UFSM convida servidores para atuarem em força-tarefa no HUSM

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) convida servidores para atuarem em força-tarefa, vinculada ao Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM-EBSERH), enquanto persistir a demanda gerada pela pandemia do COVID-19.  A força-tarefa necessita de servidores das seguintes áreas: Biólogos, Químicos, Enfermeiros, Farmacêuticos, Médicos Veterinários, Médicos, Psicólogos, Assistentes Sociais, Técnicos em Enfermagem, Técnicos em Farmácia e … Leia Mais






IFFar publica lista de candidatos classificados em 2ª chamada nos técnicos integrados


O IFFar publicou a lista contendo a relação de candidatos classificados em 2ª chamada no Processo Seletivo dos Cursos Técnicos Integrados. Os estudantes aprovados devem confirmar vaga até sexta-feira, 5 de março.

A lista dos candidatos classificados em 2ª chamada está disponível no Edital nº 063/2021, disponível neste link.

Os candidatos classificados devem confirmar vaga do dia 3 ao dia 5 de março, ou seja, entre a quarta e a sexta-feira desta semana. A confirmação de vaga é feita pela internet, através do sistema de inscrição. As instruções sobre como confirmar a vaga estão disponíveis no edital. Também é possível ver as orientações para a confirmação da vaga neste link – as datas do link anterior referem-se ao período de confirmação de vaga da 1ª chamada, mas as instruções são as mesmas.

Fonte  por Assessoria de Comunicação IFFar (Portal IFFar)


Pinhal Grande completa 29º Aniversário de Emancipação Político-Administrativa


Os Poderes Executivo e Legislativo e Entidades Sociais de Pinhal Grande/RS, têm a honra de convidá-los(as), juntamente com suas famílias para participarem dos eventos comemorativos ao 29º Aniversário de Emancipação Político-Administrativa do município.

A programação que vai de 08 a 20 de março, terá na sua grande maioria atividades online e os eventos com presença de público, terão o número de participantes limitados devido a pandemia.

PROGRAMAÇÃO

 08/03 – SEGUNDA-FEIRA

9 horas – Abertura oficial do 29º aniversário de Pinhal Grande, com pronunciamento das autoridades.

Local: Saguão da PM de Pinhal Grande

15 às 17 horas: “Encontro Estadual de Mulheres Rurais”, palestra on line com a Dr. Joice Graciele Nielson.

Promoção: EMATER-RS/ASCAR.

 09/03 – TERÇA-FEIRA

– Lançamento da enquete para escolha do nome do Museu Municipal.

Locais de votação: Virtual: Página “Pinhal Grande” no Facebook.

Manual: Locais de exposição.

– Exposições temáticas públicas, de peças do Museu Municipal.

Locais de exposição: Agências Bancárias, Prefeitura, Sindicato dos Trab. Rurais e Câmara de vereadores.

– Enquete e exposição até dia 16/03

Organização: DCTDL.

10/03 – TERÇA-FEIRA

14h – “XIV Encontro Regional de Mulheres Trabalhadoras Rurais”.

Tema: “Violência contra Mulher” e “SUS e suas complicações”.

Local: Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

*Transmissão on line e para um grupo representativo presencial.

Organização: Sind. dos Trab. Rurais

 13/03 – SÁBADO

7h30min – 11h30min – Programa “Nossa Gente, Nossa Terra”, ao vivo pela Rádio Interativa de PG. Participação de artistas locais.

*Fazer inscrição até o dia 12/03 na Casa de Cultura ou na Rádio.

Local apresentações: Rádio Interativa FM, PG.

Organização: DCTDL e Rádio Interativa.

 14/04 – DOMINGO

9 horas – Passeio ciclístico em homenagem a Pinhal Grande.

– Praça do Bairro Limeira, até o Moinho Rubin.

Organização: DCTDL, SM da Agricultura, André Dalcin

 16/03 – TERÇA-FEIRA

9 horas: Inauguração da 1ª etapa da Obra de Revitalização da Praça Campos Salles do Bairro Limeira.

Local: Praça Campos Salles, Bairro Limeira.

Organização: Secretaria Municipal de Obras e Serviços públicos.

10 horas: Entrega da Escavadeira Hidráulica à SM da Agricultura, Indústria e Comércio.

17/03 – QUARTA-FEIRA

14h – “XVII Encontro Municipal de Mulheres”.

Tema: “Violência contra Mulher” e “SUS e suas complicações”.

Local: Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

*Transmissão on line e para um grupo representativo presencial.

Organização: Pref. Mun. e STR.

 20/03 – SÁBADO

18h às 22h – “Música a domicílio”: Show ao vivo com os grupos “Trio Nativo” e “Accordeon”, sobre um trio elétrico percorrendo as ruas da cidade.

Locais: Bairro Limeira, Vila Jardim, Loteamento Alberto Pasqualine, Bairro Integração, Bairro São José.

Organização: DCTDL

E MAIS:

– Lançamento do Bolão Municipal (Aguardar edital)

– Mostra da nova gravação do Hino Municipal (pelas redes sociais, páginas oficiais e rádio, em data a ser definida)

– Mensagem on line em vídeo, do sr. prefeito e da Corte de Soberanas (em páginas oficiais, redes sociais, do dia 08 a 20)

– Lançamento do concurso fotográfico “Pinhal Grande em lentes”. – Aguardar publicação do edital e regulamento completo, com período de Inscrições e premiação, no site da pref em data a ser definida.

– Início dos cursos de música – Fazer inscrição na casa da cultura a partir do dia 15 de março, segunda-feira.

*ATENÇÃO*

Devido a pandemia do COVID-19, as atividades e eventos de comemoração do 29º aniversário de PG estão limitadas. Orientamos que as pessoas permaneçam em suas residências e acompanhem os eventos via Internet, rádio e ao vivo, respeitando as regras de prevenção.

Realização: Prefeitura Municipal de Pinhal Grande – Departamento de Cultura, Turismo, Desporto e Lazer

Fone: (55) 3278-1123

E-mail: [email protected]

Fonte e foto por: Assessoria Imprensa PMPG (Site) Divulgação


Husm transfere pacientes da UTI Covid para nova Central e amplia número de leitos


Em cerimônia restrita, sem convidados, o Colegiado Executivo do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), junto com as equipes de transferência, realizaram a abertura dos 20 leitos Covid na nova Central de UTIs, na manhã desta sexta-feira (26). Às 9h16min, chegava às novas instalações o primeiro paciente transferido da UTI Covid.  A UTI Covid instalada – provisoriamente – no Pronto-Socorro do hospital, em abril do ano passado, atendia 15 pacientes. Com a transferência para as novas instalações, no segundo andar, foi possível aumentar a oferta em mais cinco novos leitos.

Para o reitor da UFSM, Paulo Burmann, essa obra é de importância estratégica indiscutível e entregá-la nesse momento, em que o Estado mais precisa, é crucial.

– É um trabalho de muitas mãos e estamos todos envolvidos e preocupados com a situação atual. Desde o início da pandemia, a Universidade, juntamente com o HUSM-EBSERH, vem desenvolvendo diversas ações no enfrentamento ao coronavírus. E essa obra é mais um exemplo disso. Muitos esforços foram concentrados na missão de concluir a “nova CTI” e assim colocar mais leitos, com qualidade e segurança a serviço da saúde da população e, hoje, com êxito, podemos disponibilizá-la à comunidade em meio a esta gravíssima crise sanitária. Depois de 10 anos de obra, onde descumprimentos contratuais que exigiram recisões sucessivas constituíram os entraves que justificaram a demora e os prejuízos inerentes, finalmente o ensino e assistência reforçam e qualificam seus espaços e sua infraestrutura. Um esforço conjunto do Ministério Público Federal, da AGU/PGF-UFSM, da Pró-reitoria de Administração e da Pró-reitoria de Infraestrutura foi decisivo para a retomada que levou à sua conclusão. Foram fundamentais, igualmente a atuação e apoio orçamentário da EBSERH e sua Presidência e o aporte de recursos do MEC para aquisição de importante parte dos equipamentos, ambos por gestão da UFSM.

– A abertura da Central de UTIs não poderia ocorrer em momento mais oportuno. Em que o Estado enfrenta uma situação delicada de falta de leitos hospitalares. É um momento histórico, porque somos referência para mais de 1,5 milhão de habitantes – afirma Elaine Resener, superintendente do Hospital Universitário de Santa Maria.

– A importância desses leitos é garantir maior acesso à população. Impossível não destinar todas estruturas disponíveis para atendimento da comunidade – complementa a gerente de Atenção à Saúde do HUSM, Soeli Guerra.

Para garantir a segurança dos pacientes e dos profissionais, a transferência foi planejada nos mínimos detalhes. Foram montadas três equipes para monitorar os pacientes desde a saída da UTI Covid, o trajeto de 50m do térreo ao segundo andar, até a instalação na nova área. Os mais estáveis foram transferidos primeiro. Na sequência, seguiram os 8 pacientes em ventilação mecânica.

O primeiro paciente, natural de Jóia, um homem de 41 anos, ocupou o leito de número 8. Às 11h24min, cerca de 2h depois, os demais estavam todos instalados, sem nenhuma intercorrência.

A abertura dos cinco novos leitos contou com o apoio da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que autorizou a compra de equipamentos e contratações emergenciais para compor as equipes.

– Colocamos em uso nossos equipamentos reservas e uma equipe de engenharia clínica para consertos e revisão dos equipamentos em tempo real, enquanto aguardamos a chegada dos novos, adquiridos pela UFSM. Quanto a equipe, estamos redistribuindo os profissionais experientes, que estão fazendo carga horária adicional para fechar as escalas, até a contratação – já liberada pela Ebserh – de novos profissionais mediante Processo Seletivo Simplificado – garante a gerente de Atenção à Saúde.

Outra novidade foi que o HUSM colocou à disposição do Estado o espaço que vagou no Pronto-Socorro, após a transferência dos pacientes para a nova Central de UTIS. Existe a possibilidade, ainda sem data definida, da abertura de 15 leitos clínicos no local.

– Disponibilizamos o espaço físico, devido à gravidade e ao avanço na Pandemia, mas precisamos de toda infraestrutura desde cama até monitores e respiradores – explica Soeli.

A superintendente do HUSM ressaltou ainda que, além do papel fundamental na assistência ao paciente, a nova Central de UTI – que prevê a abertura de 82 leitos no total, após a transferência dos pacientes das UTIs Adulto, Coronária, Pediátrica e Neonatal – é indispensável à formação de novos profissionais.

– Essa pandemia evidenciou a falta de profissionais nas áreas de intensivismo, emergência e Pronto-Socorro. Em muitos locais existe a possibilidade de contratação e não há candidatos. Temos o compromisso de formar aqui bons profissionais. As instalações da nova central de UTI são o que existe de mais moderno em relação a arquitetura hospitalar na área. Temos condições de formar uma especialista de altíssima qualidade, devido a incontestável qualidade dos nossos profissionais e preceptores.

O que dizem as autoridades

O prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobon, relata que mais uma vez o trabalho da UFSM apresenta resultados:  “a nova Central de UTIs do Husm reforça a estrutura de Santa Maria para que a cidade se consolide, ainda mais, como um polo regional de serviços de saúde. E o começo do funcionamento da Central, com a inauguração de cinco novos leitos, neste que é o pior momento da pandemia no Estado, é um incremento fundamental na difícil batalha contra a Covid-19. A Prefeitura agradece, e muito, o esforço feito pela Ebserh, UFSM e todos os gestores do Husm, para que esta obra realmente saísse do papel e fosse entregue à comunidade santa-mariense”

A trajetória para conclusão da obra

Desde 2013 – quando iniciou a obra –, uma série de questões atrasou sua conclusão, como contratos que não foram cumpridos, problemas de projeto e execução, além de licitações sem interessados.

Em março de 2020, frente à situação do novo coronavírus, a UFSM e o HUSM-EBSERH se reuniram com o Ministério Público Federal e a Advocacia-Geral da União na busca de agilizar a conclusão da obra. Foi viabilizado um contrato emergencial e uma empresa se habilitou. Em abril, a obra foi retomada. Oito meses depois, finalizada e entregue pela Pró-Reitoria de Infraestrutura da UFSM à Superintendência do HUSM-EBSERH. O local ainda necessitava de equipamentos, móveis e vistoria técnica, para a transferência dos leitos.

A entrega da Central de UTIs foi resultado da conjugação de esforços feitos, ao longo dos últimos 7 anos, de várias instituições públicas e privadas. A obra iniciou com a destinação de cerca de R$ 2 milhões do Ministério da Educação (MEC), através da UFSM, em 2013. 

Em 2017, foram repassados R$ 703 mil pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Em 2019, em visita às obras da Central de UTIs, o atual presidente da EBSERH, General Osvaldo de Jesus Ferreira, comprometeu-se com o financiamento para conclusão da mesma. Foram repassados R$ 732 mil, em 2019, e R$ 2,1 milhões em 2020.

Após a finalização da obra, restava a aquisição de equipamentos e mobiliário, que exigiu um investimento de cerca de R$ 13,6 milhões.  Este recurso foi investido através da UFSM, como verbas oriundas do Governo Federal para ações de enfrentamento à Covid-19, bem como através de aportes financeiros da EBSERH.

Além dos esforços conjuntos da UFSM, através do reitor, da Pró-reitoria de Infraestrutura, Pró-Reitoria de Administração e seus órgãos executivos (DEMAPA e DCF), e do Hospital Universitário de Santa Maria, também apoiou a ação a Empresa Linea Studio, com o projeto dos móveis dos ambientes da Central.

Representando o interesse coletivo, sobretudo em virtude da pandemia COVID-19, o Ministério Público Federal apoiou a agilização da obra, assim como a Prefeitura Municipal de Santa Maria e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Texto: Mariângela Recchia (Jornalista HUSM-EBSERH) e Solange Prediger (Relações Públicas UFSM)

Fotos: Mariângela Recchia (Jornalista HUSM-EBSERH) 


Hospital de Júlio de Castilhos continua com visitas aos enfermos suspensas


O Hospital Bernardina Salles de Barros, em Júlio de Castilhos, está com as visitas aos enfermos suspensas desde o dia 16 de março de 2020, para evitar exposição ao coronavírus. 

Na sexta-feira 26 de fevereiro, o Hospital Bernardina Salles de Barros, divulgou novo comunicado, reforçando que continuam suspensas as visitas, podendo permanecer apenas um (01) acompanhante por leito e acompanhantes somente com idade inferior a 60 anos.

Segundo a nota está proibida a circulação de menores de doze (12) anos de idade nas dependências do hospital, exceto para atendimento.

O hospital de Júlio de Castilhos, na ultima quinta-feira (25) divulgou que conta com 12 leitos COVID, estando 5 leitos ocupados e 7 livres.

O Hospital Bernardina Salles de Barross, solicita ainda a comunidade castilhense e regional que procure os serviços hospitalares apenas em casos de “Urgência”, evitando a circulação e aglomeração de pessoas nas dependências do hospital.


Estado terá chuvas escassas e irregulares nos próximos dias


Nos próximos sete dias, as chuvas permanecerão de baixo volume e irregulares no Rio Grande do Sul, de acordo com o Boletim Integrado Agrometeorológico nº 08/2021, divulgado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), em parceria com a Emater-RS e o Irga.

Até domingo (28), o tempo seco, com nebulosidade variável e temperaturas elevadas, vai predominar na maioria das regiões, porém no Litoral Norte, Serra do Nordeste e Campos de Cima da Serra, a circulação de umidade do mar para o continente mantém a possibilidade de pancadas isoladas de chuva, especialmente entre a tarde e à noite.

Na segunda (01º/3), o tempo firme seguirá predominando e a presença do ar quente manterá as temperaturas altas. Entre a terça (2) e a quarta-feira (3), o calor e o ingresso de ar úmido favorecerão a formação de áreas de instabilidade que provocarão pancadas de chuva na maioria das regiões, com possibilidade de temporais isolados.

Os volumes previstos serão baixos e inferiores a 10 mm na maioria das regiões. No Alto Uruguai, Planalto, Serra do Nordeste e no Litoral Norte os totais deverão oscilar entre 15 e 30 mm, podendo superar 40 e 50 mm em algumas localidades, principalmente nos Campos de Cima da Serra.

O boletim também avalia as condições atuais das culturas de soja, feijão, milho, mandioca, ameixa, oliveira, cana-de-açúcar e arroz. O documento completo pode ser consultado em www.agricultura.rs.gov.br/agrometeorologia.

Veja como será o tempo no final de semana em Júlio de Castilhos na região central do Rio Grande do Sul.

Sexta-feira (26), de sol com algumas nuvens. Não chove. Vento de 19KM/H temperatura máxima de 27ºC

De sábado (27) até a próxima segunda-feira 1º de Março Júlio de Castilhos será de sol com algumas nuvens. Não chove. Temperaturas  próximas aos 30º.

Fonte: Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), Edição Alcir61 Imagens ilustrativas