Caixa credita nesta sexta (07) auxílio emergencial para nascidos em junho

A Caixa credita hoje (7) auxílio emergencial para 3,9 milhões de beneficiários nascidos em junho. O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia da covid-19. A Caixa tem disponibilizado o auxílio em uma poupança digital, acessível pelo aplicativo … Leia Mais


Caixa vai abrir 770 agências para atender beneficiários neste sábado (8)

A Caixa Econômica vai abrir 770 agências neste sábado (8), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial e do Saque Emergencial do FGTS. As pessoas nascidas de janeiro a abril poderão realizar o saque em espécie do Auxílio Emergencial. Já os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro poderão sacar o FGTS … Leia Mais



Resultado da segunda chamada do Prouni já está disponível

O Ministério da Educação divulgou hoje (4) as listas dos estudantes pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). O resultado está disponível na página do Prouni. O prazo para comprovação das informações também começa hoje e vai até o próximo dia 11. Os estudantes pré-selecionados devem comparecer às instituições de ensino e entregar … Leia Mais


Freio de Ouro apresenta novos finalistas após seletiva, diz ABCCC


Foto: Fagner Almeida / ABCCC

Em mais uma classificatória ao Freio de Ouro, realizada pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), foram conhecidos mais 16 finalistas, oito machos e oito fêmeas na chamada Classificatória Gaúcha Norte. Seguindo os protocolos sanitários estabelecidos para dar continuidade ao ciclo de seleção da raça, os competidores mantiveram a pista do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), aquecida com a qualidade da prova, que contou com altas médias ao final.

Entre as fêmeas, a grande vencedora foi a égua Basca Anita-TE, da Cabanha Basca , de Uruguaiana, montada pelo ginete Eduardo Quadros. Já nos machos, o lugar mais alto do pódio foi ocupado pelo cavalo Colibri Matrero, da Cabanha La Pacífica, de Paysandu, Uruguai, guiada pelo ginete Gabriel Marty.

Nas fêmeas, houve disputa acirrada pela ponta entre as duas primeiras colocadas até a última corrida. No final, Basca Anita-TE, égua que foi Bocal de Bronze em 2019, levou a melhor. “É um momento de muita gratidão por todos que trabalham para estarmos aqui dentro deste palco e agora é pensar na final do Freio. Aposto muito nesta égua e fizemos um trabalho muito bem pensado e no final deu tudo certo”, salienta Quadros.

Nos machos, o cavalo Uruguaio Colibri Matrero, grande vencedor da Ficcc 2018 e Freio de Bronze no mesmo ano, liderou de ponta a ponta a classificatória e volta para disputar a final deste ano. “É um cavalo diferente. Agradeço à Cabanha La Pacífica por confiarem a mim este cavalo. Agradeço também toda minha equipe que ajuda para desempenharmos um bom papel. Buscamos fazer uma prova tranquila”, ressalta Marty

As avaliações da classificatória que ocorreu entre os dias 29 de julho e 2 de agosto ficaram a cargo de dois trios de jurados: Gustavo Silveira Rodrigues, Lauro Varela Martins e Thiago Schilling de Ávila na categoria Fêmeas, e Eduardo Móglia Suñe, Leonardo Rodrigues Teixeira e Manoel Vanderlei Braz Gonçalves na categoria Machos.

Confira o resultado

FÊMEAS

1º Lugar
BOX 17 BASCA ANITA-TE
CRIADOR: MARIANA FRANCO TELLECHEA E FILHOS
EXPOSITOR: MARIANA FRANCO TELLECHEA E FILHOS
ESTABELECIMENTO: CABANHA BASCA, URUGUAIANA-RS
GINETE: EDUARDO WEBER DE QUADROS
MÉDIA: 21,046

2º Lugar
DESAVENÇA DOS CASTANHEIROS
CRIADOR: MIGUEL E RODRIGO SCARPELLINI CAMPOS
EXPOSITOR: MIGUEL E RODRIGO SCARPELLINI CAMPOS
ESTABELECIMENTO: CABANHA DOS CASTANHEIROS, CRUZ ALTA-RS
GINETE: GABRIEL VIOLA MARTY
MÉDIA: 20,941

3º Lugar
HONRADA CIMARRON
CRIADOR: FERNANDO FABRÍCIO DE FARIA CORRÊA
EXPOSITOR: FERNANDO FABRÍCIO DE FARIA CORRÊA E FILHOS
ESTABELECIMENTO: EST NCIA AURORA, URUGUAIANA-RS
GINETE: CEZAR AUGUSTO SCHELL FREIRE
MÉDIA: 20,295

4º Lugar
PECHADA 982 DA RECONQUISTA
CRIADOR: MARCELO TELLECHEA CAIROLI
EXPOSITOR: MARIA DA GLORIA TELLECHEA CAIROLI E MARCELO TELLECHEA CAIROLI
ESTABELECIMENTO: RECONQUISTA AGROPECUÁRIA LTDA., ALEGRETE-RS
GINETE: SACHA DE OLIVEIRA MOCHKOVITCH
MÉDIA: 19,711

5º Lugar
CAMBONA DOS CASTANHEIROS
CRIADOR: MIGUEL E RODRIGO SCARPELLINI CAMPOS
EXPOSITOR: CABANHA DON FERRANTE
ESTABELECIMENTO: CABANHA DON FERRANTE, LAGOA VERMELHA-RS
GINETE: EDUARDO WEBER DE QUADROS
MÉDIA: 19,467

6º Lugar
QUENTUCHA DO AIPO
CRIADOR: MÁRIO ROBERTO MATTOS SACCO
EXPOSITOR: REGINALDO OLIVEIRA TAVARES
ESTABELECIMENTO: CABANHA DO DIAMANTE, NOVA SANTA RITA-RS
GINETE: ADRIANO ARMINDO STRECK
MÉDIA: 19,314

7º Lugar
BASCA BEATRIZ
CRIADOR: MARIANA FRANCO TELLECHEA E FILHOS
EXPOSITOR: MARIANA FRANCO TELLECHEA E FILHOS
ESTABELECIMENTO: CABANHA BASCA, URUGUAIANA-RS
GINETE: CHARLES SUM FAGUNDES
MÉDIA: 18,643

8º Lugar
RESERVA DO TAMBORÉ
CRIADOR: DIEGO DE LUCENA ZANANDRÉA
EXPOSITOR: DIEGO DE LUCENA ZANANDRÉA
ESTABELECIMENTO: CABANHA TAMBORÉ, SÃO FRANCISCO DE PAULA-RS
GINETE: MARCOS ANDRIGUETTI
MÉDIA: 18,539

MACHOS

1º Lugar
COLIBRI MATRERO
CRIADOR: LA PACÍFICA
EXPOSITOR: CABANHA LA PACÍFICA
ESTABELECIMENTO: CABANHA LA PACIFICA, PAYSANDU-UY
GINETE: GABRIEL VIOLA MARTY
MÉDIA: 20,719

2º Lugar
JOTACE VALE TUDO
CRIADOR: JOÃO JURACI CANTARELLI
EXPOSITOR: JOÃO JURACI CANTARELLI
ESTABELECIMENTO: CABANHA JOTACE, BARRA DO QUARAÍ-RS
GINETE: RAUL TEIXEIRA LIMA
MÉDIA: 18,869

3º Lugar
DOM ALBERTO KAISER
CRIADOR: FERNANDO ALBERTO SCHOLZE
EXPOSITOR: CILON JUNIOR ANTUNES DE SOUZA
ESTABELECIMENTO: CABANHA SOL DA SERRA, CAMPINA GRANDE DO SUL-PR
GINETE: FABIO TEIXEIRA DA SILVEIRA
MÉDIA: 18,843

4º Lugar
AGRORIMA 03 ALARIFE
CRIADOR: GERÔNIMO RODRIGUES DOS SANTOS
EXPOSITOR: GERÔNIMO RODRIGUES DOS SANTOS
ESTABELECIMENTO: CENTRO DE DOMA E CABANHA AGRORIMA, MUITOS CAPÕES-RS
GINETE: PAULO ROBERTO BIAZUS DA SILVA BRANCO
MÉDIA: 18,608

5º Lugar
NIAZZI ÓPIO
CRIADOR: TIAGO ANTONIAZZI
EXPOSITOR: TIAGO ANTONIAZZI
ESTABELECIMENTO: CABANHA NIAZZI, SÃO GABRIEL-RS
GINETE: DANIEL WAIHRICH MARIM TEIXEIRA
MÉDIA: 18,575

6º Lugar
QUEBRACHO DE SANTA THEREZA
CRIADOR: RODOLFO BELMONTE MÓGLIA
EXPOSITOR: MÁRIO FERREIRA DA SILVA FILHO
ESTABELECIMENTO: CABANHA FJM, SÃO LEOPOLDO-RS
GINETE: VOLMIR SANTOS DE GUIMARÃES
MÉDIA: 18,516

7º Lugar
ESQUILADOR DO CAMPO ABERTO
CRIADOR: MARCOS E MARCELO LOPES
EXPOSITOR: BRENO MULLER, DANIELE TOMASINI, MIRELI VARGAS E EDEMAR GOI JR.
ESTABELECIMENTO: CT PRAIANA, ARROIO GRANDE-RS
GINETE: MARCONE GONÇALVES BRAGA
MÉDIA: 18,320

8º Lugar
BUENACHO DA GEMA
CRIADOR: RITA DE CÁSSIA DE SOUSA
EXPOSITOR: RITA DE CÁSSIA E WESLEY R. BARRETO
ESTABELECIMENTO: CABANHA SANTA RITA, BRASÍLIA-DF
GINETE: FERNANDO ANDRIGHETTI
MÉDIA: 18,309

Fonte: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC)


Enem 2020 com procedimentos para prevenção à COVID-19: Participantes usarão máscaras


Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 31 de julho, os novos editais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. A publicação formaliza as datas já anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Inep, e apresenta as diretrizes e os procedimentos de prevenção à COVID-19, inclusive durante a identificação dos participantes nos dias de provas. O exame será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital).

Os editais 54 e 55 determinam que devem ser respeitados o distanciamento entre as pessoas e os protocolos de proteção contra a COVID-19 em procedimentos como ida ao banheiro e vistoria de materiais, lanches e artigos religiosos. Também será obrigatório o uso de máscaras pelo acompanhante de mães que estiverem amamentando. O participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde sua entrada até sua saída do local de provas, será eliminado do exame, exceto para os casos previstos na Lei n.º 14.019, de 2020.

A estrutura do exame permanece com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Canais de informação – As informações a respeito do Enem 2020 podem ser acompanhadas nos portais do Inep e do MEC, assim como nas redes sociais oficiais dos dois órgãos do Governo Federal. Dúvidas podem ser sanadas pelo Fale Conosco do instituto, por meio do autoatendimento on-line ou do 0800 616161 (somente chamadas de telefone fixo).

Confira o edital que retifica o cronograma do Enem impresso

Confira o edital que retifica o cronograma do Enem Digital

Acesse a Página do Participante do Enem


Fonte Assessoria de Comunicação Social do Inep


12 regiões em vermelho no mapa Covid19. Júlio de Castilhos na Laranja


Das 20 regiões do Distanciamento Controlado, 12 foram classificadas com risco epidemiológico alto (bandeira vermelha) e as outras oito com risco médio (laranja) no mapa preliminar da 13ª rodada, divulgado nesta sexta-feira (31/7). Como ainda existem 36 horas para municípios e associações apresentarem pedidos de reconsideração, as bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (3/8).

Veja como ficou o mapa provisório da 13ª rodada no site https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

O governo do Estado decidiu incluir, já nesta rodada, ajustes na linha de corte em sete indicadores do modelo, o que impactou na média final de classificação das regiões.

• Clique aqui e veja a revisão metodológica dos critérios para a definição da bandeiras.

Em reunião extraordinária do Gabinete de Crise convocada pelo governador Eduardo Leite, foram definidas mudanças na pontuação de três indicadores que medem a velocidade de avanço da doença, dois que monitoram a incidência (hospitalizações e óbitos) e mais dois de capacidade instalada (leitos livres/leitos Covid).

Além disso, já foi considerado no cálculo o ajuste anunciado na quinta-feira (30/7), passando a considerar o saldo do número de pacientes recebidos de outras macrorregiões (importados) e os transferidos para fora.

“Temos feito revisões desde o início do modelo, simplificando, melhorando e incluindo a possibilidade de recurso. Esta é a quarta revisão em que estamos alterando duas questões específicas. A mudança na contagem de pacientes em leitos de UTI de macrorregião, para prevalecer o critério de residência, que vinha sendo demandado por estar sendo contabilizado em outra região diferente daquela em que o paciente contraiu o vírus, e uma segunda mudança, que está sendo introduzida hoje, que é uma mudança de ponto de corte de sete indicadores, que era necessário ajustar para as fases mais avançadas da pandemia, como a que estamos vivendo agora”, destacou a coordenadora do Comitê de Dados, Leany Lemos, em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Ao lado do pesquisador Pedro Zuanazzi, do Departamento de Economia e Estatística (DEE), e do diretor da Auditoria do SUS, Bruno Naundorf, Leany também explicou, sobre as alterações no ponto de corte dos indicadores que, nas primeiras semanas do Distanciamento Controlado, um aumento de 50% no número de casos já levaria uma região para bandeira preta, porque o cálculo era sobre baixos índices, por exemplo, de 20 para 30 casos. Atualmente, com a pandemia mais avançada, um aumento de 50% num local com 400 hospitalizações teria de apresentar 200 novas hospitalizações para ficar preta.

“Por isso, precisamos de mais sensibilidade ao modelo, ou seja, com 25% e aumento para cem casos já fica bandeira preta. Estamos dificultando um pouco, estamos trazendo mais calor, mais risco, justamente porque a pandeia está mais avançada e é preciso reduzir esses valores aqui”, acrescentou a coordenadora.

R01, R02 Júlio de Castilhos RS 

Bandeira laranja – Risco médio

A região encontra-se em um dos dois cenários: 1- Média capacidade do sistema de saúde e baixa propagação do vírus ou 2- Alta capacidade do sistema de saúde e média propagação do vírus.

Clique aqui e veja como foi definida a bandeira de cada região.

Levando em conta essas mudanças, das oito regiões que já estavam em bandeira vermelha nesta 12ª rodada, apenas Capão da Canoa, depois de seis semanas consecutivas (desde o dia 23 de junho) classificada com alto risco, passou para laranja – como é mudança para bandeira menos restritiva, já vale a partir deste sábado (1º/8). Assim, permanecem na vermelha Canoas, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Taquara, Palmeira das Missões e Passo Fundo.

Quatro regiões – Bagé, Pelotas, Santa Rosa e Santo Ângelo – que nesta semana estavam sob bandeira laranja (risco epidemiológico médio) por terem tido seus recursos acolhidos pelo Gabinete de Crise na última segunda-feira (27/7) foram novamente classificadas preliminarmente com bandeira vermelha.

Lajeado, que estava há 11 rodadas seguidas na laranja, foi a região que registrou piora mais acentuada. Com aumento nos casos de hospitalização por Covid-19 e da ocupação das UTIs, completa a lista da classificação de alto risco.

As regiões que ficaram com bandeira laranja nesta 13ª rodada, juntamente com Capão da Canoa, são Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Santa Maria, Santa Cruz do Sul e Uruguaiana.

• Clique para a nota técnica com a justificativa da classificação das regiões.

Municípios podem adotar bandeira laranja

Conforme o mapa preliminar, 340 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha, somando 8.749.268 habitantes, ou seja, 77,2% da população gaúcha (total de 11.329.605 habitantes).

Desses, 170 municípios e (955.905 habitantes, 8,4% do RS) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

• Clique para ver a lista dos municípios enquadrados na Regra 0-0.

Com exceção desses municípios enquadrados na Regra 0-0, as demais prefeituras e associações regionais têm 36 horas – que se encerram às 7h de domingo (2/8) – para apresentar recurso por meio do formulário virtual: https://forms.gle/oToKpupvkrYtLLnz7.

Os pedidos de reconsideração serão avaliados pelas equipes técnicas do governo. A decisão será tomada pelo Gabinete de Crise na segunda-feira (3/8) e, à tarde, o mapa definitivo, vigente a partir de terça (4/8), será divulgado.

DC semana13 mapa com explicações

CLASSIFICAÇÃO PRELIMINAR DA 13ª RODADA

Regiões que apresentam piora:

LARANJA > VERMELHA
• Bagé
• Lajeado
• Pelotas
• Santa Rosa
• Santo Ângelo

Regiões que permanecem iguais:

VERMELHA
• Novo Hamburgo
• Canoas
• Porto Alegre
• Taquara
• Palmeira das Missões
• Passo Fundo
• Caxias do Sul

LARANJA
• Cachoeira do Sul
• Cruz Alta
• Erechim
• Ijuí
• Santa Maria
• Santa Cruz do Sul
• Uruguaiana

Região que apresentou melhora:

LARANJA
• Capão da Canoa

PRINCIPAIS DADOS DA 13ª RODADA

Para o total do Rio Grande do Sul, houve relativa estabilização em diversos indicadores, com exceção do número de óbitos. Novamente, apesar do avanço da doença, a continuidade na abertura de novos leitos no Estado (aumento superior a 90% considerando habilitações em andamento) e a redução dos pacientes internados por causas não relacionadas à Covid-19 resultou em aumento na quantidade de leitos livres.

Como consequência, a razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19 se estabilizou, embora se mantenha ainda abaixo de um leito livre para cada ocupado, o que exige cautela para não permitir novas acelerações no número de internações pela doença no Estado.  Veja outras conclusões:

• número de novos registros de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) de confirmados Covid-19 aumentou 1% entre as duas últimas semanas (1.086 para 1.094);
• número de internados em UTI por SRAG aumentou 1% no Estado entre as duas últimas quintas-feiras (865 para 872);
• número de internados em leitos clínicos com Covid-19 no RS aumentou 1% entre as duas últimas quintas-feiras (996 para 1.002);
• número de internados em leitos de UTI com Covid-19 aumentou 4% entre as duas últimas quintas-feiras (645 para 672);
• número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 no RS aumentou 6% entre as duas últimas quintas-feiras (de 566 para 602);
• número de casos ativos aumentou 9% entre as duas últimas semanas (de 7.125 para 7.793);
• número de óbitos por Covid-19 aumentou 17% entre as duas últimas quintas-feiras (de 315 para 369);
• regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente: Porto Alegre (405), Passo Fundo (106), Caxias do Sul (105), Canoas (104) e Novo Hamburgo (80).

Comparativo entre 2 e 31 de julho

• número de novos registros de hospitalizações confirmados com Covid-19 aumentou 50% no período (729 para 1.094);
• número de internados em UTI por SRAG aumentou 49,8% no Estado no período (582 para 872);
• número de internados em leitos clínicos com Covid-19 no RS aumentou 80,9% no período (554 para 1.002);
• número de internados em leitos de UTI com Covid-19 no RS aumentou 60,8% (418 para 672);
• número de casos ativos aumentou 82% (de 4.281 para 7.793);
• número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 no RS reduziu 7,8% no período (de 653 para 602);
• número de óbitos por Covid-19 acumulados em sete dias aumentou 167% (de 138 para 369).

21ª região do Distanciamento Controlado

O modelo de Distanciamento Controlado dividiu o Rio Grande do Sul em 20 regiões para estabelecer restrições onde e quando forem necessárias. Para a divisão, o governo levou em consideração a existência de hospitais de referência para leitos de UTI.

Com a abertura de 40 novos leitos em Guaíba, Camaquã, Charqueadas e São Jerônimo, que formam a região Carbonífera/Costa Doce, o Estado decidiu acatar o pedido para desmembrá-la da de Porto Alegre, criando uma 21ª região no modelo de distanciamento.

De acordo com o governador Eduardo Leite, a iniciativa ainda será validada com os prefeitos nos próximos dias e, se for acatada, será contabilizada a partir do mapa preliminar da 14ª rodada, a ser divulgado em 7 de agosto.

• Clique aqui e acesse o levantamento completo da 13ª rodada do Distanciamento Controlado

Texto: Vanessa Kannenberg e Suzy Scarton


Vencedores do Live “Escuta esse Som” 9ª RT fazem Live dia 31 de Julho


Live “Escuta esse Som”
A 9ª Região Tradicionalista, convida a todos para participar desta Live com os 5 ganhadores do Concurso.
Dia 31 de Julho de 2020 às 19h 30min.

No Facebook da 9ª RT.

Escuta Esse Som”. atividade online para integração e divulgação da nossa cultura, através de compartilhamentos dos vídeos enviados, On Line onde os participantes gravaram um vídeo tocando uma música gaúcha e mandam para a secretaria da 9ª RT.

Live “Escuta esse Som” com os 5 ganhadores:

Henrique da Rocha Froncheti do DTG Sentinelas da Tradição
Alice Goller Barth do GF Chaleira Preta
João Vitor Freitas Braz do CTG Tapera Velha
José Antônio Mello Quevedo do CTG Júlio de Castilhos
Gabriel Baukarten Lukaszewski do CTG Querência Xucra

 

Fonte 9ª RT (Site) Divulgação


Castilhense participa de “Live” com DJ Alok


Castilhense participa de “Live” com DJ Alok  jogo “Fire Free”,

Meu nome é Michael Bastos, moro em Júlio de Castilhos, comecei a jogar Free Fire através do meu irmão onde falava para ele que não iria chegar a lugar nenhum com o jogo, após um tempo curtindo o jogo, resolvi criar um canal no YouTube com o nickname Rush007 TV, com o propósito de me divertir e fazer algo que poderia monetizar futuramente.
Acompanhava frequentemente a stream( LIVE de jogos online) do DJ Alok, foi onde surgiu a ideia de contar a minha história no perfil da game changer e apresentar um pouco do meu canal no YouTube para um artista que também jogue Free Fire, foi então que o Alok acabou me chamando e trocamos várias ideias, vocês podem acompanhar como foi esse dia épico através do link 👇👇👇
https://youtu.be/ULEVjb0xphs 
Já convido à todos a deixarem o like no vídeo e se inscrever no meu canal

]