Dia 26 de janeiro em Pinhal Grande acontece o Baile Do Chopp

A Sociedade Recreativa Cultural Alvorada convida você para prestigiar o baile do chopp com escolha de rainha e princesas do chopp, animada pela Banda Santa Cruz, no Salão Paroquial Bairro São José. Dia 26 Janeiro 2019 NÃO PERCAM ESSE BAILÃO 🍺🍺 ➡️ O chopp será BRAHMA. ➡️Hora do desfile: 22 horas ➡️Hora do baile: 23:30 … Leia Mais


Grupos da Melhor Idade de Júlio de Castilhos planejam o ano de 2019.

Aconteceu na ultima terça-feira dia 15 de janeiro de 2019, às 9 horas, junto ao Centro de Convivência da Melhor Idade – CCMI, reunião com os Coordenadores dos Grupos, Equipe da Melhor Idade e Secretária Municipal da Assistência Social e Habitação senhora Denise Zulian, nesta  reunião foram tratados os seguintes assuntos: – Prestação de contas das … Leia Mais


Dia 10/02 tem Yoga, Meditação e Autoconhecimento no Jardim das Esculturas

Cá estamos nós animad@s para iniciarmos o ano dando sequência ao lindo encontro, projeto e sonho de integrar Yoga, Meditação e Autoconhecimento com a sabedoria e energia que o Jardim e seus “jardineiros” mestres (alô Rogério e Gi!) nos proporcionam. Clique ao “final” deste texto que aparece visível para você para ter acesso às informações … Leia Mais


15º Jogos Rurais no assentamento Alvorada deve reunir centenas de pessoas

O assentamento Alvorada será palco da 15ª edição dos Jogos Rurais de Júlio de Castilhos, município distante 342 quilômetros de Porto Alegre (RS).  Os tradicionais jogos e brincadeiras, acontece no dia 27 de janeiro de 2019 e têm o objetivo de oportunizar o lazer e a confraternização entre as comunidades rurais do município. 09 comunidades, sendo … Leia Mais


Marca centenária de refrigerante de Santa Maria voltará às atividades neste ano


A Cyrilla, marca de refrigerantes de Santa Maria, voltará às atividades em setembro deste ano. A expectativa é do empresário Tonho Saccol, um dos sócios-proprietários do investimento, que está à frente da retomada da marca centenária. Nascida em 1910, as atividades se encerraram em 2008. 

Nos últimos cinco anos, Tonho Saccol e mais dois sócios colocaram recursos próprios no investimento, que fica no bairro Itararé, endereço onde a empresa iniciou as atividades ainda no século passado. O investimento realizado na compra da Cyrilla, ainda que o sócio do empreendimento não revele valores, é milionário, assegura Saccol. 

Segundo ele, as instalações do prédio – que foi comprado pelo trio de empresários – estão praticamente concluídas. Mesmo assim é aguardada a liberação, em até três meses, de um empréstimo junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) para que sejam comprados os aparelhos que serão utilizados na linha de produção – como, por exemplo, as máquinas que envasam as bebidas. 

Conforme Tonho Saccol, uma vez iniciadas as atividades, serão elaborados mais de uma dezena de produtos: refrigerantes de guaraná (normal e zero açucar), cyrilla (laranja e uva), água tônica, água gaseificada e ainda a clássica cyrillinha (com óleo essencial de casca de laranja). Eles serão ofertados em pet de 2 litros, garrafinhas de vidro e ainda em lata. 

— É importante que se diga que o carro-chefe será a casca de laranja. Só que, com o passar do tempo, e a evolução, iremos nos valer de óleo essencial de laranja. É ainda uma qualidade muito maior do que, até então, se tinha — disse o empresário à reportagem. 

A expectativa é que, pelo menos, 20 postos de trabalho sejam abertos. E, para 2020, a ideia é que se viabilize uma segunda linha de produção dos refrigerantes que serão oferecidos para a região central e quarta colônia.

Ainda no começo dos anos 2000, a empresa fechou em decorrência de crimes tributários cometidos por um dos donos da Cyrilla da época. Entre os crimes, na tentativa de burlar o ICMS, estaria a utilização de notas de outras empresas para vender refrigerantes. Em 2012, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) autorizou a União a penhorar a marca Cyrilla. Conforme a decisão, quando não existem bens ou ativos financeiros que garantam o débito da empresa e esta tiver sido dissolvida de forma irregular, é possível a penhora da marca.

Fonte por: Marcelo Martins Portal GaúchaZH. Imagem reprodução redes sociais (Ilustrativa)


Parque João Vieira, um dos principais pontos de lazer de Júlio de Castilhos


Júlio de Castilhos, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Turismo e Meio Ambiente, a cada dia vem trabalhando na ornamentação do Parque João Machado Vieira, um dos principais pontos de lazer dos munícipes.

O Parque da Cidade João Machado Vieira, um dos principais pontos turísticos de Júlio de Castilhos, é uma opção de lazer nas férias de verão, para os castilhenses que ficaram na cidade durante o verão. 

Com uma exuberante área verde e clima ameno, o Parque da Cidade recebe visitantes de Júlio de Castilhos e todas as regiões e outras partes do Brasil, que aproveitam o local para se divertir e realizar suas atividades. Entre as atrações, o Parque oferece área para piqueniques e o tradicional chimarão.

O parque oferece ainda academia ao ar livre adulto e infantil, parquinho, trilhas para caminhada e bike.

Foi construído dois sanitários e recentemente a Secretaria de Agricultura colocou no Parque alguns brinquedos de madeira para aumentar a área de diversão da criançada, complementando os brinquedos da pracinha.

Aos poucos vamos trabalhando para deixar o Parque um local adequado e aconchegante para as famílias e amigos usufruírem como já vem ocorrendo diariamente nos finais de tarde.

 Os castilhenses e visitantes, aproveitam a folga no serviço e de férias,  levam seus filhos, amigos e parentes, para brincar no Parque. “O Parque é ótimo para trazer as crianças para brincar, pois é bem extenso e tem várias opções de lazer”, afirmam os frequentadores do local.

O Parque da Cidade também é destino dos praticantes de atividade física. Adeptos da caminhada, escolhem o Parque da Cidade para a prática da modalidade, mas, durante as férias, os filhos têm prioridade.


Frota gaúcha envelhece e reduz. Júlio de Castilhos tem 11.950 veículos


Ainda não estamos próximos de um crescimento negativo, capaz de inverter a curva sempre ascendente da frota gaúcha. No entanto, ao examinar a série histórica dos últimos dez anos, a redução do número de novos veículos é sensível. Enquanto do ano de 2009 para 2010 o crescimento médio da frota foi de 6,6%, o de 2017 para 2018 foi de apenas 3% – menos da metade. A virada se dá de 2012 para 2013, quando o crescimento médio anual passa dos 6,8% para 6,4%, iniciando a curva descendente. A continuar essa tendência, o DetranRS projeta para fevereiro de 2020 uma frota de sete milhões de veículos. Em dezembro de 2018, esse número era de 6.772.764 veículos.

Dando continuidade a essa tendência, 2014 registrou o crescimento médio de 5,3%, 2015 de 3,5%, 2016 e 2017 foram anos com 2,7% de crescimento, o menor da série, e 2018 apresentou leve crescimento, com média de 3%. Considerando a divisão da frota por tipos de veículos, cabe analisar se o decréscimo se dá uniformemente ou se difere de um tipo para o outro.

Assim, quando se analisa o crescimento da frota dividida em tipos de veículos, percebe-se que automóveis e caminhões sofreram pequena variação quanto a seu volume no conjunto dos veículos gaúchos: os carros em 2009 representavam 62% da frota e passaram a ser 61% em 2018; os caminhões eram 5% e passaram a 4%. Já motocicletas sofreram variação maior no período, reduzindo sua participação de 20% para 17%. Em sentido contrário, os utilitários e caminhonetes aumentaram sua participação na frota, passando de 9% para 13% nos últimos dez anos. Ônibus e microônibus mantiveram-se na proporção de 1% da frota, e reboques e semirreboques passaram de 3% a 4%.

Confira a frota de veículos do município de Júlio de Castilhos, com dados atualizados até Outubro de 2018, pelo Departamento Nacional de trânsito (DENATRAN)

Júlio de Castilhos tem total de 11.950 veículos. Confira ainda por tipo no município castilhense da região central do Rio Grande do Sul.

6,253 Automóvel, 728 Caminhões,  308 Caminhão/Trator, 1.815 Caminhonetes, 344 Camioneta, 1.375 Motocicletas, 153 Motonetas, 84 ônibus, 518 Semi-Reboques

A frota gaúcha está envelhecendo: 21,3% dos veículos têm mais de 30 anos de fabricação. Em 2009, a porcentagem de veículos com mais de 30 anos era de 19% somente. Quando pensamos em veículos novos, aqueles com menos de um ano de fabricação são hoje menos da metade do que eram em 2009: 2,3% da frota em 2018, contra 5% há dez anos. Na mesma linha, os veículos entre um e cinco anos de fabricação, que em 2009 representavam 20,1% da frota, em 2018 eram somente 12%. Veículos entre 15 e 20 anos passaram de 10,6% para 12% e aqueles entre 20 e 30 anos de fabricação, que eram 8,5% em 2009, saltaram para 11,7% no ano passado.Idade da frota

Frota em milhões

Frota do RS 2009-2018
Variação da frota

Variação da frota do RS
Frota por tipo

Frota do RS por tipo de veículo
Tabela

Variação da frota do RS por tipo de veículo
Idade dos veículos em circulação

Idade da frota gaúcha
Fonte e Foto: Arquivo DetranRS
Dados DENATRAN
Fotos de J.Castilhos arquivo ilustrativas

47º Rodeio Estadual CTG J.Castilhos será ao vivo pela TV Relho Gaúcho


Tradicionalismo e atividades campeiras estarão em evidência o mês de Janeiro e Fevereiro de 2019, em Júlio de Castillhos na região central do Rio Grande do Sul.

A invernana campeira e a patronagem do CTG Júlio de Castilhos, realiza o seu 47º Rodeio Crioulo Estadual, com programação que se estende de quinta-feira, dia 31 de janeiro de 2019, a domingo dia 03 de fevereiro de 2019, com mais de R$ 35.000,00 em prêmios.

Haverá provas por Modalidades, Equipe, LaçoDupla, Soberanas do Laço, Laço Quarto de Milha, Fivela de Ouro, além disso, uma das provas mais aguardadas pelo público é a gineteada. Vários ginetes vão disputar mais uma edição do Garronaço de Esporas.

No sábado dia 02 de fevereiro, o 47º Rodeio Crioulo Estadual recebe na sua sede social, show com músico e compositor de música nativista e crioula do nosso Rio Grande do Sul, o castilhense Guto Gonzales.

São esperados milhares de laçadores nos quatro dias da festa campeira em Júlio de Castilhos.

Com a aprovação da patronagem CTG Júlio de Castilhos, conselho de vaqueanos e invernada campeira imbuídos de fazer com que o 47º Rodeio Crioulo CTG Júlio de Castilhos, cresça ainda mais, terá transmissão ao vivo pela TV Relho Gaúcho, para que o evento possa dessa forma divulgar melhor as provas campeiras e gineteadas e também divulgar as empresas que estarão patrocinando o evento.  Todas as provas estarão sendo ao vivo em tempo integral.

A TV Relho Gaúcho é um canal (Internet) voltado a divulgar o tradicionalismo e o esporte que mais cresce no Brasil.

Veja a programação campeira do evento nas fotos abaixo


3º Garronaço de Esporas, é atração do 47° Rodeiro Estadual CTG J.Castilhos


Além das provas de tiro de laço, a gineteada é a grande atração do 47° Rodeiro Estadual do CTG Júlio de Castilhos. A festa campeira em Júlio de Castilhos, conta com programação que se estende de quinta-feira, dia 31 de janeiro de 2019, a domingo dia 03 de fevereiro de 2019, com mais de R$ 35.000,00 em prêmios.

A Patronagem do CTG Júlio de Castilhos, promove e convida para o 3°GARRONAÇO DE ESPORAS junto ao 47°Rodeio Estadual .
Nos dias 1, 2 e 3 de fevereiro 2019 a pista de rodeio vai tremer com a cavalhada da Tropilha Rama Negra,de Formigueiro, de propriedade de Renato Burmann 
Serão 5 mil reais em prêmios: 
1°lugar – 2.500,00 + bombacha + troféu 
2° lugar-1.200,00 + bombacha + troféu 
3° lugar -800,00 + bombacha + troféu
Melhor gineteada sexta classificatória- troféu
Melhor gineteada sabado classificatória-troféu
Ginete associado do CTG Júlio de Castilhos com maior pontuação no rodeio – bombacha
Todas as bombachas mais a venda dos palanques patrocinadas pelo Rancho Sureño.
Serão 28 montarias de pelo na classificatória, sendo 14 na sexta-feira (01-02), 14 no sábado (02-02)e domingo a semi-final e final….
Inscrições-250,00 via depósito bancário até (25-01-19 )somente com Renato Burmann (55)999969232 Agência-0501
Variação-013
Conta-00256399-7
OBS.: CAMPANA A FERRO

Fotos por: ( Rogel Machado Pezzini )