Dia 21 inicia no Poliesportivo aulas de Boxe, Kickboxing e Tenis de Mesa

A partir de Janeiro de 2019 a prefeitura Municipal de Júlio de Castilhos através do Departamento Municipal de Desportos – DEMUDES conta no seu quadro com a participação do Professor Maurício Peixoto Seffrin, o qual em seu currículo é Faixa Preta de Kickboxing e Treinador de Boxe de Júlio de Castilhos. Mauricio foi contratado para … Leia Mais



Soberanas do laço, destaque do 47° Rodeiro Estadual do CTG J,Castilhos

Soberanas do Laço, promete ser uma atração de destaque do 47° Rodeiro Estadual do CTG Júlio de Castilhos. A festa campeira em Júlio de Castilhos, conta com programação que se estende de quinta-feira, dia 31 de janeiro de 2019, a domingo dia 03 de fevereiro de 2019, com mais de R$ 35.000,00 em prêmios. Será  uma “Baita … Leia Mais


Abertura oficial da Copa Frederiquense reúne centenas de pessoas

A noite de sábado, 5, contou com uma grande participação do público na abertura oficial da 3ª edição da Copa Frederiquense de Futebol. A cerimônia de abertura contou com a presença do prefeito José Alberto Panosso, dos Secretários de Esportes, Juventude e Lazer, Giovani Sarturi, – além de demais integrantes da pasta responsável pelo esporte … Leia Mais


Demudes, confraterniza e instituiu o Troféu “Destaque Esportivo” em 2018

Na ultima sexta-feira do 28 de Dezembro, foi realizado um Almoço de Encerramento do Ano para os Funcionários do Departamento Municipal de Desportos ( Demudes), quando foi instituído um Novo Projeto, a “Escolha de Personalidades que colaboraram para o desenvolvimento dos Esportes em Júlio de Castilhos”. E dessa primeira vez, os agraciados com louvores foram o … Leia Mais


Família de Tupanciretã vai correr na 94ª Corrida Internacional São Silvestre


Tem um ditado que diz que “Quando um não quer dois não brigam” pois olha desta família podemos ter o seguinte ditado: “Quando três querem nenhum briga” 

Esta família de tupanciretanense somado a pessoa do Roger Lemos que é castilhense estão preparados e iniciando a viagem para o grande sonho da vida de atletas para participar da 94ª Corrida de São Silvestre em São Paulo que acontece dia 31 as  9h com cobertura nacional pela imprensa e rede social.

ULISSES PADILHA – 63 anos, filho de tradicional família ligada a conhecida loja de comércio “Casa Gaucha”, de profissão é sapateiro e comerciário, a 40 anos pratica esportes passando pelo futebol e corrida de rua.

MARINA ABREU – 60 anos, Tupanciretanense da gema, enfermeira de profissão com exemplar passagem profissional pelo HCBT Hospital de Tupanciretã, descobriu uma nova etapa da vida apos a aposentadoria e diga-se de alegria e sucesso com o esporte CORRIDA DE RUA para o qual tem se dedicado e participado de inúmeros eventos regionais, estaduais e agora nacional.
FRANCIELLE  ABREU 30 anos, formada pela UNICRUZ como Bacharel e licenciatura em Edução Física  e tem a profissão de Professora e educadora física. A 5 anos vem praticando a modalidade esportiva “Corrida de Rua” conquistando vários prêmios e boas classificações e galgando novas competições.
ROGER SATTIS LEMOS – 33 anos – nascido e residente na cidade de Julio de Castilhos – tem como profissão “escrevente cartorial” e a 4 anos participa de corridas.
Frase que a Fran deixa em nome dos seus familiares ” Da corrida não quero somente troféu e medalha mas sim aquela sensação boa de que só quem corre conhece” 

Até o momento são 250 medalhas conquistas e muitos kilometros de provas

Para ir e participar da São Silvestre receberam apoio de patrocinadores, resultado de uma rifa comunitária e também de um torneio de futsal.

A família já almeja a participação na Maratona Internacional do Rio de Janeiro no mês de junho de 2019

Acompanhe os passos desta família de atletas pelo Facebook

“Padilha”

 

“Marina”

 

“Fran”

 

“Roger”

 

Fonte e fotos por: Luis Afonso Costa Lagartus Produções.


Futsal UFSM divulga lista de novos jogadores selecionados para a equipe sub-20


Foram 67 inscritos e 51 presentes para as avaliações que ocorreram na última quarta (19) e sexta-feira (21), no ginásio didático 3 do Centro de Educação Física e Desportos. As atividades tinham o objetivo de selecionar novos jogadores para a equipe sub-20 de futsal da UFSM, visando à participação no Campeonato Estadual da categoria. A lista dos 16 selecionados, incluindo mais quatro suplentes, pode ser conferida abaixo:

Selecionados:

Andy Pires

Carlos Daniel Salhenave

Eduardo Gehm

Enrique Gehm

Fabio Eduardo Escobar

Henrique Corrêa

João Víctor Bulsing

João Victor Pires

Leonardo Trindade

Leonardo Leston

Luiz Gustavo da Silva

Marcus Vinícius de Freitas

Robert Carvalho

Thiago Louzada

Rômulo dos Santos

William dos Santos

Suplentes:

Mathias Ferreira

Pedro Santos dos Santos

Rafael Valter

Raul Canabarro

Com informações da Assessoria de Imprensa do Futsal UFSM


Poliesportivo recebeu o encerramento do ano, Escolinhas do DEMUDES


O Departamento Municipal de Desporto de Júlio de Castilhos-DEMUDES, ofereceu no ano de 2018 para jovens e crianças Escolinha de Futsal e Voleibol no Ginásio Poliesportivo.

E o encerramento do ano, Escolinhas do DEMUDES, aconteceu na manhã e durante toda a tarde do ultimo sábado dia 22 de Dezembro no Ginásio Poliesportivo de Júlio de Castilhos. 

Segundo o Diretor do DEMUDES, Professor Cezar Abade, o objetivo deste projeto é suprir possíveis necessidades de tempo e espaço, evitar que as crianças fiquem na rua, motivar elas e principalmente contribuir com ensinamentos e valores através do esporte.

As Escolinhas de Futsal ocorreram nas quartas e sextas-feiras das 9h às 12h para crianças de 05 aos 09 anos e nas quartas e sextas-feiras das 17h às 18h para jovens de 10 aos 14 anos. Já a Escolinha de Voleibol ocorreram nas quartas e sextas-feiras das 13h às 16h para crianças e jovens de 09 aos 14 anos.

Quem tiver interesse que seu filho participe no próximo ano, basta ir até o Departamento Municipal de Desporto para fazer a inscrição e receber todas informações. Qualquer dúvida também pode entrar em contato com o DEMUDES pelo telefone 3271-2494.

Este projeto é coordenado e supervisionado pelos Professores Cezar e Alcemar e servidores do DEMUDES.

Os pais ou responsáveis podem ficar acompanhando as crianças durante a escolinha. 

Obrigado pelo apoio de Todos. Um Feliz Natal a todos!, frisou o diretor do Demudes professor Cezar Abade.


Tupanciretanense “Jalma”, a jogadora mais velha do Gauchão Feminino


Aos 49 anos, Jalma Cristina da Costa Ramos é a jogadora mais velha do Gauchão. Ela tem mais do que o dobro da idade média das demais inscritas no torneio (23 anos) e o triplo dos 15 anos de Sabrina de Brito, do Estrela, a mais nova da competição. Mas engana-se quem pensa que a idade deixa a atleta em desvantagem na disputa com as mais jovens:

— Ela é uma patrola em campo! — falou uma das adversárias que enfrentou o Esporte Clube Ijuí, time de Tupã, como é conhecida a moradora de Tupaciretã, na Região Central do Estado. 

A inspiração da jogadora explica a fama de aguerrida dentro de campo. Fã de Dunga, volante tetracampeão do mundo com a Seleção Brasileira, Tupã entra no gramado com duas palavras em mente: raça e disposição. Este pensamento, presente desde o início de sua carreira, aos 15 anos, a levou para grandes clubes do futebol brasileiro. Além de atuar pela dupla Gre-Nal, jogou pelo Palmeiras. 

Tupã nasceu em 1969, ano em que as mulheres eram proibidas por lei de jogar futebol. O decreto, assinado em 1941, afirmava que a prática do esporte era incompatível com a natureza feminina. Quando a modalidade foi liberada, na década de 1980, incentivada pelo pai, Arcanjo, Tupã jogou seu primeiro campeonato municipal pelo Cruz Alta. 

Dois anos depois, ela engravidou do primeiro filho, Junior Daniel, e, aos 18, interrompeu o sonho de ser jogadora. A segunda gestação, de Jean Carlos, prolongou a pausa no esporte. Mas, aos 26, uma nova oportunidade reavivou o desejo que estava adormecido havia oito anos: o Cruzeiro, de Porto Alegre, estava fazendo uma peneira para disputar a Taça Brasil. Ainda amamentando o bebê mais novo, ela se dividia entre a maternidade e o futebol.  

Não demorou muito para Tupã empilhar equipes e títulos em seu currículo: venceu o Gauchão três vezes — uma pelo Inter, em 1998, e duas pelo Grêmio, em 2000 e 2002. Neste intervalo, ainda jogou pelo Palmeiras e pelo Capivariano, de Sorocaba, em São Paulo.  

— Abandonar os filhos para realizar um sonho é muito difícil. Uma vez fiquei longe oito meses sem ver eles. Foi um período doloroso, em que sofri muito. Mas hoje eles são meus maiores incentivadores, eles têm orgulho. Me apoiam, assistem quando podem. Isso é que me dá mais vontade ainda para continuar — contou. 

Arquivo Pessoal / Arquivo PessoalJalma conquistou dois Gauchões pelo GrêmioArquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Tupã teve a sorte de seu auge acompanhar uma fase em que o futebol feminino era mais valorizado no Estado e no Brasil. Ela estava no último grupo gremista antes de a direção extinguir a categoria, em 2003. 

— Os clubes não veem o futebol feminino como vantagem, e sim como despesa. Esse pensamento é ruim. A gente honra a camiseta do time em outras cidades e outros países e merece reconhecimento — reivindicou. 

Com mais de três décadas de experiência na modalidade, Tupã considera que os times do Interior são, na verdade, uma reunião de amigas que gostam de jogar futebol, já que há pouca ou quase nenhuma estrutura para que a prática seja enfrentada de outra maneira. A maioria de suas colegas trabalha durante o dia e estuda à noite, o que fez com que o Ijuí treinasse apenas duas vezes antes de o Gauchão iniciar. 

Arquivo Pessoal / Arquivo PessoalArquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Hoje recepcionista na Secretaria de Agricultura e do Meio Ambiente, Tupã ainda atua como árbitra em jogos da cidade e se prepara para a aposentadoria. Ela pretende parar no Estadual de 2019, quando completa 50 anos. 

— Vai ser o dia mais triste da minha vida. É como se estivessem arrancando alguma coisa de mim — lamentou.

Reportagem por: Amanda Munhoz e Renata de Medeiro, Portal Gaúcha ZH (reprodução) Foto: Roberto Souza / Especial


Realizado encerramento das aulas de esporte 2018 no Centro Social


Na ultima quarta-feira,19, na Associação Beneficente Santo Antônio, em Júlio de Castilhos ocorreu o encerramento das aulas de esporte neste ano de 2018, o Governo Municipal através da Secretaria de Assistência Social e Habitação, executa em nosso município o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV, realizado pelo CRAS INTEGRAÇÃO em parceria com a Associação Beneficente Santo Antônio.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos atende crianças e adolescentes de 6 à 18 anos, com oficinas de Percussão e Esporte de Luta.

Fonte e fotos Assessoria imprensa PMJC