2ª Etapa de Velocross acontece neste final de semana em Tupanciretã


Nos dias 25 e 26 de maio, será realizado em Tupanciretã, a 2ª Etapa de Velocross, Campeonato Gaúcho. O evento que é promovido pela Federação Gaúcha de Motociclismo, acontecerá no último final de semana de maio, no Parque Motonáutico. Em entrevista na manhã desta quinta-feira, 23, o Presidente da Federação Gaúcha de Motociclismo, Jair costa, o Membro da comissão organizadora do evento, e piloto Júlio Balzan e o piloto, Lorenzo Machado falaram sobre o campeonato. Jair contou que no ano passado a FGM trouxe provas de motociclismo no Parque Motonáutico no inicio de agosto e que as provas no município são muito bem vistas pelos participantes de motociclismo de todo o RS, pois é considerada uma das melhores pistas do Estado 

O presidente disse que a 2ª Etapa de Velocross é um evento onde todos os pilotos que participaram da abertura do campeonato que aconteceu no município de Triunfo. Tupanciretã deve ter em torno de 150 a 180 pilotos participando das provas, conforme Jair 

A programação no sábado, 25, inclui livres e cronometrados a partir das 9h e a tarde acontecem algumas provas. No domingo, dia 26, os treinos livres acontecem a partir das 9h e as provas oficiais a partir das 11h30min, segundo Jair 

Jair disse ainda que, o valor total adquirido com a venda dos ingressos do campeonato será destinado ao Hospital de Caridade Brasilina Terra. O Membro da comissão organizadora do evento, e piloto Júlio Balzan disse que a primeira corrida em Tupã foi em 1984 e que o projeto do parque iniciou em 1995. No decorrer destes anos aconteceram às competições de motocross ou veloterra em outras propriedades de parceiros. Em razão de haver sempre o problema de montar uma estrutura nova a cada local, os sócios organizadores das competições decidiram adquirir o espaço definitivo para a prática de esporte com moto, conforme explicou Júlio.

Júlio disse que o velocross é um esporte que oferece risco como todos os outros, mas que ao contrário do que muitos pensam não é o esporte mais perigoso que existe 

O piloto Lorenzo Machado que tem 14 anos e começou a correr aos 8 anos falou sobre a expectativa de recuperar pontos neste campeonato, já que considerou que foi mal na abertura em triunfo. Disse ainda que ele gosta de competir por que a adrenalina é grande 

No campeonato além de provas e adrenalina, também haverá sorteio de duas motos Yamaha TTR 230 entre os pilotos ao final do campeonato. Tradicionalmente a Terra da Mãe de Deus cedia provas de motociclismo, eventos estes que contam com grande público e participação de pilotos tupanciretanenses. A entrevista completa com Jair, Júlio e Lorenzo está disponível no site da Rádio Tupã AM no link de áudios e entrevistas.

 

Fonte e foto Rádio Tupã AM