Publicado edital de transferências, ingresso e reingresso em cursos do IFFar

O processo tem como objetivo selecionar estudantes para preencher vagas remanescentes em cursos técnicos e superiores em todos os campi.. O IFFar publicou nesta terça-feira (19) o edital nº 006/2021 para reingresso, transferências e ingresso de portadores de diploma em cursos técnicos e superiores. Há vagas em todos os campi do Instituto. O ingresso dos selecionados e selecionadas será no primeiro … Leia Mais




Internacional disponibiliza Gigantinho e Centro de Eventos para governo do RS estruturar centro de vacinação

Decidido a continuar seu histórico engajamento social, o Internacional colocou à disposição o Gigantinho e o Centro de Eventos Arthur Dallegrave para que sejam utilizados como centro de vacinação pelo governo do Rio Grande do Sul. As estruturas foram oficialmente oferecidas na manhã desta sexta-feira (15/01), durante reunião realizada no Palácio Piratini entre Alessandro Barcellos, … Leia Mais



Federação Gaúcha de Futebol divulga calendário oficial de competições 2021


Crédito: Arte / FGF

O Presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Sr. Luciano Hocsman, no uso de suas atribuições estatutárias,

CONSIDERANDO o início da temporada 2021;

CONSIDERANDO os protocolos a serem seguidos frente à pandemia;

CONSIDERANDO a imprevisibilidade das diretrizes sanitárias em virtude da pandemia do COVID19;

RESOLVE:

Divulgar o Calendário Oficial das competições organizadas pela entidade conforme o exposto.

As competições divulgadas com o status: “a definir” terão suas datas divulgadas em momento oportuno (após definições e diretrizes dos órgãos de saúde pública em virtude de envolverem a participação de menores de idade) e as que já estão com data estabelecida poderão sofrer alterações, em virtude de novas orientações sanitárias, conforme se fizer necessário.

Abaixo, o calendário:

Ou Foto Abaixo

Fonte: FGF


Liga Gaúcha de Futsal divulga o calendário 2021 do futsal gaúcho


A Liga Gaúcha de Futsal definiu o calendário de competições e congressos técnicos de 2021. E a perspectiva é de que a bola comece a rolar no final de fevereiro, com a retomada das competições de categorias de base e as semifinais e finais da elite da Liga Gaúcha Sicoob de Futsal de 2020, interrompidas em virtude da pandemia, e siga rolando pelas nossas quadras até 11 de dezembro, quando está prevista a final da elite.

Em nota, que acompanha o documento de divulgação do calendário oficial, a direção da Liga Gaúcha de Futsal salienta que poderão acontecer mudanças e adaptações decorrentes da evolução da pandemia, ainda incerta no Rio Grande do Sul e no Brasil. 

CONFERE O CALENDÁRIO 2021 DETALHADO

A primeira competição oficial de 2021 deve ser a Copa dos Pampas, que tem o seu congresso técnico marcado para 25 de janeiro, mesma data marcada para o congresso técnico da Liga Gaúcha Sicoob. A Copa dos Pampas é prevista para iniciar em 20 de março, estendendo-se até 22 de maio. Uma semana depois, estão previstas as aberturas da elite, da Liga Gaúcha 2 e da Liga Gaúcha 3. Estas, terão seus congressos técnicos para definição de clubes participantes e fórmula da competição nos dias 8 e 10 de fevereiro.

A temporada também repetirá a empolgante Super Liga Gaúcha Sicoob de Futsal, reunindo os campeões da Liga Unificada de 2020, o SR Futsal, e da Liga Gaúcha Sicoob 2020.

Em 29 de maio, a gurizada das categorias de base terá o início das competições, que terão o congresso técnico entre os clubes no dia 27 de janeiro.

A Liga Feminina tem data de início prevista para 14 de agosto, com o congresso técnico marcado para 8 de março, o Dia Internacional das Mulheres.

O calendário ainda prevê as competições nacionais da Associação Brasileira de Ligas de Futsal nas categorias de base, em julho, e no adulto, em agosto.

Competições para idades pares nas categorias de base, competições regionais e a Copa Feminina, que poderiam acontecer nos primeiros meses do ano, estão suspensas em razão das medidas sanitárias de prevenção à Covid-19.

Fonte Assessoria Imprensa Liga Gaúcha de Futsal (Site) Imagem reprodução redes sociais


Esporte no Brasil e no Mundo no final de Semana:


Esporte no Brasil e no Mundo no final de Semana:

Vasco consegue vitória importante e afunda rival.

Vasco bate Botafogo em clássico e deixa a zona de rebaixamento

Vasco afunda Botafogo e respira aliviado fora da zona do rebaixamento. Vanderlei Luxemburgo consegue sua primeira vitória após retorno ao cruzmaltino.

Jogadores do Remo comemoram

Esportes

Vitória em clássico e tropeço do Londrina garantem Remo na Série B

Leão Azul superou Paysandu e se beneficiou de empate entre Londrina e Ypiranga-RS para garantir acesso à segunda divisão. Brusque pode subir nesta segunda-feira.

NBA: Miami Heat at Washington Wizards

Esportes

NBA tem segundo jogo adiado por conta de Covid-19

Duelo Miami Heat e Boston Celtics foi adiado. A liga americana vive aumento de casos de Covid-19 entre atletas

Santos bate São Paulo no Morumbi

Esportes

Santos impõe nova derrota ao líder São Paulo pelo Brasileirão

O Peixe se aproxima de uma vaga na próxima Libertadores. E o Tricolor vê rivais ameaçarem  liderança. 

Meninas de Botafogo e Bahia precisam da vitória no jogo de volta.

Esportes

Semifinais do Brasileirão Feminino A2 começam com dois empates

Botafogo e Bahia ficam no 1 a 1, no Rio, enquanto Real Brasília e Napoli não saem do zero. Finalistas do Brasileirão A2 serão conhecidas no próximo domingo.

Novorizonitno estará na Série C em 2021.

Esportes

Série D: Novorizontino envolve Fast Clube e garante acesso

Novorizontino, Altos e Floresta além de garantir o acesso, se juntam ao Mirassol na semifinal da Série D. Datas e horários ainda serão confirmados pela CBF.

Dupla tenta vaga na final do WTA de Abu Dhabi

Esportes

Tênis: nas duplas, Luisa Stefani avança no WTA de Abu Dhabi

Vitórias importantes para o tênis brasileiro. Enquanto Stefani busca final no Emirados Árabes, brasileiros lutam por vaga no Aberto da Austrália.

Fonte Agência Brasil:


Saúde assina contrato com Butantan para 100 milhões de doses da vacina


O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, confirmou, nesta quinta-feira (07/01), a assinatura de contrato com o Instituto Butantan que permite a incorporação de mais 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Os esclarecimentos foram dados em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, um dia após a publicação da Medida Provisória (MP) que facilita e agiliza a compra de vacinas, insumos, bens e serviços de logística para a campanha de imunização.

“Hoje nós assinamos com o Butantan o contrato para a entrega das primeiras 46 milhões de doses até abril e de mais 54 milhões no decorrer do ano. Essa aquisição só foi possível dessa forma por causa da MP assinada pelo presidente Jair Bolsonaro”, disse o ministro.

Na sequência, Pazuello falou ainda sobre a distribuição dos imunizantes. “Todas as vacinas que estão no Butantan serão, a partir desse momento, incorporadas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Elas serão distribuídas de forma equitativa e proporcional, assim como as vacinas da AstraZeneca”, explicou o ministro, ressaltando o contrato já firmado pelo Governo Federal para a aquisição de doses e transferência de tecnologia da farmacêutica que produz a vacina de Oxford.

O ministro também destacou o adiantamento de 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca, que serão importadas da Índia pela Fiocruz. Ao todo, o Brasil já tem garantidas 254 milhões de doses do imunizante da farmacêutica, que será produzida no país pela Fiocruz.

Pazuello também destacou que a MP vai ampliar o processo de aquisição de vacinas e insumos ao longo de 2021 e ressaltou que a vacinação terá início após o registro definitivo ou para uso emergencial por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A nossa agência reguladora é que vai atestar a eficácia e a segurança para os brasileiros. Não tenho dúvidas de que a Anvisa está empenhada para ser célere e efetiva”, disse.

A coletiva de imprensa também contou com a presença do secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco; do secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros; e do secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos, Hélio Angotti Neto, que detalharam as ações do Ministério da Saúde para a aquisição de vacinas e insumos.

VACINAÇÃO

O Ministério da Saúde trabalha com três possibilidades de data para o início da vacinação no Brasil, ressaltadas pelo ministro Eduardo Pazuello: 

-Até 20 de janeiro: melhor hipótese, com o uso das vacinas do Instituto Butantan e as doses da vacina da Astrazeneca importadas da Índia;

-20 janeiro a 10 de fevereiro: hipótese intermediária, já com vacinas produzidas no Brasil pelo Butantan e pela Fiocruz;

-10 de fevereiro até início de março:  hipóteses de vacinação mais tardia.

Sobre as vacinas, atualmente o Brasil possui 354 milhões de doses asseguradas para 2021:

-2 milhões da AstraZeneca importadas pela Fiocruz;

-100,4 milhões da Fiocruz/AstraZeneca até julho (produção nacional com IFA importada);

-110 milhões da Fiocruz/AstraZeneca (produção integral nacional de agosto a dezembro);

-100 milhões de doses do Butantan/Sinovac.

Além disso, o Brasil faz parte do consórcio Covax Facility, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) com 10 laboratórios para acelerar o desenvolvimento, fabricação e acesso igualitário de vacinas conta a Covid-19 – a aliança prevê 42,5 milhões de doses para a população brasileira.

O Ministério da Saúde também está em processo de negociação com os laboratórios Janssen, Pfizer e Moderna, dos Estados Unidos; Barat Biotech, da Índia; e União Química, produtor da vacina russa Sputinik V.

SERINGAS E AGULHAS

O Brasil já tem disponíveis cerca de 80 milhões de seringas e agulhas nos estados e municípios. O número é suficiente para iniciar a vacinação ainda em janeiro.

A Organização Panamericana de Saúde (OPAS) garantiu reforço de 8 milhões de seringas e agulhas para final de janeiro até início de fevereiro – no total, serão 40 milhões de unidades. Outras 30 milhões já requisitadas pelo Ministério da Saúde à Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO).

O pregão eletrônico feito pelo Ministério da Saúde, ocorrido na forma da lei, com todos as etapas e prazos previstos,

proporcionará a aquisição de cerca de 7 milhões de unidades de seringas e agulhas – um novo pregão está em andamento para aquisição de mais produtos.

Outras ações junto à Abimo e OPAS também irão garantir a aquisição de mais lotes de seringas e agulhas para vacinação da Covid-19.

ENTENDA A MP

Editada pelo presidente Jair Bolsonaro, a Medida Provisória (MP), publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na última quarta-feira (06/01), simplifica os processos de aquisição de vacinas, insumos, logística, tecnologia da informação e comunicação, além de treinamentos destinados à vacinação contra a Covid-19.

Segundo a normativa, que tem força de lei, a aplicação dos imunizantes deverá seguir o Plano Nacional de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19, elaborado pelo Ministério da Saúde. O início da vacinação ocorrerá após a autorização temporária de uso emergencial ou o registro de vacinas concedidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Além disso, o Governo Federal poderá firmar contratos sem licitação para contratação de imunizantes e insumos antes do registro sanitário ou da autorização temporária de uso emergencial pela Anvisa. Também autoriza a contratação de bens e serviços de logística, tecnologia da informação e comunicação, comunicação social e publicitária, treinamentos e outros bens e serviços necessários a implementação da vacinação.

A MP permite que a Anvisa conceda autorização excepcional e temporária para importação e distribuição de vacinas contra a Covid-19, materiais, medicamentos ou insumos, se o material tiver sido registrado e autorizado para distribuição por, no mínimo, uma das seguintes autoridades internacionais, em seus respectivos países:

•        Food and Drug Administration – FDA, dos Estados Unidos da América;

•        European Medicines Agency – EMA, da União Europeia;

•        Pharmaceuticals and Medical Devices Agency – PMDA, do Japão;

•        National Medical Products Administration – NMPA, da República Popular da China; e

•        Medicines and Healthcare Products Regulatory Agency – MHRA, do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte.

O texto orienta que o profissional de saúde responsável pela aplicação da dose informe ao paciente ou seu representante legal que o produto não tem registro definitivo na Anvisa e foi autorizado apenas para uso emergencial – conforme prevê normativa da agência para assinatura de termo de consentimento. Também deverá esclarecer sobre riscos e benefícios e prestar outros esclarecimentos que possam surgir.

 

Fonte  Marina Pagno
Da Assessoria de Comunicação Ministério da Saúde


Junta Militar de Tupanciretã solicita segunda inspeção para jovens alistados


A Junta de Serviço Militar divulga relação com nomes de mais de 125 jovens alistados que estão convocados a comparecer para segunda inspeção até 20 de janeiro. Os jovens deverão comparecer junto ao SAC da Prefeitura Municipal de Tupanciretã.

Veja na relação a seguir os nomes convocados:

https://www.tupancireta.rs.gov.br/…/LISTA_EXERCITO.pdf

Fonte Assessoria imprensa PM Tupanciretã Imagem Reprodução