar em setembro um novo portal. Em um pedido, em especial, às filhas solteiras, o IPE Prev apela para que forneçam o e-mail e o número do telefone celular. “O endereço eletrônico do beneficiário é uma informação preciosa. Com esses dados queremos estreitar o contato para fins de informação sobre novidades. Dentro dos próximos anos, o IPE deixará de ser analógico e passará a ser digital. Nesse período de transição vamos ajudar os pensionistas com as novas ferramentas”, disse Kliemann.

O novo site auxiliará no acesso a dados e na simplificação de caminhos aos usuários do IPE Prev. “O instituto está cada vez mais transparente em termos de informação, de datas e de números”, lembra o diretor-presidente. Várias atividades que hoje ainda exigem formulário em meio físico, ou a presença física na sede do IPE Prev, passarão a ser feitas por meio de plataformas eletrônicas como, por exemplo, o computador, tablet ou do telefone do pensionista.

Modernização

Quanto à modernização dos serviços, o instituto já implantou neste ano o autoatendimento (no térreo) com computadores e impressoras. Também foram adotadas visitas domiciliares para atender pensionistas com mais de 95 anos, residentes em grande parte entre Porto Alegre e Região Metropolitana (52% das não recadastradas residem nesta área). A visita também serviu para a renovação do benefício. Cerca de 18,93% das pensionistas não residem no Rio Grande do Sul.

Por fim, o IPE Prev está reforçando colaboração com a Polícia Civil: será firmado acordo com delegacia especializada, através da chefia de polícia, para fins de identificação de eventuais fraudes no recebimento dos benefícios previdenciários. O instituto, desde maio passado, estabeleceu parceria com o Sindicato dos Registradores Públicos do Estado (Sindiregis) que, em poucas horas, informa ocorrência de óbito de beneficiários.

Como se recadastrar

O recadastramento pode ser feito de duas formas: clicando aqui ou presencial no autoatendimento, no térreo do IPE Prev, na avenida Borges de Medeiros, 1.945, em Porto Alegre, com a orientação de servidores do instituto.

Entre os dias 27 de fevereiro e 31 de junho, 8.049 pensionistas ativas na data do recadastramento haviam se recadastrado – 2.018 não fizeram. Nesse período pode ter ocorrido de algumas ativas se tornarem inativas (não renovação, óbito, sindicância) e o contrário: inativas se tornarem ativas por atualizarem seus dados.

Texto: Heron Vidal Logo IPE Prev – Foto: Reprodução


Lar Recanto do Amanhecer realizará 1ª Festa Beneficente em J.Castilhos


O Lar Recanto do Amanhecer realizará sua 1ª Festa Beneficente, a partir do dia 10 de julho no Salão Paroquial da Igreja Matriz haverá venda de pães, cucas, doces e assados de porco. Além das vendas, no dia 14 haverá um almoço preparado com muito carinho para você levar sua família.

Para adquirir o talher basta entrar em contato com a Diretoria do Lar, Rotary Júlio de Castilhos, Rotaract, Casa Paroquial e Festeiras.

O Lar Recanto do Amanhecer é uma entidade sem fins lucrativos, filantrópica e beneficente. O “Lar” foi fundado em 28 de setembro de 1990 em Júlio de Castilhos, tendo como objetivo dar assistência social, moral e material, para idosos.

Sua missão é proteger e amparar idosos, promovendo a vida e a dignidade, proporcionando sustentabilidade e qualidade de vida.

Faça sua parte e colabore com o Lar Recanto do Amanhecer!

📌Mais informações pelos fones: 
☎️ Lar- (55) 3271-8548
📲 Adriana Rossato: (51) 995572815
📲 Graciele Piovesan: (55) 999692233

Fonte Rotaract Júlio de Castilhos Capão da Convenção

 


Plenário da Câmara aprova texto-base da reforma da Previdência por 379 votos a 131


O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou em 1º turno, por 379 votos a 131, o texto-base da reforma da Previdência (PEC 6/19). Agora os parlamentares começarão a votar os destaquesapresentados à proposta.

Os destaques podem ser de emenda ou de texto. Para aprovar uma emenda, seus apoiadores precisam de 308 votos favoráveis. No caso do texto separado para votação à parte, aqueles que pretendem incluí-lo novamente na redação final da PEC é que precisam garantir esse quórum favorável ao trecho destacado.

A matéria foi aprovada na forma do substitutivo do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que apresenta novas regras para aposentadoria e pensões.

> Veja os principais pontos do texto-base aprovado

O texto aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, aumenta as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados.

Outros pontos
Ficaram de fora da proposta a capitalização (poupança individual) e mudanças na aposentadoria de pequenos produtores e trabalhadores rurais.

Na nova regra geral para servidores e trabalhadores da iniciativa privada que se tornarem segurados após a reforma, fica garantida na Constituição somente a idade mínima. O tempo de contribuição exigido e outras condições serão fixados definitivamente em lei. Até lá, vale uma regra transitória.

Para todos os trabalhadores que ainda não tenham atingido os requisitos para se aposentar, regras definitivas de pensão por morte, de acúmulo de pensões e de cálculo dos benefícios dependerão de lei futura, mas o texto traz normas transitórias até ela ser feita.

Obstrução
A oposição obstruiu os trabalhos por ser contra os termos do substitutivo, argumentando que as regras são rígidas demais, principalmente para os trabalhadores de baixa renda.

Entenda a tramitação da proposta de reforma da Previdência

Fonte Imprensa Câmara Deputados: Foto Crédito Luis Macedo/Câmara dos Deputados