Husm suspende cirurgias eletivas até 31 de março

O Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) suspendeu, desde a manhã de hoje, as cirurgias eletivas (não-emergenciais) agendadas para ocorrerem até dia 31 de março. A decisão segue uma determinação da Secretaria Estadual de Saúde, em virtude do aumento no número de internações de pacientes com Covid-19 no Rio Grande do Sul: “ Devendo a … Leia Mais


Câmara de Júlio de Castilhos promove na terça (23) Audiência Pública

Na terça-feira dia 23 de fevereiro, às 14h no plenário Lúcio Paixão Correa – Câmara de Vereadores da Câmara Municipal de Vereadores de Júlio de Castilhos, acontece uma Audiência Pública de prestação de contas da saúde e apresentação de metas fiscais. TÍTULO: AUDIÊNCIA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DA SAÚDE E APRESENTAÇÃO DE METAS FISCAIS SERÁ … Leia Mais



Foro de Júlio de Castilhos com expediente interno em março

A Corregedoria-Geral da Justiça determinou, através do Ato nº016/2021, a realização de expediente exclusivamente interno no Foro da Comarca de Júlio de Castilhos entre os dias 1º e 5/3. O motivo é a mudança de prédio do Foro. O novo endereço é Av. Fernando Abott, esquina rua Luiz Antônio Pinto. Também foi determinada a suspensão … Leia Mais


MTG divulga locais de votação das eleições para conselhos diretor e fiscal

O Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul divulgou os locais de votação para o pleito 2021, que definirá a nova composição dos Conselhos Diretor e Fiscal da entidade. As eleições acontecerão no sábado, dia 27 de fevereiro, de forma descentralizada nas 30 Regiões Tradicionalistas. A tabela completa pode ser acessada aqui:LOCAL DE VOTAÇÃO … Leia Mais


Memória dos antigos carnavais de Tupanciretã. Carnaval regional em vagões de trem


 O BOI JAGUANÉ

   Esta figura foi criada pela trabalhadores da charqueada do seu “Marcial Terra” que idealizaram um bloco só de homens, mas tinha homens vestidos de mulher, tinha uns animais incrementar  os desfiles mas tinha só um boi de era conhecido com “Jaguané cola branca” e levava  a marca do fazendeiro apoiador e a relevância ambiental pois usavam o algodão   que vinha nas sacas de produtos para charqueada.

 

 

 

O CARNAVAL NUM VAGÃO DE TREM

    Os Clubes Comerciais de Tupanciretã, Júlio de Castilhos e Cruz Alta idealizaram e perdurou por um tempo a participação de carnavalescos em 3 dias seguidos sendo cada dia duas das cidades viajam em até dois vagões de trem  especialmente contratados para fazer festa um dia em Cruz Alta no outro em Tupã e no outro em Júlio de Castilhos no trajeto não faltava a boa musica e dança com as marchinhas de carnaval.

….no dia 10/02/1945 o Clube Félix da Cunha de Julio de Castilhos recepcionou a comitiva de Cruz Alta e Tupanciretã e por 4 anos seguindo realizaram esta integração e sempre com bom humor e festa aonde que recebia tinha que se preparar pois…

” a turma quer mesmo abafar a banca” … e fazer a “cobra fumar”! a cuíca vai roncar … e o pandeiro ha de furar…e “salve-se quem puder”! 

 

 

Fonte e fotos por: Blog Luis Afonso Costa  (Blog Lagartus

 


Defesa e proteção dos direitos dos animais foi tema de reunião em Júlio de Castilhos.


Na ultima quinta-feira (11/02/2021), no Centro Cultural Álvaro Pinto (CCAP), o vice-prefeito Carlos Rezende convocou uma reunião envolvendo entidades e pessoas para definir as diretrizes do plano de defesa e proteção dos direitos dos animais.

Estiveram presentes representantes de ONGs, OAB de Júlio de Castilhos, Brigada Militar, Presidente da Câmara de Vereadores Antônio Derlei da Silva, Secretária da Educação Susana Dutra Mello, Secretária da Agricultura(…) Ana Paula Alf Lima, Secretária da Saúde Mariela de Lemos Rosa, Secretária da Assistência Social(…) Sílvia Regina Martins Bastos, além de veterinários e voluntários.

Algumas decisões foram:
– Encaminhamento para a criação de um conselho municipal da defesa dos direitos dos animais;
– Criação de um fundo para a destinação de recursos;
– Definição de políticas de proteção e bem-estar dos animais do município;
A próxima reunião será em 30 dias

Fonte e fotos por Vinicus Ferreira Assessoria imprensa PMJC


Campeões do Crioulaço e Laço Criador ABCCC 49º Rodeio CTG Júlio de Castilhos


A  Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos ABCC, divulga Campeões do Crioulaço e Laço Criador (ABCCC) 49º CTG Júlio de Castilhos realizado no ultimo final de semana na cidade de Júlio de Castilhos na região central do Rio Grande do Sul;

Crioulaço – Júlio De Castilhos/RS

Jurados: Elias Leal e Roberto Assunção da Costa

Inspetor Técnico: Thiago Orlando

1º LUGAR

Rafael Santos montando Índia da Agro Lua Cheia e Gilnei Padilha montando Camb Tapado

2º LUGAR

Bruno Gomes montando Guadalupe do Correntino e Ricardo Vale Astigarraga montando Elena 44 da Sorsul

3º LUGAR

Eduarda Lima montando Amargura do Itao e Simar Lima montando Santa Ophelia Diamante

[DEMAIS PARTICIPANTES]

– Eduarda Lima montando Chora Morena Argentina e Silmar Lima montando JBS Nazarena

– Angelito Hernandez montando São Xavier El Rincon e Arilson Machado montando Capão da Divisa Vagalume

– Felipe Rodrigues montando Camb Torena e Angelito Hernandez montando Itapitocai Honorio

– José Vitor Somavila montando Légua e Meia Taruma e Lucas Both montando Langa Chaua Taruma

– Giovane Baioto montando Nobreza do Passo Real e Gilnei Padilha montando FPL Príncipe

– Fabiano Machado montando Espoleta 984 da Capororoca e Guilherme Batu montando Betania dos Castanheiros

– Jaime Mezomo montando CLC Galopeira e Luis Augusto Neu montando Ianque 1528 Maufer

– Arthur Gelain montando Estadia do Xiniquá e Pablo Barcellos montando Quebracho da Rio Bonito

– Gabriel Alves montando Desaforada da Inhandiju e Luiz Carlos da Silva montando Camélia do Itaó

– Valter Mello montando VJV Charmosa da Carqueja Branca e João Paulo Pacheco montando PCGS Cacique

– Rogério Brum montando Jeitoso do Rincão do Palma e Mauro Fagundes montando Quimera da Edugaral

– Renato Salles montando Formosa do Lampião e Manuel Saldanha montando Altaneira da Nova Palma

– José Vitor Somavila montando Nhanduva Taruma e Lucas Both montando Nina Linda Taruma

– Gustavo Mello montando Manoelita da Edugaral e Daniel Both montando GDB Fuxico

– Antonio Luis Antonello da Silva montando Ternurinha ADS e João Pedro Dalepiane da Silva montando NV Labia

– Helcio Barros montando Gago da Fivela e João Paulo dos Santos montando Queridinha do Guassupi

Laço Criador – Júlio De Castilhos/RS

Jurados: Roberto Assunção da Costa

Inspetor Técnico: Thiago Orlando

1º LUGAR

Augusto Peixoto montando AFP Sonhadora do Pinheiro

2º LUGAR

Augusto Peixoto montando AFP Balaço

3º LUGAR

Maurício Leandro Fagundes da Silva montando Faca na Bota de São Graciano

[DEMAIS PARTICIPANTES]

– Vinícius Rosa montando Pérola Negra da Dom Taltibio

– Rodrigo Souza Machado montando RERM Baioneta

– Regis Diniz Portella montando Amuleto da Balança

– Maicon Pinheiro montando Carinhosa da Rapa

– Lander Moro Bulegon montando Entonada do Lampeão

– Renato Salles Ribeiro montando Bela Moça do Aracaju

– Theodoro Schneider montando Sul Campo Armada

– Luiz Carlos Silva montando LRS Atrevida

– Sérgio Rodrigues de Ávila montando Lanceira Dom Amaro

– João Paulo Pacheco da Silva montando PRGS Cacique

– Tiago Machado de Oliveira montando Estrela do Rincão da Palma

– Marcelo Dutra Mello montando Clave de Sol da Guaiaca

– Regis Menegasi montando Bocaverá Princesa

– Carlos Alberto Barbosa Filho montando Brasão do Alambrado

– Roberto Barbosa montando Dádiva do Alambrado

– Sérgio Rodrigues de Ávila montando Guapa Dom Amaro

– Luiz Stefanello Segatto montando FPL Príncipe

– Lander Moro Bulegon montando Feiticeiro do Lampeão

 

Fonte ABCCC Foto Ilustrativa Créditos Fagner Almeida


Moradores comentaram nas redes sociais sobre estranhos pontos luminosos.


Satélites Starlink, da SpaceX, registrados por telescópio em Taquara — Foto: Observatório Heller & Jung / Divulgação Reprodução 

Moradores de Júlio de Castilhos na região central do Rio Grande do Sul e outras cidades da região e do Brasil olharam para o céu no ultimo final de semana intrigados. Duas linhas paralelas com mais dezenas estranhos pontos brilhantes cruzaram o espaço aéreo e desapareceram noite adentro. Os castilhenses registraram em fotos e com postagens nas redes intrigou e gerou dúvida do que seria essas luzes no céu.

Segundo o Portal “tecmundo” desde o ano de 2020, muitas pessoas têm visto luzes no céu em todo o Brasil, algumas delas até chegando a se assustar com o “fenômeno”. Mas não se trata de OVNIs nem de nenhuma pegadinha: são os satélites Starlink, de Elon Musk, cruzando o espaço aéreo brasileiro.

O trilho de satélites já foi fotografado em várias partes do planeta.

Fonte Portal Tecmundo e G1

Foto: Arquivo Observatório Heller & Jung / Divulgação Reprodução

Nova remessa de 193,2 mil vacinas CoronaVac chega ao Estado neste domingo (7)


– Foto: Luís André/Palácio Piratini

O Rio Grande do Sul recebeu, na manhã deste domingo (7/2), 193,2 mil doses da CoronaVac, do Instituto Butantan. O avião com os frascos chegou ao Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, às 10h50. Com esta quarta remessa de vacinas contra a Covid-19 enviada pelo Ministério da Saúde (MS), o governo do Estado iniciará a segunda fase de imunização, incluindo idosos acima de 85 anos, além de ampliar a cobertura dos profissionais da saúde.

Do aeroporto, as doses seguiram para a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi). A distribuição para as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) será realizada no início da manhã de segunda-feira (8/2), com a mesma logística utilizada nas outras vezes, com apoio aéreo e terrestre.

WhatsApp Image 2021 02 07 at 12 34 43Do aeroporto, as doses seguiram para a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos – Foto: Luís André/Palácio Piratini

As coordenadorias 1ª (Porto Alegre), 8ª (Cachoeira do Sul), 13ª (Santa Cruz), 16ª (Lajeado), 18ª (Osório) e a Secretaria Municipal de Saúde da capital têm prevista a retirada das doses por via terrestre. As demais serão distribuídas com aeronaves da Brigada Militar e da Polícia Civil. A previsão é de que todas as CRSs estejam em posse dos frascos no início da tarde de segunda.

Idosos e profissionais da saúde

A expectativa, com a nova remessa, é vacinar 43% dos idosos com 85 anos ou mais (cerca de 150 mil pessoas) e, ainda, atingir 78% do grupo de profissionais da saúde (mais 44,3 mil doses para esses trabalhadores). A região do Litoral receberá a quantidade equivalente para vacinar 100% das pessoas da faixa-etária desta fase, levando em consideração um grande volume de idosos que está com residência na praia, até mesmo em função do verão e da pandemia, explicou a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Todas as 193,2 mil doses serão repassadas e utilizadas para a primeira aplicação, sem reserva pelo Estado – Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Diferentemente da primeira remessa de vacinas recebidas, todas as 193,2 mil doses serão repassadas e utilizadas para a primeira aplicação, sem reserva pelo Estado. “Estamos seguros de receber doses suficientes em tempo hábil para a segunda aplicação de todos que receberem a primeira”, explicou a diretora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde, Cynthia Molina Bastos.

Cabem às prefeituras organizar a aplicação das doses e divulgar aos moradores como ocorrerá o processo em cada município, seja de forma presencial nas unidades de saúde, por drive-thru ou outro formato. A recomendação da Secretaria da Saúde (SES) é para que seja feito um pré-cadastro da população-alvo e, se possível, com agendamento prévio, de forma a evitar aglomeração nos locais de vacinação e também desperdício, já que cada frasco-ampola da CoronaVac contém dez doses que devem ser aplicadas de forma sequencial e imediata. Além disso, a SES reforça a necessidade de cadastrar cada dose aplicada no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) e no formulário de controle do Estado.

“É importante que todos estejam atentos à forma como o seu município se organiza para garantir a imunização dos idosos das suas famílias, e os municípios devem estar comprometidos a organizarem para que essa vacina chegue às pessoas que estão nessa faixa etária, mais de 85 anos, de forma adequada, sem gerar situações de aglomeração”, reforçou o governador Eduardo Leite durante transmissão ao vivo nas redes sociais na última sexta-feira (5/2).

Painel de vacinas

Com as 511,2 mil doses já recebidas, o Estado vacinou até agora quase 230 mil pessoas com ao menos a primeira dose. São 187 mil profissionais da saúde, 33,2 mil moradores de instituições de longa permanência para idosos (ILPIs), 7,8 mil indígenas e 1,4 mil pessoas portadoras de deficiência institucionalizadas.

Esta remessa de vacinas é a quarta recebida pelo Estado – Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Esta é a quarta remessa de vacinas recebidas pelo Estado. O primeiro lote, com 341,8 mil vacinas CoronaVac, chegou em 18 de janeiro. Outras 116 mil vacinas da Oxford/AstraZeneca foram recebidas em 24 de janeiro, e a terceira remessa, 224,2 mil doses da CoronaVac, no dia 1º de fevereiro.

Acompanhe a atualização diária de vacinas recebidas, distribuídas e aplicadas no RS em vacina.saude.rs.gov.br.

Texto: Marília Bissigo/Ascom SES