Neste sábado acontece o drive-thru solidário Cotrijuc em Júlio de Castilhos

Sábado, dia 4 de julho, é dia de COOPERAR teremos o drive-thru solidário Cotrijuc, traga a sua doação em agasalhos ou alimentos na perecíveis em frente ao prédio administrativo. A Cotrijuc, conta com o apoio dos associados e comunidade castilhense para que famílias em vulnerabilidade social tenham um inverno digno! Nosso Drive-Thru acontece das 8h … Leia Mais



Boletins Epidemiológico 03/07: RS, Itaara, Tupanciretã, Silveira Martins, Nova Palma, Pinhal Grande, Santa Maria, Cruz Alta

Boletins Epidemiológico 02/07: RS,Estado do RS e municípios da região central do Rio Grande do Sul, reforçam as medidas preventivas, conscientização, higienização de modo geral, o empenho de profissionais da saúde, apoio de voluntários, entre outros empenhos no combate ao Coronavírus. Confira algumas cidades da região, com boletins divulgados e atualizados pelos setores de comunicação … Leia Mais


Vídeo: Melhor Idade de J.Castilhos escolhe nova corte pela internet. Vote

O Centro de Convivência da Melhor Idade de Júlio de Castilhos, em decorrencia da Pandemia do Covid-19, escolherá a Rainha, princesas da melhor Idade de forma online (Pela Internet).  Aberta Votação ONLINE para 𝐄𝐬𝐜𝐨𝐥𝐡𝐚 𝐝𝐚 𝐑𝐚𝐢𝐧𝐡𝐚 𝐝𝐚 𝐌𝐞𝐥𝐡𝐨𝐫 𝐈𝐝𝐚𝐝𝐞 2020/2021 somente através do link: https://bityli.com/GC8Ok Candidatas: 👑𝐕𝐞𝐫𝐨𝐧𝐢 𝐏𝐞𝐫𝐞𝐢𝐫𝐚 𝐝𝐨𝐬 𝐒𝐚𝐧𝐭𝐨𝐬 67 anos – Grupo Alegria de … Leia Mais


IFFar J.Castilhos : Painel de debates aborda crise da pandemia de COVID-19

O IFFar Campus Júlio de Castilhos, promove, com o apoio do Curso de Bacharelado em Administração,  o  painel de debates Crise na Pandemia de Covid-19: Impactos no Sistema Financeiro, Caminhos para os IFs e Desafios da Governança  e do Sistema de Ensino dos IFs. O organizador, do evento, professor Paulino Varela Tavares, destaca essas discussões … Leia Mais


Noites de julho terão eclipse lunar e chuva de meteoros


Julho é mês de férias escolares, e na maior parte do país o tempo costuma ser favorável às observações astronômicas, com noites limpas e estreladas. Não faltam motivos para olhar para o céu. O nosso inverno é a melhor época para apreciar o esplendor da Via Láctea, a galáxia onde vivemos. Em localidades afastadas das luzes urbanas, pode-se ver seu brilho tênue atravessando o firmamento de horizonte a horizonte, dominado pelas constelações brilhantes de Escorpião e Sagitário. E para tornar o mês ainda mais especial, teremos eclipse lunar, chuva de meteoros, e as melhores oportunidades para observar Júpiter e Saturno. Um prato cheio para os entusiastas da Astronomia.

Calendário celeste 

Dia 5: Lua na Penumbra

Pelo segundo mês consecutivo, temos um eclipse lunar penumbral, com a Lua atravessando a região menos escura da sombra que a Terra projeta no espaço. Desta vez, os brasileiros poderão acompanhar o fenômeno na íntegra, mas não espere nada espetacular. Será perceptível apenas uma pequena diminuição no brilho do nosso satélite. É das 00h07min às 02h52min, com máximo às 01h29min da madrugada.

Dia 14: A Noite de Júpiter

O maior planeta do Sistema Solar atinge sua oposição, termo astronômico que significa que o planeta fica oposto ao Sol na esfera celeste. É a melhor posição para observação, com o planeta mais alto no céu e também visível durante mais tempo. Júpiter pode ser visto na direção da constelação de Sagitário, brilhando mais que qualquer estrela.

Dia 20: O Senhor dos Anéis

Ao lado de Júpiter está Saturno, que também atinge a oposição este mês. Um pequeno telescópio irá mostrar seus delicados anéis e algumas de suas maiores luas, como Titã. Uma visão inesquecível.

Dia 28: Meteoros em Aquário

Fechando o mês está a chuva de meteoros Delta Aquarídeos do Sul, causada por detritos deixados pelo cometa 96P/Machholz. Os meteoros parecem se originar na constelação de Aquário, mas podem ser vistos por todo o céu. É um fenômeno que é melhor apreciado em locais de céu bem escuro. Olhe para o leste a partir das 21h. O melhor horário é a partir da 1h.

Fonte texto Revista Gallileu (reprodução) Foto arquivo ilustrativa



MTG anuncia dez músicas finalistas do Cante e Encante seu CTG


A comissão avaliadora do Cante & Encante seu CTG, realizado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul, reuniu-se no final de semana e definiu as dez músicas finalistas do festival.

A iniciativa, coordenada pela vice-presidência artística, tem por objetivo enaltecer as entidades e o trabalho que desenvolvem em prol da cultura gaúcha. No dia 30 de junho, a partir das 21, todas as músicas classificadas estarão disponíveis na página do facebook do MTG e a mais curtida receberá o título de Canção Mais Popular.

A final será anunciada durante uma live, no dia 11 de julho, às 20h, com apresentação de Liliana Cardoso e Pedro Júnior da Fontoura, show de Érlon Péricles e Cristiano Quevedo e homenagem especial ao gaiteiro Porca Véia. O patrocínio é do Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do RS.
Confira a lista das 10 finalistas na ordem de apresentação:

CFTG Farroupilha – São Borja – 3ªRT, Intérprete Marcio Trindade, Música: Perfil Tradicionalista, Letra: José Pedro Batista Lopes, Gênero: Chamarra, Autores: Pedro Ernani / Marcio Trindade;

CTG Brigadeiro Raphael Pinto Bandeira – Rio Grande – 6ªRT, Intérprete: Mateus Louzada, Música: Vaqueano, Letra: Vitor Lopes Ribeiro, Gênero: Chamarra, Autor: Mateus Louzada;

CTG Estância da Serra – Osório – 23ªRT, Intérprete: Leandro Berlesi, Música: Alma Estancieira, Letra: Flavia Stoltemberg Nogueira, Gênero: Valsa, Autor: Leandro Berlesi;

CTG Fogo de Chão – Pedro Osório – 21ªRT, Intérprete: Alci Vieira Junior, Música: Com o Coração na Costura, Letra: Felipe Barbosa Pereira, Gênero: Chamame, Autor: Alci Vieira Junior;

CTG Laço da Querência – Porto Alegre – 1ª RT, Intérprete: Jacson Jaques, Música: Tentos de Afeto, Letra: Guilherme Hesxel Rosa, Gênero: Chamame, Autores: Jacson Jaques / Daniel Castilhos;

CTG Porteira das Missões – Cerro Largo – 3ªRT, Intérprete: Renato Gottardo, Música: 55 Anos do Porteira, Letra: José Gottardo / Vilmar Tolffo, Gênero: Vanerão, Autores: Renato Gottardo / Egidio Sperandio;

CTG Porteira do Rio Grande – Vacaria – 8ªRT, Intérprete: Cassiano Paim, Música: O Santo Chão da Oliveira a Terra dos Pinheirais, Letra: Rafael Ferreira, Gênero: Chamame, Autores: Cassiano Paim / Italo Rossi / Alan Zotti;

CTG Ultima Tropeada – Guaporé – 11ªRT, Intérprete: Caroline Sentena, Música: Se o Sangue nos Separa, Letra: Lucas Contini, Gênero: Canção, Autores: Lucas Contini / Caroline Sentena;

CTG Velha Cambona – Portão – 15ªRT, Intérprete: Jadir Soares de Oliveira (Jadir Filho), Música: Nosso CTG é Assim. Letra: Jadir Soares de Oliveira (Jadir Filho), Gênero: Chamarra, Autor: Jadir Soares de Oliveira (Jadir Filho);

DTG Juventude – Alegrete – 4ªRT, Intérpretes: Filipi Coelho / Olivério Coelho, Música: Quando uma Porta se Fecha, Letra: Filipi Coelho, Gênero: Chamame, Autor: Filipi Coelho.

Fonte MTG


Seminário virtual promove debate sobre o MPT e a Tutela Trabalhista em tempos de pandemia


No dia 10 de julho, especialistas examinam os reflexos da pandemia por COVID-19 nas relações de trabalho, um dos campos mais afetados pela crise sanitária, e a atuação do Ministério Público do Trabalho (MPT) no tratamento das questões referentes aos direitos fundamentais afetos à seara trabalhista. A inscrição para o Seminário virtual “O MPT e a Tutela Trabalhista em tempos de pandemia” está aberta e pode ser feita gratuitamente até às 12h do dia 9 de julho. Clique e inscreva-se.

Promovido pela Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), o encontro reunirá as procuradoras regionais do Trabalho Lutiana Nacur Lorentz e Maria Amélia Bracks Duarte; e as procuradoras do Trabalho Valdirene Silva de Assis, Ana Cláudia Rodrigues Bandeira Monteiro, Lydiane Machado e Silva, Dalliana Vilar Lopes, Cirlene Luiza Zimmermann, Elaine Noronha Nassif. A mediação ficará a cargo do diretor-adjunto da ESMPU e subprocurador-geral do Trabalho, Manoel Jorge e Silva Neto. 

Ao longo do encontro, que acontece por meio de plataformas de videoconferência e de compartilhamento de vídeos, serão debatidos aspectos relacionados à pandemia, como discriminação nas relações de Trabalho, negociação coletiva, proteção ao Trabalho Portuário e Aquaviário e tutela do Meio Ambiente do Trabalho. 

A atividade possui quatro horas/aula (das 8h às 12h) e a participação dará direito a certificado.

Mais informações pelo edital e projeto pedagógico.

Atividade: Seminário “O MPT e a Tutela Trabalhista em tempos de pandemia”
Inscrição: até 12h do dia 9 de julho
Data de realização: 10 de julho, das 8 às 12h
Ambiente de realização: plataformas de videoconferência e de compartilhamento de vídeos

Secretaria de Comunicação Social
Escola Superior do Ministério Público da União
E-mail: [email protected]
Telefone: (61) 3313-5115

Fonte: Ascom do MPT-RS


Domingo (28) é marcado pela primeira prova on-line do Vestibular de Inverno da Unicruz.


Domingo (28) à tarde a Universidade de Cruz Alta vivenciou o seu primeiro vestibular on-line para ingresso nos cursos de Graduação. A edição de inverno do processo seletivo permitiu que dezenas de candidatos respondessem pela internet, em um período de três horas, à prova única de redação, que teve como tema “Convivência familiar na quarentena: laços colocados à prova”. Durante todo o período, uma equipe da Unicruz permaneceu à disposição remotamente para resolução de problemas.

Amanhã (30) e quarta-feira (1º) à noite, será a vez de mais inscritos participarem do Vestibular de Inverno em busca de uma vaga nos 14 cursos ofertados pela Unicruz. O resultado oficial será divulgado na próxima segunda-feira (06) no site www.unicruz.edu.br, e as matrículas para aprovados acontecem de 07 a 10 de julho. O procedimento deve ser feito na Secretaria Acadêmica do Campus, das 14h às 17h30min e das 19h às 22h30min.

O mesmo prazo também permite o ingresso via formas alternativas: pessoas acima de 35 anos, transferências, reingressos e Aluno Especial*.

*Aluno Especial é uma modalidade na qual o estudante com Ensino Médio completo pode se matricular em até 30 créditos. A condição para validar as disciplinas cursadas é prestar vestibular dentro do prazo de um ano.

Fonte  Universidade de Cruz Alta