Cão policial Dick, de Caxias do Sul, ganha escultura de Rogério Bertoldo


O cão policial mais famoso de Caxias do Sul, o Dick, que morreu há cerca de um mês por problemas de saúde, ganhou uma escultura esculpida em rocha. O trabalho do escultor Rogério Bertoldo resultou em uma estrutura que pesa cerca de 200 quilos e tem mais de um metro de altura.

A escultura, que está no município de Júlio de Castilhos, deve ser transportada para Caxias do Sul até o final deste mês e será inserida num memorial dentro do 12º Batalhão da Polícia Militar. No local, também serão depositadas as cinzas do cão policial.

Conforme a Brigada Militar, a obra foi uma doação do artista, que pediu apenas que seja realizada uma campanha de arrecadação de ração que será doada a alguma ONG de proteção animal.

Dick atuou por nove anos na BM de Caxias do Sul e morreu no dia 15 de julho. O mascote tinha 11 anos.

Informações Jornal Pioneiro Foto: Giselda Bertoldo / divulgação / divulgação